Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Quais são os Remédios para Enxaqueca

Os remédios para enxaqueca como Sumax, Cefaliv ou Cefalium podem ser usados para cessar um momento de crise e os Acetominofeno e tartrato de ergotamina, para evitar o retorno da dor. Estes remédios atuam bloqueando a dor e controlando os sintomas da enxaqueca, mas só devem ser usados sob indicação médica.

O médico mais indicado para indicar o uso destes medicamentos é o neurologista após avaliar os sintomas e identificar que tipo de enxaqueca a pessoa possui mas para isso podem ser realizados exames como a tomografia, por exemplo. Nos casos mais graves, quando a pessoa apresenta crises frequentes ou muito intensas o médico pode recomendar que os remédios sejam usados durante 6 meses para avaliar o resultado, já que cada pessoa responde de uma forma aos medicamentos.

Quais são os Remédios para Enxaqueca

Remédios para tomar quando a dor surge

Algumas opções de remédios para enxaqueca que podem ser utilizados para aliviar a dor e por isso devem ser tomados logo que a dor de cabeça começar, são:

  • Sumax, que contém supratiptano;
  • Zomig, que contém zolmitriptano;
  • Naramig, que contém Naratriptano;
  • Diidroergotamina, como o Cefaliv, Cefalium e Enxak

Para combater os enjôos ligados à enxaqueca podem ser indicados a metoclopramida, droperidol ou clorpromazina, por exemplo.

Um bom remédio para enxaqueca com aura é o Paracetamol que deve ser tomado assim que notar os sintomas visuais como luzes piscando antes da dor de cabeça surgir, e evitar qualquer tipo de estímulo, mantendo-se num local calmo, escuro e tranquilo. Este medicamento também pode ser usado no caso de uma crise de enxaqueca na gravidez.

Remédios para evitar o retorno da dor

Já para combater as crises, prevenindo as dores de cabeça podem ser indicados ainda o uso de remédios como Acetominofeno, Tartrato de ergotamina; ou remédios que contém associações como Ibuprofeno, Aspirina, Acetominofeno ou cafeína, que podem ser comprados na farmácia, não sendo preciso receita médica.

No entanto, não é recomendado tomar remédios para enxaqueca sem conhecimento médico porque a automedicação pode ser prejudicial à saúde e pode até mesmo piorar as crises de enxaqueca, devido ao efeito rebote dos medicamentos. 

Principais efeitos colaterais 

Os remédios para enxaqueca são muito úteis para controlar a dor de cabeça, mas podem causar sintomas desagradáveis, como:

  • Naproxeno: Pode aumentar o risco de ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral, má digestão, enjôo, vômito, problemas no fígado;
  • Diiidroergotamina: Pode causar náusea e alteração da sensibilidade dos dedos das mãos e dos pés;
  • Sumatriptano: Tonturas, náusea, formigamento, vermelhidão na pele, ardencia ou sensação de aperto no peito.

Caso a pessoa apresente alguns destes efeitos desagradáveis, o médico pode avaliar a possibilidade de alterar a dose ou indicar outro medicamento que tenha o mesmo efeito positivo, mas não o efeito negativo.

Tratamento alternativo para enxaqueca

Quais são os Remédios para Enxaqueca

Uma outra forma de prevenir e tratar as crises de enxaqueca é utilizar uma equipamento chamado Cefaly headband durante 20 minutos por dia. Este dispositivo é um tipo de tiara que se coloca na cabeça e que possui um eletrodo que vibra estimulando as terminações do nervo trigêmeo, que está intimamente relacionado ao surgimento da enxaqueca. Pode-se comprar o Cefaly headband pela internet, com um preço aproximado de 300 dólares.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...