Tratamento para dermatite atópica: remédios e opções caseiras

março 2022

O tratamento para dermatite atópica pode ser feito com o uso de remédios na forma de pomadas, comprimidos ou injeção, prescritos pelo médico de acordo com a gravidade dos sintomas como coceira intensa, vermelhidão, inchaço ou descamação da pele, por exemplo.

A dermatite atópica pode surgir devido uma alteração genética que afeta a barreira de proteção da pele, aumentando o risco de inflamação, ressecamento ou até infecções, e pode afetar adultos, crianças ou bebês. Veja outras causas de dermatite atópica.

O tratamento da dermatite atópica deve ser feito com indicação do clínico geral ou dermatologista, que podem receitar o melhor remédio de forma individualizada. No caso de dermatite atópica no bebê, é ainda recomendado consultar o pediatra para indicar o melhor tratamento, uma vez que nem todos os remédios podem ser utilizados em crianças.

Os principais tratamentos para dermatite atópica que podem ser indicados pelo médico são:

1. Hidratantes

Os hidratantes são indicados para a dermatite atópica, pois ajudam a reter e manter a umidade e acalmar a pele, o que ajuda a reduzir os sintomas de coceira, irritação, vermelhidão e ressecamento da pele, além de prevenir o surgimento de novas crises de dermatite atópica.

Os hidratantes mais recomendados para a dermatite atópica são aqueles sem perfume, neutros e que possuem maior quantidade de óleos, devendo ser aplicados logo após o banho, com a pele ainda úmida.

Alguns exemplos de hidratantes para dermatite atópica que podem ser recomendados pelo médico são Loção Corporal Hidratante Fisiogel AI Stiefel, Nutratopic Pro-AMP Creme emoliente Isdin, Stelatopia Mustela Bebê creme hidratante infantil ou Loção Infantil Hidratante HidraKids Biolab.

2. Corticóides

Os corticóides na forma de cremes ou pomadas, como a betametasona ou dexametasona, podem ser indicados pelo dermatologista para aplicar sobre a pele pois ajudam a reduzir a inflamação, aliviando os sintomas da dermatite atópica como coceira, o inchaço e a vermelhidão da pele. Veja as principais pomadas corticóides que podem ser indicadas pelo médico.

Em casos graves de dermatite atópica, o médico também pode indicar o uso de corticóides na forma de comprimidos, como a prednisona ou prednisolona, por exemplo.

No entanto, os corticóides devem ser sempre utilizados sob orientação do dermatologista, pois podem causar efeitos colaterais como atrofia da pele, descoloração, estrias, ou aumentar o risco de infecções na pele, por exemplo.

3. Anti-histamínicos

Os anti-histamínicos, como difenidramina ou hidroxizina, podem ser indicados pelo dermatologista pois possuem ação antialérgica, por bloquear a ação da histamina, que é a substância produzida pelo corpo responsável pela resposta alérgica, ajudando a reduzir a coceira na pele.

Geralmente, esses anti-histamínicos devem ser tomados à noite, devido ao seu efeito colateral de sonolência.

Os anti-histamínicos não devem ser usados por crianças, mulheres grávidas ou em amamentação, a menos que recomendados pelo médico.

Além disso, os anti-histamínicos na forma de pomada não são recomendados pois podem causar dermatite de contato. Entenda o que é a dermatite de contato.

4. Imunossupressores

Os imunossupressores, como o pimecrolimo ou tacrolimo, são remédios com ação antialérgica pois agem reduzindo a ação do sistema imunológico, o que ajuda a aliviar os sintomas da dermatite atópica, como vermelhidão ou coceira na pele.

Esses remédios podem ser usados na forma de pomada, sendo que o pimecrolimus geralmente é indicado para dermatite atópica leve a moderada, já o tacrolimo é indicado para dermatite moderada a severa.

Ao contrário dos corticóides, os imunossupressores na forma de pomada podem ser aplicados em áreas de pele mais fina, como rosto, pescoço ou virilha, após a hidratação, no entanto, deve-se evitar a exposição solar após a sua aplicação.

Além das pomadas, nos casos de dermatite atópica generalizada ou dermatite atópica que não melhorou com o tratamento tópico com pomadas, os imunossupressores também podem ser indicados na forma de comprimidos, como ciclosporina, azatioprina, micofenolato ou metotrexato, por exemplo.

Os imunossupressores podem causar efeitos colaterais na pele, como sensação de queimação ou de agulhadas na pele, ou coceira, e devem ser usados somente com indicação do dermatologista.

5. Fototerapia

A fototerapia com radiação ultravioleta B de banda estreita pode ser indicada pelo médico para a dermatite atópica moderada a grave, que não melhorou com outros tratamentos, pois ajuda a reduzir a inflamação da pele, apresentando poucos efeitos colaterais em relação aos outros tratamentos.

A fototerapia pode ser usada junto com um remédio por via oral ou tópico, o psoraleno, sendo esse tratamento chamado PUVA, e que consiste em tomar ou aplicar o psoraleno na forma de pomada sobre a pele, e 2 horas depois expor a área que será tratada à radiação ultravioleta.

6. Antibióticos

Os antibióticos para dermatite atópica podem ser indicados pelo médico se a pele estiver infeccionada, tiver feridas ou rachaduras e, geralmente, são usados na forma de pomada. No entanto, em alguns casos, o médico também pode recomendar o uso de comprimidos de antibiótico.

7. Agentes biológicos

Os agentes biológicos, como o dupilumabe na forma de injeção, podem ser indicados pelo médico para o tratamento da dermatite atópica quando as outras opções de tratamento não foram eficazes para melhorar reduzir a inflamação da pele e aliviar os sintomas da dermatite atópica grave.

Opção de tratamento caseiro

Um ótimo tratamento caseiro para dermatite atópica consiste em colocar 1 xícara de farinha de aveia em 1 litro de água fria e depois aplicar a mistura sobre a pele afetada por cerca de 15 minutos. Depois, deve-se lavar a pele com água morna e sabão neutro e secar sem esfregar a toalha na pele.

A aveia é uma substância natural com propriedades calmantes que ajudam a aliviar a irritação e a coceira na pele. A aveia também pode ser substituída por maisena, pois possuem ação semelhante.

No entanto, é importante ressaltar que o uso destes, ou de qualquer outro remédio caseiro, não deve substituir os remédios indicados pelo médico, sendo apenas uma forma de ajudar a aliviar mais rapidamente os sintomas.

Cuidados durante o tratamento

Alguns cuidados durante o tratamento da dermatite atópica são importantes para evitar a piora dos sintomas ou até para prevenir que os sintomas apareçam novamente, sendo recomendado:

  • Evitar passar perfume ou loções perfumadas na pele;
  • Evitar o contato com substâncias que podem desenvolver ou piorar os sintomas, como pólen ou água da piscina;
  • Usar roupas de algodão, evitando as de tecidos sintéticos;
  • Aumentar a ingestão de alimentos anti-inflamatórios, como as sementes de chia, por exemplo. Veja uma lista completa dos alimentos anti-inflamatórios;
  • Evitar ambientes muito quentes que favorecem o suor.

Além de evitar as causas, é recomendado não tomar banhos muito quentes e prolongados, pois ressecam a pele, secar a pele com uma toalha macia e usar diariamente hidratante. É importante que esses cuidados sejam continuados mesmo quando os sintomas da dermatite atópica desaparecem para evitar que a pele fique muito ressecada.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em março de 2022.

Bibliografia

  • EICHENFIELD, L. F.; et al. Guidelines of care for the management of atopic dermatitis: section 1. Diagnosis and assessment of atopic dermatitis. J Am Acad Dermatol. 70. 2; 338-51, 2014
  • BOOTHE, W. D.; et al. Atopic Dermatitis: Pathophysiology. Adv Exp Med Biol. 1027. 21-37, 2017
Mostrar bibliografia completa
  • TORRES, T.; et al. Update on Atopic Dermatitis. Acta Med Port. 32. 9; 606-613, 2019
  • FRAZIER, W.; BHARDWAJ, N. Atopic Dermatitis: Diagnosis and Treatment. Am Fam Physician. 101. 10; 590-598, 2020
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.

Tuasaude no Youtube

  • Segredos para uma pele bonita e saudável | Tatiana Zanin

    07:21 | 54364 visualizações
  • Como ter uma PELE PERFEITA | com @Bruna Vieira

    14:28 | 64749 visualizações
  • 5 ALIMENTOS para ter uma PELE FIRME e HIDRATADA

    03:23 | 471213 visualizações