Síndrome do intestino irritável: sintomas, causas e tratamento

A síndrome do intestino irritável (SII) é uma condição em que há inflamação das vilosidades intestinais, provocando sintomas como dor, inchaço abdominal, excesso de gases e períodos de prisão de ventre ou diarreia. Estes sintomas geralmente pioram devido a várias causas, que vão desde situações de estresse até à ingestão de alguns alimentos.

O diagnóstico desta síndrome pode ser feita pelo médico apenas através da avaliação dos sintomas, mas também pode incluir a realização de uma colonoscopia, especialmente para descartar outros problemas que possam apresentar sintomas semelhantes, como a colite.

Apesar da síndrome do intestino irritável não ter cura, pode ser controlada com alterações na alimentação e diminuição dos níveis de estresse, por exemplo. Só nos casos em que os sintomas não melhoram com algumas alterações no dia-a-dia é que o gastroenterologista pode recomendar o uso de remédios para diminuir a inflamação e aliviar os sintomas.

Síndrome do intestino irritável: sintomas, causas e tratamento

Principais sintomas

Pode-se desconfiar de intestino irritável sempre que surgem alterações constantes no funcionamento do intestino, sem causa aparente. Por isso, se acha que pode ter este problema, veja os sintomas mais comuns e selecione aqueles que apresenta:

  1. 1. Dor abdominal ou cólicas frequentes
  2. 2. Sensação de barriga inchada
  3. 3. Produção exagerada de gases intestinais
  4. 4. Períodos de diarreia, intercalados com prisão de ventre
  5. 5. Aumento do número de evacuações por dia
  6. 6. Fezes com secreção gelatinosa
Imagem que indica que o site está carregando

É possível que nem todos os sintomas estejam presentes ao mesmo tempo, sendo recomendado avaliar os sintomas ao longo de 3 meses, por exemplo. Além disso, podem haver dias em que os sintomas piorem e outros em que melhorem ou até desapareçam completamente.

Como confirmar o diagnóstico

Como esta síndrome não provoca alterações no revestimento do intestino, o diagnóstico geralmente, é feito através da observação dos sintomas e da exclusão de outras doenças gastrointestinais, como colite ou doença de Crohn, por exemplo. Para isso, o médico poderá indicar a realização de exames, como estudo das fezes, colonoscopia, tomografia computadorizada ou exame de sangue.

Possíveis causas

Ainda não se conhece a causa exata para o desenvolvimento da síndrome do intestino irritável, no entanto, acredita-se que possa estar relacionada a alterações no eixo cérebro-intestino. Esse eixo representa uma ligação entre o cérebro e o intestino, que parece influenciar o funcionamento intestinal. É por esse motivo, que alterações intestinais, como o intestino irritável, são mais comuns em pessoas que:

  • Estão passando por um momento de grande estresse;
  • Sofrem com ansiedade;
  • Têm transtornos psicológicos, como depressão.

No entanto, os sintomas da síndrome do intestino irritável também podem aparecer sem nenhuma causa específica.

Como é o tratamento

O mais importante quando se descobre a síndrome do intestino irritável consiste em tentar identificar o que piora ou provoca o surgimento dos sintomas, para que se possam fazer alterações no dia-a-dia de forma a evitar essas situações. Alguns fatores que parecem agravar os sintomas na maior parte dos casos são:

  • Ingerir determinados alimentos, especialmente pão, café, chocolate, álcool, refrigerantes, comida processada, leite ou derivados;
  • Fazer uma dieta rica em proteínas ou em fibras;
  • Comer muita comida numa refeição ou com muitos alimentos muito gordurosos;
  • Períodos de grande estresse e ansiedade;

Além disso, algumas pessoas também podem notar piora dos sintomas sempre que viajam, experimentam novas comidas ou comem muito depressa. Veja como fazer a dieta para síndrome do intestino irritável.

Já nos casos em que os sintomas são muito fortes ou não melhoram com as alterações no estilo de vida, o gastroenterologista pode prescrever o uso de remédios para a diarreia, laxantes, caso o indivíduo esteja com prisão de ventre, remédios antiespasmódicos ou antibióticos, por exemplo. Veja mais detalhes sobre como é feito o tratamento para síndrome do intestino irritável.

Confira mais dicas sobre a alimentação na síndrome do intestino irritável assistindo ao vídeo a seguir:

Esta informação foi útil?
Atualizado por Manuel Reis, Enfermeiro - em Janeiro de 2022. Revisão médica por Dr.ª Clarisse Bezerra, Médica de Saúde Familiar - em Novembro de 2020.

Bibliografia

  • NHS. What is IBS? Irritable bowel syndrome (IBS). Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/irritable-bowel-syndrome-ibs/>. Acesso em 18 Jan 2022
  • NIH. Irritable Bowel Syndrome (IBS). Disponível em: <https://www.niddk.nih.gov/health-information/digestive-diseases/irritable-bowel-syndrome/symptoms-causes>. Acesso em 18 Jan 2022
  • Tatiana Filipa Santos Bastos. Síndrome do Intestino Irritável e Dieta com restrição de FODMAPs. Trabalho Final de Mestrado Integrado em Medicina, 2016. Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.
Mais sobre este assunto: