Hipomagnesemia: o que é, sintomas, causas e tratamento

Dezembro 2021

A hipomagnesemia corresponde à diminuição dos níveis de magnésio circulante no sangue, que nesse caso está abaixo de 1,8 mg/ dL, o que pode acontecer devido à diminuição do consumo de alimentos fontes de magnésio, alteração na absorção desse mineral ou uso de medicamentos. 

A diminuição do nível de magnésio circulante normalmente é acompanhada pela diminuição do nível de potássio e de cálcio, levando ao aparecimento de sintomas como fraqueza, náuseas, vômitos, tremores, espasmos musculares e convulsões, em casos mais graves.

Assim, na presença de sinais e sintomas, é importante que o médico seja consultado para que seja avaliado o nível de magnésio, potássio e cálcio e, assim, ser indicado o tratamento mais adequado, que normalmente envolve a reposição dos minerais que estão em concentrações mais baixas.

Hipomagnesemia: o que é, sintomas, causas e tratamento

Principais sintomas

Os sintomas de hipomagnesemia surgem quando há também baixos níveis de cálcio e potássio, sendo os principais:

  • Fraqueza;
  • Perda de apetite e de peso;
  • Náuseas e vômitos;
  • Formigamento;
  • Espasmos musculares;
  • Alteração dos batimentos cardíacos;
  • Tremores;
  • Cansaço excessivo;
  • Sonolência;
  • Convulsões.

É importante que na presença de sinais e sintomas que sejam indicativos de alterações, o clínico geral seja consultado para que possam ser feitos exames que verifiquem os níveis dos minerais circulantes e, assim, ser possível identificar a alteração e ser indicado o tratamento mais adequado, caso haja necessidade.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da hipomagnesemia é feito através da dosagem do nível do magnésio circulante no sangue. É considerada baixa concentração de magnésio quando a concentração deste mineral está abaixo de 1,8mg/ dL, podendo variar de acordo com o laboratório e método de dosagem atualizado.

Além da dosagem de magnésio, é normalmente solicitada em conjunto a dosagem dos níveis de cálcio e potássio, além da realização do eletrocardiograma.

O que pode causar hipomagnesemia

A hipomagnesemia surge principalmente devido a uma baixa absorção de magnésio a nível intestinal ou por perda acentuada do mineral na urina. Assim, algumas das principais causas de hipomagnesemia são:

  • Alimentação pobre em alimentos fontes de magnésio;
  • Uso de medicamentos diuréticos, antifúngicos e/ ou quimioterápicos;
  • Consumo excessivo e frequente de bebidas alcoólicas;
  • Diarreia prolongada;
  • Níveis elevados de hormônios tireoidianos;

Além disso, é comum que a concentração de magnésio no sangue diminua durante a gravidez, uma vez que durante esse período há maior necessidade desse mineral.

Como é feito o tratamento

O tratamento para hipomagnesemia deve ser indicado pelo médico e normalmente envolve o uso de suplementos de magnésio que deve ser usado conforme a orientação médica. Além disso, como a deficiência de magnésio não ocorre de forma isolada, pode ser também indicada a suplementação de outros minerais.

É também recomendado o aumento do consumo de alimentos fontes de magnésio, como semente de linhaça, gergelim, castanha do Pará e espinafre, por exemplo. Conheça outros alimentos ricos em magnésio.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • REVISTA QUALIDADE HC - RIBEIRÃO PRETO. Hipomagnesemia na Sala de Urgência. 2017. Disponível em: <https://www.hcrp.usp.br/revistaqualidade/uploads/Artigos/215/215.pdf>. Acesso em 22 Dez 2021
Mais sobre este assunto: