Remédios para conjuntivite bacteriana, viral e alérgica

novembro 2021

Alguns remédios que podem ser indicados pelo oftalmologista para o tratamento da conjuntivite, são os lubrificantes oculares, antibióticos ou antialérgicos, na forma de colírios ou pomadas oftalmológicas, por exemplo, dependendo do tipo de conjuntivite, pois pode ser causada por vírus ou bactéria, ou até mesmo por alergias, levando ao surgimento de sintomas como dor nos olhos, coceira, vermelhidão, inchaço das pálpebras ou lacrimejamento. 

Além disso, alguns cuidados durante o tratamento da conjuntivite são muito importantes, como evitar coçar os olhos ou levar as mãos ao rosto, lavar as mãos frequentemente e sempre que tocar no rosto e usar lenços de papel ou compressas descartáveis para secar os olhos. Confira mais cuidados durante o tratamento da conjuntivite.

É importante sempre consultar o oftalmologista para identificar se a conjuntivite é bacteriana, viral ou alérgica, de forma a fazer o tratamento mais adequado e de forma individualizada.

Os remédios que podem ser indicados pelo oftalmologista para o tratamento da conjuntivite dependem do que causou a inflamação, e incluem:

1. Conjuntivite viral

Um bom remédio para conjuntivite viral é lavar os olhos com soro fisiológico pois ajuda a limpar os olhos e a mantê-los devidamente úmidos. Geralmente, as conjuntivites virais não necessitam de um tratamento específico, porém, em alguns casos, o oftalmologista pode indicar o uso de colírios hidratantes ou lágrimas artificiais, como Lacril, Systane ou Lacrima Plus, para aliviar a sensação de areia nos olhos, coceira ou vermelhidão.

Em casos graves, em que a visão possa estar afetada ou em que a conjuntivite se prolongue por muito tempo, pode ser necessário o uso de corticoides ou imunomoduladores na forma de colírios ou pomadas oftalmológicas, no entanto, deve-se ter muito cuidado com o uso destes medicamentos, para não agravar a situação. 

2. Conjuntivite bacteriana

Os remédios usados para a conjuntivite bacteriana são colírios ou pomadas oftalmológicas que contêm antibióticos associados a corticoides, como o Maxitrol ou o Garasone, que agem combatendo a infecção e aliviando sintomas como desconforto ocular, inflamação e vermelhidão. No entanto, este tipo de remédio só deve ser utilizado com orientação do oftalmologista. Saiba identificar os sintomas de uma conjuntivite bacteriana

3. Conjuntivite alérgica

Os remédios mais utilizados para tratar a conjuntivite alérgica são os colírios antialérgicos com propriedades anti-histamínicas, como o Visadron ou o Zaditen, pois reduzem a produção de histamina e, consequentemente, ajudam a reduzir sintomas como coceira, inchaço e vermelhidão, por exemplo.

Além disso, para que o tratamento da conjuntivite alérgica seja eficaz, é importante identificar o que causou a alergia, de forma a evitar novamente o contacto. Veja como identificar os sintomas de uma conjuntivite alérgica

Assista o vídeo seguinte e entenda como surgem os vários tipos de conjuntivite:

Remédio caseiro para conjuntivite

Alguns remédios caseiros podem ser usados para complementar o tratamento indicado pelo médico, como a solução de calêndula ou o chá de hidraste, que contém propriedades anti-inflamatórias, antissépticas e calmantes que ajudam a aliviar a vermelhidão, a dor e a coceira no olho.

Além disso, o tratamento em casa também pode ser feito apenas com compressas molhadas em água fria que ajuda a aliviar o inchaço, no entanto, estes tratamentos caseiros não devem substituir o uso de remédios, quando receitados pelo oftalmologista. Saiba como preparar os remédios caseiros para conjuntivite

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em novembro de 2021.

Bibliografia

  • AZARI, A. A.; BARNEY, N. P. Conjunctivitis: a systematic review of diagnosis and treatment. JAMA. 310. 16; 1721-9, 2013
  • SOLANO, D.; ET AL. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Viral Conjunctivitis. 2021. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK470271/>. Acesso em 18 nov 2021
Mostrar bibliografia completa
  • EPLING, J. Bacterial conjunctivitis. BMJ Clin Evid. 2012. 0704, 2012
  • LA ROSA, M.; et al. Allergic conjunctivitis: a comprehensive review of the literature. Ital J Pediatr. 39. 18, 2013
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • Conjuntivite viral, alérgica ou bacteriana? Como tratar | com Dr. Arthur Frazão

    10:33 | 189880 visualizações