4 remédios caseiros para abrir o apetite

Alguns remédios caseiros como o suco de melancia com gengibre e o chá de hortelã, melhoram a digestão dos alimentos e diminuem a sensação de estômago cheio, estimulando a fome e ajudando a abrir o apetite.

Além disso, o chá de equinácea também pode ajudar a abrir o apetite por conter alquilamidas, compostos bioativos que atuam no sistema nervoso central aumentando a vontade de comer.

No entanto, a falta de apetite também pode indicar um sintoma de alguma doença. Por isso, em casos de perda de apetite sem motivo aparente, é recomendado consultar um médico para avaliar as possíveis causas e recomendar o tratamento mais adequado, caso seja necessário.

Alguns remédios caseiros naturais para ajudar a abrir o apetite são:

1. Chá de hortelã

O chá de hortelã melhora a digestão dos alimentos e diminui a sensação de estômago cheio, sendo uma ótima opção para estimular a fome e abrir o apetite.

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de folhas de hortelã-pimenta;
  • 200 ml de água.

Modo de preparo:

Ferver a água em uma chaleira e, após, retirar do fogo. Adicionar as folhas de hortelã, tampar e deixar repousar por 5 minutos. Coar e beber. Beber o chá 30 minutos antes das refeições, no máximo 4 vezes ao dia.

Cuidados: o chá de hortelã não é indicado para mulheres grávidas ou que estejam amamentando, assim como não é indicado para pessoas com refluxo, hérnia de hiato, pedra nos rins ou na vesícula, ou inflamação na vesícula biliar. Esse chá também não é indicado para crianças com menos de 5 anos de idade.

2. Suco de laranja e levedura de cerveja

A cenoura e a levedura de cerveja são ótimas opções para ajudar a abrir o apetite, por serem ricas em vitamina B1, uma vitamina que, quando está em deficiência no organismo, diminui a fome e a vontade de comer.

Ingredientes:

  • 1 cenoura pequena;
  • 200 ml de água fervida ou filtrada;
  • 1 colher de sopa de levedura de cerveja.

Modo de preparo:

Lavar bem a cenoura e cortar em cubos. Colocar a cenoura e a levedura de cerveja no liquidificador e bater bem até ficar uma mistura homogênea. Beber este suco 1 vez ao dia.

Cuidados: crianças, assim como mulheres grávidas ou que estejam amamentando não devem consumir a levedura de cerveja. Além disso, pessoas com alergia a fermentos, com doença de Crohn, ou que usam remédios para depressão, devem consultar um médico antes de consumir a levedura de cerveja.

3. Chá de equinácea

O chá de equinácea possui alquilamidas, compostos bioativos com atividade canabimimética, que atuam no sistema nervoso central ligando-se nos receptores canabinóides, estimulando a fome e abrindo o apetite.

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de raiz ou folhas de equinácea;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo:

Em uma panela, ferver a água e, após, retirar do fogo. Adicionar a raiz ou folhas da equinácea e tampar. Deixar repousar por 10 minutos, coar e beber até 2 vezes por dia antes das refeições.

Cuidados: Esse chá não é indicado para crianças, mulheres grávidas ou que estejam amamentando. Assim como não é recomendado para pessoas que tenham tuberculose, leucemia, esclerose múltipla, ou doenças autoimunes, como artrite reumatoide, lúpus ou psoríase.

4. Suco de maracujá com gengibre

O maracujá ajuda a abrir o apetite por conter kaempferol e quercetina, compostos bioativos que agem no sistema nervoso central diminuindo a ansiedade e o estresse, situações que podem causar a perda da fome.

Já o gengibre é uma raiz com propriedades antieméticas, facilitando o esvaziamento do estômago e evitando a má digestão, sendo um uma boa opção para estimular o apetite.

Ingredientes:

  • Polpa de 1 maracujá;
  • 200 ml de água filtrada ou fervida;
  • 2 cm de gengibre fresco;
  • 1 colher de sobremesa de mel ou adoçante;
  • Gelo a gosto.

Modo de preparo:

Lavar o maracujá, retirar a polpa e colocar em um liquidificador. Acrescentar a água, o gengibre, o mel e o gelo, batendo no liquidificador por 2 minutos. Transferir o suco para um copo e  beber entre as refeições ou antes de dormir.

Cuidados: O gengibre não é indicado para pessoas com pedra na vesícula, doenças hemorrágicas ou que utilizam medicamentos anticoagulantes. Pessoas que usam remédios para controle da pressão alta e da diabetes só devem consumir o gengibre sob a orientação de um médico.

O maracujá não é indicado para pessoas com pressão baixa, e para pessoas que usam remédios antidepressivos, calmantes e anticoagulantes.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em setembro de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em setembro de 2022.

Bibliografia

  • ELUFIOYE, O, Taiwo et al. Chemistry and Pharmacology of Alkylamides from Natural Origin. Nature Public Health Emergeny Collection. vol.30. 5.ed; 622-640, 2020
  • Volatile Terpenes and Brain Function: Investigation of the Cognitive and Mood Effects of Mentha × Piperita L. Essential Oil with In Vitro Properties Relevant to Central Nervous System Function. Pubmed. 2018
Mostrar bibliografia completa
  • BRASIL INTERNATIONAL LIFE SCIENCES INSTITUTE DO BRASIL. Funções plenamente reconhecidas de nutrientes : vitaminas do complexo B. 2018. Disponível em: <https://ilsibrasil.org/wp-content/uploads/sites/9/2018/10/Fasc%C3%ADculo-COMPLEXO-B-009.pdf>. Acesso em 15 set 2022
  • BODAGH, M.; et al. Ginger in gastrointestinal disorders: A systematic review of clinical trials. Food Sciencie & Nutrition. 7. 1; 96-108, 2019
  • RADUNER, Stefan et al. Alkylamides from Echinacea are a new class of cannabinomimetics. Cannabinoid type 2 receptor-dependent and -independent immunomodulatory effects. Journal of Biological Chemistry. Vol.281. 20.ed; 14192-14206, 2006
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.

Tuasaude no Youtube

  • Dieta para Engordar

    02:43 | 2460902 visualizações