Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

É normal ter corrimento antes da menstruação?

Outubro 2020

O aparecimento de corrimento antes da menstruação é uma situação relativamente comum, desde que esse corrimento seja esbranquiçado, sem cheiro e com uma consistência ligeiramente elástica e escorregadia. Esse é um corrimento que normalmente aparece devido às alterações hormonais do ciclo menstrual e que é comum depois da liberação do óvulo.

No entanto, se o corrimento apresentar outra coloração ou se tiver outras características estranhas como mau cheiro, consistência mais grossa, alteração na cor ou outros sintomas associados como dor, ardência ou coceira, pode ser um sinal de infecção, por exemplo, sendo recomendado consultar o ginecologista para fazer os exames necessários e iniciar o tratamento adequado.

É normal ter corrimento antes da menstruação?

Uma das alterações mais facilmente observável no corrimento é a alteração da cor. Por esse motivo, explicamos as causas mais comuns para cada cor de corrimento antes da menstruação:

Corrimento branco

O corrimento branco é o tipo mais comum de corrimento antes da menstruação e é uma situação completamente normal, principalmente quando não está acompanhado de mau cheiro e não é muito grosso.

Caso o corrimento branco tenha um mau cheiro, for espesso e vier acompanhado de coceira, dor ou irritação na região vaginal, pode ser um tipo de infecção e deve ser avaliado por um ginecologista. Confira as causas do corrimento branco antes da menstruação e o que fazer.

Corrimento rosado

O corrimento rosado também pode aparecer antes da menstruação, especialmente em mulheres com ciclo menstrual irregular ou que estão passando por uma fase de maior desiquilíbrio hormonal.

Isso acontece porque, nesses casos, a menstruação pode acabar vindo mais cedo do que a mulher estava esperando, fazendo com que o sangramento possa se misturar com o corrimento esbranquiçado que é comum antes da menstruação, causando, assim, um corrimento mais rosado.

Algumas situações que podem causar desequilíbrio hormonal são:

  • Início ou troca de anticoncepcionais;
  • Presença de cistos no ovários.
  • Pré-menopausa.

Caso o corrimento rosado apareça acompanhado de outros sintomas como dor durante a relação sexual, sangramento ou dor pélvica, pode ser um sinal de infecção. Nesses casos, é recomendado consultar o ginecologista para identificar a causa e iniciar o tratamento adequado. Veja mais as principais causas para o corrimento rosado ao longo do ciclo.

Corrimento marrom

O corrimento marrom é mais comum aparecer após a menstruação devido a saída de alguns coágulos de sangue, mas também pode acontecer antes da menstruação, especialmente após o contato íntimo ou pela troca de anticoncepcional.

No entanto se o corrimento marrom surgir com sangue ou aparecer associado com dor, desconforto na relação sexual ou ardor ao urinar, pode ser indicativo de uma doença sexualmente transmissível, como a gonorreia, que deve ser devidamente tratada com o uso dos antibióticos receitados pelo ginecologista. Confira o que pode ser o corrimento marrom.

Corrimento amarelo

O corrimento amarelo não é sinal imediato de um problema, e geralmente aparece nos 10 dias antes da mesntruação devido à ovulação.

No entanto, a mulher deve sempre ficar atenta a qualquer alteração do cheiro ou ao aparecimento de outros sintomas como dor ao urinar ou coceira na região íntima, pois o corrimento amarelo também pode ser indicativo de infecção na região genital, sendo necessário consultar o ginecologista. Entenda mais o que causa o corrimento amarelo e o tratamento em caso de infecção. 

Corrimento esverdeado

O corrimento esverdeado antes da menstruação não é comum e geralmente é acompanhado de cheiro desagradável, coceira e ardência na região vaginal, apontando para uma possível infecção causada por algum fungo ou bactéria.

Nesses casos, é recomendado que a mulher procure um ginecologista para identificar a infecção e iniciar o tratamento. Saiba as causas do corrimento esverdeado e o que fazer quando aparecer.

Quando ir ao médico

É importante consultar o ginecologista quando:

  • O corrimento apresentar cheiro desagradável;
  • Surgirem outros sintomas como dor ou irritação na região genital, ao urinar, ou durante a relação sexual;
  • A menstruação estiver atrasada por 2 meses ou mais.

Além destas situaões também é recomendado consultar o ginecologista regularmente, pelo menos uma vez ao ano, para realizar os exames de diagnósticos preventivos, como o papanicolau. Veja os 5 sinais de que você deve ir ao ginecologista.

Bibliografia >

  • DASHARATHY, Sonya et al. Menstrual Bleeding Patterns Among Regularly Menstruating Women. American Journal of Epidemiology. Vol.175. 6.ed; 536-545, 2012
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Assistência em Planejamento Familiar. 2002. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/0102assistencia1.pdf>. Acesso em 28 Out 2020
  • Sherrard, Jackie et al. European (IUSTI/WHO) Guideline on the Management of Vaginal Discharge. International Journal of STD & AIDS. Vol.22. 8.ed; 421-429, 2011
  • UNITED KINGDOM NATIONAL HEALTH SERVICE. Investigation and Management of Vaginal Discharge in Adult Women. 2014. Disponível em: <https://www.ouh.nhs.uk/microbiology/diagnostic-tests/atoz/documents/discharge.pdf>. Acesso em 28 Out 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem