Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Principais efeitos colaterais dos Corticoides

O uso prolongado de corticoide, por mais por mais de 30 dias, pode engordar porque estes medicamentos podem alterar o metabolismo das gorduras, levando a uma distribuição irregular da gordura no corpo, principalmente na barriga, costas e pescoço, além de provocar inchaço e aumento do peso.

Além disso, o desenvolvimento de estrias, dor nos ossos ou diminuição do desejo sexual são outras alterações comuns do uso de corticoides, como prednisona ou betametasona, por exemplo, sendo que as chances de desenvolver efeitos colaterais é maior quando se usa doses elevadas ou quando ocorre a retirada rápida da medicação, sem indicação do médico.

Principais efeitos colaterais dos Corticoides

Principais alterações do uso de corticoides

Geralmente, os efeitos colaterais destes remédios são leves e desaparecem ao parar de usar o medicamento. Porém, outros efeitos podem permanecer por toda a vida e, o seu uso por mais de 1 mês ou em doses muito elevadas pode causar efeitos colaterais sistêmicos, afetando vários órgãos. Assim, pode ocorrer:

1. Aumento de peso

Ocorre redistribuição da gordura corporal, como na Síndrome de Cushing, com maior acumulo de gordura na região do pescoço, face e área supraclavicular, juntamente com uma perda de tecido adiposo nos braços e nas pernas. Além disso, pode ocorrer aumento do apetite e retenção de líquidos, que faz a pessoa ficar inchada e com aumento de volume corporal. Veja como tratar o Síndrome de Cushing.

2. Desenvolvimento de estrias 

O uso de corticoides por mais de 3 meses pode levar à formação de estrias vermelhas na pele, muito marcadas e largas no abdômen, coxas, seios e braços. Isso acontece porque ele inibe os fibroblastos e reduz a formação de colágeno, que dá firmeza e sustentação à pele.  Além disso, a pele fica mais fina e frágil, pode surgir telangiectasias, ocasionando fácil formação de equimoses, estrias e má cicatrização das feridas. 

Principais efeitos colaterais dos Corticoides
Principais efeitos colaterais dos Corticoides

3. Diminuição do apetite sexual

A diminuição do apetite sexual pode ocorrer porque diminuem os hormônios sexuais, como testosterona, estrogênios e progesterona no sangue, diminuindo o interesse sexual. Por esse motivo, também pode ocorrer alteração do ciclo menstrual ou mesmo ausência de menstruação.

4. Diabetes e pressão alta

O uso do corticoide aumenta as chances de diabetes, em pessoas pré dispostas a este acontecimento, porque leva a uma diminuição da captação da glicose. A diabetes normalmente desaparece ao parar de usar o remédio e só permanece quando os indivíduos têm predisposição genética para a doença.

Além disso, também pode ocorrer o aumento da pressão sanguínea pois é comum a retenção de sódio no organismo.

5. Fragilidade dos ossos

O uso de corticoides por pelo menos 1 ano pode provocar a diminuição da absorção do cálcio tornando os ossos mais fracos, provocando fraturas recorrentes devido a problemas como osteoporose​, por exemplo, sendo a coluna, as costelas e quadril os ossos mais afetados. A perda de osso trabecular pode chegar a 12% logo no primeiro ano de uso. 

6. Alterações no estômago e intestino

O uso de corticoides pode levar a sintomas como azia, refluxo e dor abdominal e pode surgir quando se usa estes remédios por alguns dias ou em simultâneo com anti-inflamatórios, como Ibuprofeno, por exemplo. Além disso, pode surgir o desenvolvimento de úlceras no estômago.

Principais efeitos colaterais dos Corticoides
Principais efeitos colaterais dos Corticoides

7. Infecções mais frequentes 

Os indivíduos que tomam pelo menos 20mg/dia de prednisona têm maior risco de desenvolver infecções, como infecção urinária ou respiratória, porque ele diminui as defesas do organismo. Infecções por microorganismsos atípicos e infecções oportunistas causadas por fungos, bactérias, vírus e parasitas, podendo gerar infecções disseminadas graves, são até 40 vezes mais comuns em pessoas que tomam algum tipo de corticoide. 

8. Problemas de visão

O uso de corticoides pode levar a alterações nos olhos, como ao desenvolvimento de cataratas e glaucoma, aumentando a dificuldade em enxergar, especialmente em idosos. Assim, quem tem ou tem alguma história de glaucoma na família deve realizar o exame para avaliar a pressão ocular regularmente enquanto estiver tomando corticoide. 

9. Irritabilidade e insônia

Pode ocorrer momentos de euforia, incluindo momentos de irritabilidade, vontade de chorar, dificuldade para dormir e, em alguns casos pode provocar depressão, além de perda de memória e diminuição da concentração.

10. Diminuição da massa muscular 

Os corticoides ainda reduzem a massa muscular porque inibe a síntese de proteínas e aumenta o consumo da própria musculatura. 

Lista dos corticoides mais comuns

Principais efeitos colaterais dos Corticoides

A hidrocortisona e a cortisona são normalmente os remédios que atuam mais rapidamente no organismo e, por isso são os remédios mais indicados pelo médico. No entanto, existem vários medicamentos com efeito corticoide, como:

  • Hidrocortisona, cortisona, prednisolona,
  • Metilprednisolona, betametasona, metilprednisolona,
  • Parametasona, dexametasona, busonida. 

Geralmente, os corticosteroides, que são remédios que ajudam a reduzir o processo inflamatório exagerado, podem ser administrados por via inalatória, em comprimidos, por injeções na veia ou através de pomadas, por exemplo e, normalmente os efeitos colaterais surgem mais rapidamente quando é em injeções ou oralmente, devendo ser usados apenas por indicação médica.

Efeitos colaterais dos corticoides na gravidez

Os corticoides podem ser usados na gravidez desde que recomendados pelo obstetra, uma vez o risco de provocar alterações no desenvolvimento do bebê são reduzidas.

Porém, nos primeiros 3 meses de gestação existem maiores chances de desenvolver alterações na boca como fenda palatina, ocorrer nascimento prematuro ou bebê com muito baixo peso. Altas doses podem levar a uma diminuição do crescimento do bebê ainda no útero e aumenta as chances de prematuridade. 

Efeitos colaterais dos corticoides em bebês

O uso de corticoides por bebês e crianças pode levar a atraso no crescimento, provocando crianças baixas e com baixo peso, porque à diminuição da absorção de cálcio pelo intestino e destruição dos músculos.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar