Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Tratamento para micose de pele: pomadas, shampoos e esmaltes

Revisão médica: Drª. Aleksana Viana
Dermatologista
setembro 2022

O tratamento para micose na pele, unha, couro cabeludo, pé ou virilha pode ser feito com remédios antifúngicos como fluconazol, itraconazol ou cetoconazol na forma de pomada, comprimido ou soluções, que devem ser indicados pelo dermatologista.

É importante que seja feita uma consulta com o dermatologista para avaliação da área afeta e, assim, seja indicado o melhor antifúngico.

De forma geral, o tratamento deve ser realizado por cerca de 30 a 60 dias e, por isso, é muito importante continuar o tratamento pelo tempo indicado pelo médico, mesmo com o desaparecimento dos sintomas, porque se houver a interrupção do tratamento, é comum os sintomas voltarem, pois não foi feita a eliminação completa do fungo.

Imagem ilustrativa número 2

A escolha do tratamento é feito pelo dermatologista de acordo com o tipo e o local da micose, podendo ser:

1. Pomadas

As pomadas geralmente são as mais indicados pelos dermatologistas para tratar as micoses de pele, seja na virilha, candidíase ou pano branco.

O tratamento normalmente é feito por 1 a 4 semanas e o medicamento é determinado pelo dermatologista dependendo do tipo da lesão que a pessoa apresenta.

As pomadas normalmente indicadas pelos dermatologistas são aquelas que contêm Cetoconazol, Miconazol ou Terbinafina. Conheça os principais tipos de micose de pele.

2. Soluções ou loções

As soluções devem conter princípios ativos capazes de eliminar o fungo, como ciclopirox, miconazol, fluconazol e cetoconazol.

As soluções podem ser utilizadas tanto para o tratamento de micoses de pele quanto micoses do couro cabelo quando não encontradas na forma de shampoo.

3. Esmaltes

Os esmaltes são utilizados para tratar as micoses de unha e os mais indicados pelos dermatologistas são o Fungirox e a Micolamina, que é um antifúngico capaz de impedir o mecanismo de ação do fungo e alterar sua estrutura.

4. Comprimidos

Normalmente os comprimidos são indicados pelo dermatologista quando a micose de pele é muito extensa e o tratamento com pomadas ou soluções não é tão eficaz. Na maioria das vezes, o dermatologista indica o uso de fluconazol 150 mg ou terbinafina 250 mg, por exemplo. 

Como curar a micose de vez

A micose é uma doença de pele que tem cura pois é provocada por fungos que podem ser completamente eliminados com o uso dos remédios antifúngicos adequados como Isoconazol, Cetoconazol ou Miconazol. No entanto, é importante ter alguns cuidados de higiene simples para evitar uma nova infecção pelo fungo. 

Os remédios para micose devem ser prescritos por um dermatologista ou clínico geral e a sua forma de apresentação pode variar de acordo com o local afetado, podendo ser utilizados na forma de pomada, shampoo, spray ou loção, para facilitar a sua aplicação. Veja os remédios mais utilizados para micose de barba, couro cabeludo e unha.

Os remédios para micose normalmente são aplicados na região afetada durante 3 a 4 semanas para garantir a eliminação do fungo. Porém, nos casos de micose na pele ou na unha, a recomendação normalmente é utilizar 2 a 3 vezes por dia, e noutros casos, como micose no couro cabeludo, 2 a 3 vezes por semana.

Como evitar que a micose volte a surgir

Após fazer o tratamento para micose, o fungo é eliminado e a pessoa fica curada, porém, é necessário ter alguns cuidados de higiene para evitar que ocorra nova infecção. Alguns dos cuidados mais importantes incluem:

  • Manter a pele sempre limpa e seca, especialmente em locais de pregas cutâneas;
  • Usar o chinelo para tomar banho em locais públicos;
  • Trocar as meias e roupa interior todos os dias;
  • Utilizar roupa pouco apertada e de algodão;
  • Não partilhar roupas, toalhas ou lençóis com outra pessoa que tenha micose.

Estes cuidados ajudam a evitar que os fungos se desenvolvam na pele e, por isso, previnem o surgimento de micose.

Sinais de melhora

Os sinais de melhora da micose na pele incluem o desaparecimento das lesões arrendondadas, avermelhadas ou esbranquiçadas na pele e a diminuição da coceira e, no caso de micose de unha, o desaparecimento da cor amarelada ou branca da unha e o seu crescimento.

Sinais de piora

Os sinais de piora da micose na pele surgem quando o tratamento não é feito ou é feito de forma incorreta e incluem o aumento do tamanho da lesão na pele, assim como da vermelhidão e coceira. No caso de micose de unha, os sinais de piora podem ser o fato da unha ficar deformada ou de outras unhas ficarem infectadas. Saiba como é feito o tratamento para micose de unha. 

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em setembro de 2022. Revisão médica por Drª. Aleksana Viana - Dermatologista, em setembro de 2016.
Revisão médica:
Drª. Aleksana Viana
Dermatologista
Especialista em Dermatologia pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais, em 2007 com registro profissional no CRM/PE – 16907.