Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

6 coisas que não deve fazer se está com conjuntivite

A conjuntivite é a inflamação da conjuntiva, que é uma membrana que reveste os olhos e as pálpebras, cujo principal sintoma é a vermelhidão intensa dos olhos com muita secreção. 

Geralmente, esta inflamação é causada por uma infecção por vírus ou bactérias e, por isso, pode ser facilmente transmitida para as pessoas que estão em redor, especialmente se existir contato direto com as secreções da pessoa contaminada ou com seus objetos contaminados.

Assim, existem alguns conselhos simples que podem reduzir o risco de transmissão, assim como acelerar a recuperação:

1. Não use lentes de contato

6 coisas que não deve fazer se está com conjuntivite

As lentes de contato são um corpo estranho no olho que pode acumular vários tipos de bactérias ao longo do dia. Dessa forma, usar lentes de contato quando se está com conjuntivite, além de poder agravar a infecção e atrasar o tratamento, pode também fazer com que as bactérias se espalhem para o outro olho, especialmente se forem lentes mensais.

Geralmente, é possível voltar a usar as lentes assim que se termina o uso dos antibióticos receitados pelo médico ou, pelo menos, depois de já não existir qualquer secreção acumulando no olho.

2. Não compartilhe objetos pessoais

6 coisas que não deve fazer se está com conjuntivite

Como em qualquer infecção, os objetos pessoais podem facilmente transmitir as bactérias ou vírus para outra pessoa, mesmo que sejam utilizados depois de se lavar aos mãos.

No caso da conjuntivite, os objetos com maior risco de contágio incluem óculos, maquiagem, pincéis de maquiagem e toalhas de rosto, por exemplo.

3. Não esqueça de lavar as mãos

6 coisas que não deve fazer se está com conjuntivite

As mãos são a principal via de transmissão de micro-organismos uma vez que entram em contato com várias partes do corpo durante o dia. No caso da conjuntivite, pousar a mão no rosto ou utilizar os dedos para coçar o olho facilmente transfere bactérias para a pele, que podem ser passadas para outras pessoas ou objetos, por isso é importante lavar as mãos com frequência.

Veja no vídeo seguinte como fazê-lo corretamente:

Lavar aos mãos várias vezes ao dia, especialmente depois de tocar no rosto ou antes de estar com amigos ou familiares, por exemplo, ajuda a diminuir o risco de passar a conjuntivite para outras pessoas.

4. Não deixe os olhos com remela

6 coisas que não deve fazer se está com conjuntivite

As remelas são muito frequentes em pessoas com conjuntivite, pois o corpo produz uma maior quantidade de lágrimas para lubrificar o olho e eliminar os vírus e bactérias. No entanto, as remelas também contêm restos de micro-organismos e, por isso, se se forem acumulando podem dificultar o tratamento, além de se tornarem muito desconfortáveis.

Além disso, as remelas grudam muito facilmente às mãos, o que acaba aumentando o risco de transmissão da conjuntivite, já que as mãos tocam em vários objetos e pessoas durante o dia. Para limpar as remelas deve-se utilizar um pano limpo ou um guardanapo. o ideal é usar lenços descartáveis, pois joga-se no lixo após o uso.

5. Não coce os olhos

6 coisas que não deve fazer se está com conjuntivite

A coceira nos olhos é um dos sintomas mais desconfortáveis da conjuntivite e, por isso, coçar os olhos pode tornar-se um movimento involuntário. No entanto, o ideal é que evite tocar com as mãos no rosto, já que isso, além de aumentar a irritação nos olhos, também aumenta o risco de transmissão da infecção para outras pessoas.

6. Não saia sem óculos de sol

6 coisas que não deve fazer se está com conjuntivite

Embora os óculos de sol não sejam essenciais para o sucesso do tratamento ou para evitarem a transmissão da conjuntivite, são uma excelente forma de aliviar a sensibilidade ocular que surge com a infecção, especialmente quando precisar sair na rua para ir na consulta com o oftalmologista, por exemplo.

Confira estas e outras dicas no vídeo seguinte:

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem