Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Pomadas para os 7 problemas de pele mais comuns

Problemas de pele como assaduras, sarnas, dermatite e psoríase normalmente são tratadas com o uso de cremes e pomadas que devem ser aplicados diretamente no local afetado.

Em geral, esses produtos têm propriedades anti-inflamatórias e que estimulam a cicatrização da pele, ajudando também a aliviar alguns sintomas como coceira e vermelhidão. O tipo de produto e a duração do tratamento depende da causa do problema, devendo ser orientado pelo dermatologista.

1. Assaduras de bebê

As assaduras são problemas de pele comuns nos bebês devido ao uso constante de fraldas e do contato da pele com a urina e as fezes, e seus sintomas normalmente são pele vermelha, quente, dolorida e com bolinhas.

O que fazer: Utilizar pomadas como Bepantol, Hipoglós ou Dermodex, que formam uma camada protetora na pele e estimulam a cicatrização. Ao trocar a fralda, é importante limpar toda a pomada que ainda estiver na pele e reaplicar o produto novamente. Veja outros exemplos aqui.

2. Sarna

A sarna, também chamada de escabiose, é caracterizada pelo aparecimento de manchas vermelhas na pele e coceira, que aumenta principalmente à noite.

O que fazer: Deve-se aplicar pomadas ou cremes contendo permetrina, peróxido de benzoíla ou ivermectina em todo o corpo, como o Sarnilab, Acarsan e Benzotisan, de acordo com orientação médica. Esses medicamentos normalmente são aplicados durante 3 dias, dando então um intervalo de 7 dias e depois reiniciar o uso por mais 3 dias. Veja mais em: Remédio para Sarna Humana.

Pomadas para os 7 problemas de pele mais comuns

3. Queimadura

Todo tipo de queimadura precisa  inicialmente ser tratada com o uso de pomadas, que podem ser eficientes para cicatrizar a pele e evitar cicatrizes nos casos de queimaduras de 1º grau, como as causadas pelo sol ou por água ou objetos quentes, desde que não cause a formação de bolhas.

O que fazer: Aplicar pomadas como Nebacetin, Esperson e Dermazine​ diariamente na pele para hidratar os tecidos e reduzir a inflamação, disfarçando a cicatriz. Veja mais em Como tratar a cicatriz de queimadura.

4. Manchas na pele

Manchas de pele normalmente são causadas pela idade, excesso de sol, uso de produtos químicos, cicatrizes de doenças ou queimaduras, sendo normalmente de difícil tratamento.

O que fazer: Pomadas como Dexpantenol, Hipoglós e Minâncora ajudam a clarear manchas nas axilas e virilhas. Para manchas na pele causadas pelo sol, pode-se usar produtos como Triderm e Melani D. Veja outras formas de clarear a pele.

5. Micose

A micose é uma doença causada por fungos que podem afetar a pele, as unhas ou o couro cabeludo, causando coceira e manchas.

O que fazer: Aplicar pomadas ou loções em spray no local afetado durante 3 a 4 semanas, segundo orientação médica. Alguns exemplos de produtos utilizados são Cetoconazol, Miconazol e Naftifina. Veja mais em Tratamento para micose.

6. Dermatite atópica

A dermatite atópica é uma inflamação da pele que pode surgir em qualquer idade, causando sintomas como inchaço, vermelhidão, coceira e descamação.

O que fazer: Esta doença não tem cura, mas pode ser controlada com o uso de pomadas e cremes corticoides e que estimulam a cicatrização prescritos pelo dermatologista, como Betametasona, Dexametasona e Tacrolimos. Veja como é feito o tratamento completo.

7. Psoríase

A psoríase provoca o aparecimento de feridas, coceira, descamação e, nos casos mais graves, surgem placas avermelhadas na pele. Esta doença não tem uma causa específica e há cura, apenas controle dos sintomas.

O que fazer: O tratamento da psoríase inclui o uso de cremes hidratantes e pomadas anti-inflamatórias, que também diminuem a coceira e estimulam a cicatrização, como Antralina e Daivonex. Saiba como é feito o tratamento da psoríase.

É importante lembrar que qualquer problema de pele deve ser tratado com a orientação do dermatologista, pois os produtos podem provocar efeitos colaterais, alergias ou causar manchas quando são usados de forma errada.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...