Vômito verde: o que pode ser (e o que fazer)

Atualizado em dezembro 2023

O vômito verde é um sintoma que pode ser causado por situações como refluxo biliar, obstrução intestinal, jejum prolongado, intoxicação alimentar, gripe ou gravidez, por exemplo.

Além do vômito verde, outros sintomas que também podem surgir, conforme a causa dessa condição, são dor abdominal, dor de cabeça, perda do apetite, barriga inchada e perda de peso.

Na presença de vômito verde, é recomendado consultar o clínico geral, ou gastroenterologista para que seja feita uma avaliação completa e seja indicado o tratamento mais adequado, podendo incluir o repouso, uso de medicamentos e, em alguns casos, a realização de uma cirurgia.

Imagem ilustrativa número 1

Principais causas

As principais causas do vômito verde são:

1. Refluxo biliar

O refluxo biliar é uma condição que acontece quando o esfíncter pilórico, que separa o estômago do duodeno, não funciona corretamente, provocando o retorno da bile para o estômago e/ou para o esôfago e causando sintomas como vômito verde e amargo, dor abdominal e perda de peso, por exemplo. Confira todos os sintomas do refluxo biliar.

O que fazer: o tratamento é feito pelo gastroenterologista, sendo prescritos remédios como o ácido ursodesoxicólico e sequestradores dos ácidos biliares, que ajudam a promover a circulação da bile e que se ligam a esta no intestino, reduzindo a frequência e a intensidade dos sintomas.

No entanto,quando os sintomas não melhoram com os remédios, o médico pode indicar a realização de uma cirurgia para desviar a bile do estômago.

Não ignore os seus sintomas!

Priorize sua saúde. Descubra a causa dos seus sintomas e receba o cuidado que precisa.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

2. Obstrução intestinal

A obstrução intestinal acontece quando as fezes não conseguem passar pelo intestino devido a um bloqueio, provocando sintomas como dificuldade para evacuar ou eliminar gases, vômito verde  e amargo, barriga inchada, perda do apetite e dor na barriga. Conheça melhor o que é a obstrução intestinal.

O que fazer: o tratamento deve ser feito sempre no hospital, através da administração de líquidos na veia, para melhorar a hidratação e facilitar a passagem das fezes.

Além disso, deve-se ficar em jejum e, muitas vezes, o médico também coloca uma sonda do nariz até o estômago para retirar o excesso de gases e líquidos. Em casos mais graves, também é preciso fazer cirurgia para desobstruir o intestino, permitindo a passagem das fezes.

3. Jejum prolongado

O jejum prolongado pode causar o vômito verde e amargo quando o estômago fica vazio por longos períodos, o que pode acontecer após vomitar durante toda a noite ou surgindo em pessoas com enjoo matinal, por exemplo, que acordam com o estômago vazio e vomitam bile.

O que fazer: é importante consultar o gastroenterologista ou clínico geral quando o vômito está associado a outros sintomas. Além disso, é importante também manter uma alimentação equilibrada e saudável, e beber bastante líquidos, como água, chás ou água de coco, para evitar desidratação.

4. Gripe

Devido à presença de catarro ou muco, o vômito verde pode surgir em casos de gripe, principalmente em mulheres grávidas, idosos e crianças. Isso porque esses grupos têm o sistema imunológico mais fraco, o que deixa o organismo mais sensível.

Outros sintomas que também podem surgir na gripe são febre, tosse, coriza, dor de cabeça, dor muscular e dor de garganta. Saiba reconhecer os sintomas da gripe.

O que fazer: os casos leves de gripe, em pessoas saudáveis, não precisam de tratamento e melhoram em cerca de 2 semanas. Já em casos moderados, o tratamento da gripe é feito com o uso de remédios antitérmicos, anti-inflamatórios e analgésicos, como paracetamol, ibuprofeno ou dipirona, que devem ser prescritos pelo médico.

O uso de alguns xaropes caseiros como xarope de gengibre, de guaco ou de beterraba, também podem complementar o tratamento, ajudando a aliviar os sintomas da gripe. Confira outros xaropes caseiros para gripe.

5. Intoxicação alimentar

A intoxicação alimentar surge após o consumo de alimentos contaminados por toxinas, que foram mal armazenados, estão fora do prazo de validade ou que não foram preparados conforme as boas práticas de higiene, causando o vômito verde.

Isso porque os episódios frequentes de vômito, durante a intoxicação alimentar, deixam o estômago vazio, causando o retorno da bile para esse órgão. Outros sintomas que também podem surgir na intoxicação alimentar são náuseas, dor de cabeça, diarreia, fraqueza e desidratação.

O que fazer: o tratamento deve ser feito com a ingestão de muitos líquidos, como água, chás e sucos de frutas naturais, e uma alimentação leve e pobre em gorduras, para ajudar na recuperação do organismo, favorecer a eliminação das toxinas e aliviar os sintomas. Saiba como tratar a intoxicação alimentar em casa.

6. Gravidez

Durante a gravidez, a mulher pode apresentar vômito verde e amargo, devido ao enjoo matinal ou à hiperêmese gravídica, uma condição que provoca vômitos frequentes, o que deixa o estômago vazio, causando o retorno da bile para esse órgão.

Outros possíveis sintomas de gravidez são maior sensibilidade das mamas, alterações de humor ou sono excessivo. Confira todos os sintomas de gravidez.

O que fazer: o tratamento da hiperêmese gravídica leve é feito evitando-se alimentos e tarefas que piorem os vômitos, fazendo repouso e mantendo a ingestão adequada de líquidos.

Além disso, algumas dicas que podem ajudar a combater o enjoo e os vômitos são chupar picolé de limão ou laranja, comer 1 biscoito de água e sal logo ao acordar e evitar cheiros fortes.

Vômito verde no recém nascido

O vômito no recém nascido e no bebê varia entre verde-claro a verde-escuro, podendo ser causado por obstrução intestinal devido a problemas como atresia intestinal, síndrome do tampão de mecônio ou doença de Hirschsprung, uma doença que afeta os movimentos naturais do intestino, causando também prisão de ventre e barriga inchada.

O vômito verde também pode surgir em bebês e crianças devido à presença de catarro, como pode acontecer em casos de gripes ou pneumonia, por exemplo.

Além disso, o vômito verde também pode surgir na enterocolite necrosante, uma condição grave que afeta principalmente recém nascidos prematuros e que provoca a inflamação do intestino, podendo causar perfuração intestinal, peritonite e sepse. Outros sinais e sintomas dessa condição são perda do apetite, letargia e sensibilidade ao toque na barriga.