Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como tratar a dermatite seborreica

​A dermatite seborreica, popularmente chamada de caspa, é uma alteração da pele que provoca o surgimento de descamação e lesões avermelhadas na pele que é muito comum nas primeiras semanas de vida do bebê, mas que também pode aparecer durante a idade adulta.

Embora a dermatite seborreica seja mais comum no couro cabeludo, também pode surgir no rosto, especialmente em locais mais gordurosas como no nariz, na testa, nos cantos da boca ou nas sobrancelhas, por exemplo.

A dermatite seborreica, em alguns casos, pode não ter cura e, por isso, é frequente que surja várias vezes ao longo da vida. No entanto, os sintomas podem ser controlados com alguns cuidados de higiene e uso de alguns remédios ou shampoos indicados pelo dermatologista.

Como tratar a dermatite seborreica

Qua shampoos e pomadas usar

Os melhores shampoos para tratar a dermatite seborreica são os shampoos anticaspa que se podem comprar nas farmácias e em alguns supermercados. Geralmente, este tipo de shampoo deve contar ingredientes como:

  • Alcatrão de hulha: Plytar, PsoriaTrax ou Tarflex;
  • Cetoconazol: Nizoral, Lozan, Medicasp ou Medley Cetoconazol;
  • Ácido salicílico: Ionil T, Pielus ou Klinse;
  • Sulfeto de selênio: Caspacil, Selsun ou Flora Selenium;
  • Piritionato de zinco: Payot ou Pharmapele com piritionato de zinco.

Nos casos mais graves, em que estes shampoos não conseguem evitar o surgimento de crises de dermatite seborreica no couro cabeludo, deve-se consultar um dermatologista para avliar a necessidade de utilizar pomadas corticoides, como Cortitop ou Bepantol, por exemplo.

Já quando a dermatite aparece em outros locais do corpo, como o rosto, é sempre recomendado consultar o dermatologista porque, normalmente, é preciso usar uma pomada antifúngica, como Cetoconazol, ou uma pomada corticoide, como Desonida ou Hidrocortisona.

O que fazer no caso do bebê

A dermatite seborreica no bebê é chamada de crosta láctea e, geralmente, não é uma situação grave. Esse tipo de dermatite aparece antes dos três meses de idade e nunca após o primeiro ano de vida, ocorrendo no couro cabeludo e nas sobrancelhas assim como nas dobras das pernas, por exemplo.

O tratamento para a dermatite seborreica no bebê consiste em umidificar as crostas com óleo ligeiramente morno e removê-las com a ajuda de um pente fino apropriado. Após o procedimento, deve-se passar uma pomada à base de vaselina ou óxido de zinco.

Em raros casos, pode-se desenvolver no local da dermatite uma infecção secundária com formação de pústulas e crostas amareladas com secreção. Neste casos, deve-se consultar o pediatra porque pode ser necessário usar algum antibiótico antibióticos.

Como acelerar o tratamento

Embora o tratamento possa ser feito com shampoos ou pomadas receitadas pelo dermatologista, existem alguns cuidados que ajudam a acelerar o processo e que evitam que a dermatite volte a surgir tão frequentemente. Alguns desses cuidados incluem:

  • Manter a pele sempre bem limpa e seca, assim como os cabelos;
  • Retirar bem o gel de banho, o shampoo e o condicionador após o banho;
  • Não usar água muito quente para tomar banho;
  • Diminuir a ingestão de álcool e alimentos gordurosos, como frituras, embutidos, bolos ou chocolate;
  • Evitar situações de estresse, como brigar com alguém ou deixar trabalho importante por fazer.

Além disso, pode ser ainda benéfico apostar numa dieta com alimentos anti-inflamatórios que ajudam a fortalecer o sistema imune e eliminar a dermatite, como salmão, amêndoas, sementes de girassol ou limão, por exemplo. Saiba mais sobre a melhor dieta para tratar a dermatite seborreica.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...