Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Hipomagnesemia: o que é, sintomas e como tratar

A hipomagnesemia é a diminuição da quantidade de magnésio no sangue, geralmente abaixo de 1,5 mg/dl e é um distúrbio comum nos pacientes internados, surgindo geralmente associado a distúrbios em outros minerais, como cálcio e potássio.

Os distúrbios do magnésio geralmente não causam sintomas específicos, mas, ao estarem associados a distúrbios do cálcio e potássio, é possível que surjam sintomas como câimbras e formigamentos.

Assim, o tratamento deve não só corrigir os níveis de magnésio, e as complicações que possa surgir, mas também equilibrar os níveis de cálcio e potássio.

Hipomagnesemia: o que é, sintomas e como tratar

Principais sintomas

Os sintomas da hipomagnesemia não são específicos desta alteração, mas sim causados por distúrbios em outros minerais, como o cálcio e o potássio. Assim, é possível que apareçam sintomas como:

  • Fraqueza;
  • Anorexia;
  • Vômitos;
  • Formigamento;
  • Crises de câimbras graves;
  • Convulsões.

Pode ainda haver alterações cardíacas principalmente quando existe hipocalemia, que é a diminuição de potássio, sendo que, caso a pessoa faça um electrocardiograma, possa aparecer um um traçado anormal no resultado.

O que pode causar hipomagnesemia

A hipomagnesemia surge principalmente devido a uma baixa absorção de magnésio a nível intestinal ou por perda acentuada do mineral na urina. No primeiro caso, o mais comum é haver doenças do intestino que prejudicam a absorção de magnésio, ou, então, pode ser resultado de uma dieta pobre em magnésio, como acontece em pacientes que não podem comer e só podem ter soro na veia.

Já no caso de perda de magnésio pela urina, isso pode acontecer pelo uso de diuréticos,, que aumentam a quantidade de urina eliminada, ou pelo uso de outros tipos de medicamentos que afetam o rim, como o antifúngico anfotericina b ou o quimioterápico cisplatina, que podem levar à perda de magnésio pela urina.

O alcoolismo crônico também pode causar hipomagnesemia pelas duas formas, pois tanto é comum haver baixa ingestão de magnésio na dieta, como o álcool tem efeito direto na eliminação do magnésio na urina.

Como é feito o tratamento

Quando o défice de magnésio é leve, geralmente é apenas indicado fazer uma dieta mais rica em alimentos fonte de magnésio, como castanha do pará e espinafre, por exemplo. No entanto, quando apenas as alterações na alimentação não são suficientes, o médico pode aconselhar o uso de suplementos ou sais de magnésio. Embora tenham bom efeitos, estes suplementos não devem ser a primeira opção, já que podem causar efeitos colaterais como diarreia.

Além disso, e uma vez que a deficiência de magnésio não ocorre de forma isolada, é também preciso corrigir as deficiências de potássio e cálcio.

Nos caos mais graves, em que os níveis de magnésio não aumentam facilmente, o médico pode surgir o internamento, para administrar sulfato de magnésio diretamente na veia.

Como a hipomagnesemia afeta o cálcio e o potássio

A diminuição de magnésio está muitas vezes associada a alterações em outros minerais, causando:

  • Potássio baixo (hipocalemia): ocorre principalmente porque as causas de hipocalemia e de hipomagnesemia são muito semelhantes, ou seja, quando existe uma é muito comum haver a outra também. Além disso, a hipomagnesemia aumenta a eliminação de potássio na urina, contribuindo para níveis ainda mais baixos de potássio. Saiba mais sobre hipocalemia e quando acontece;

  • Cálcio baixo (hipocalcemia): acontece porque a hipomagnesemia provoca hipoparatireoidismo secundário, isto é, diminui da libertação do hormônio PTH pelas paratireoides e torna os órgãos insensíveis ao PTH, impedindo o hormônio de atuar. A principal função do PTH é manter os níveis de cálcio no sangue normais. Assim, quando não há ação do PTH, os níveis de cálcio baixam. Confira mais causas e sintomas da hipocalcemia.

Por estar quase sempre associada a estas alterações, a hipomagesemia deve ser O tratamento passa por corrigir não só os níveis de magnésio e doenças que o possam causar, como também equilibrar os níveis de cálcio e potássio.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem