Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

6 principais causas de coceira nos olhos

A coceira nos olhos é, na maior parte dos casos, um sinal de alergia a poeira, fumaça, pólen ou pêlos de animais, que entram em contato com os olhos e levam o corpo a produzir histamina, uma substância que causa inflamação no local, resultando em sintomas como coceira, vermelhidão e inchaço.

No entanto, a coceira também pode indicar o desenvolvimento de uma infecção no olho ou até problemas no funcionamento das glândulas que mantêm a umidade do olho. Dessa forma, sempre que surge coceira que demora mais de 3 dias para aliviar, é importante consultar um oftalmologista para identificar a causa correta e iniciar o tratamento com o colírio mais adequado.

6 principais causas de coceira nos olhos

1. Alergia nos olhos

O surgimento de coceira nos olhos é quase sempre um sintoma de alergia, seja provocada por comida ou por fatores ambientes, como poeira, pêlos ou fumaça, sendo, nestes casos, conhecida como conjuntivite alérgica. Normalmente, a alergia é facilmente reconhecida, porque a coceira surge frequentemente após o contato com uma substância específica e, por isso, a melhor forma de evitar o surgimento de coceira é ficar longe do alergênio que a está causando.

Este tipo de alteração nos olhos é mais frequente na primavera e verão, pois são épocas do ano em que existe maior concentração de alergênios no ar, e pode ser acompanhada de outros sintomas como produção excessiva de lágrima, vermelhidão e sensação de areia no olho, por exemplo.

  • O que fazer: evitar estar em contato com substâncias que se sabe ter alergia e aplicar colírios hidratantes no olho, como Moura Brasil ou Lacrima Plus, para reduzir o desconforto e aliviar a irritação. Veja mais formas de tratar a conjuntivite alérgica.

2. Síndrome do olho seco

Outra das causas mais comuns de coceira no olho é a síndrome do olho seco, na qual existe uma diminuição na produção de lágrimas, fazendo com que o olho fique mais irritado e resulte em sintomas como vermelhidão e coceira intensa.

O olho seco é mais frequente em pessoas idosas, devido ao envelhecimento natural do corpo, mas também pode acontecer em pessoas que trabalham em ambientes muito secos, com ar condicionado ou em frente do computador. Além disso, também pode surgir em quem utiliza incorretamente lentes de contato ou faz uso de alguns remédios como antialérgicos ou pílula anticoncepcional.

  • O que fazer: a melhor forma de combater os sintomas do olho seco é utilizar lágrimas artificiais durante o dia, para manter o olho hidratado. No entanto, também se pode colocar compressas de água morna sobre os olhos, assim como tentar evitar o uso de ar condicionado e fazer pausas quando se trabalha em frente ao computador. Veja mais dicas para acabar com o olho seco.
6 principais causas de coceira nos olhos

3. Estresse ocular

O estresse ocular é cada vez mais uma das principais causas de problemas nos olhos, especialmente do surgimento de coceira. Isto acontece devido ao esforço excessivo causado pela tela do computador e do celular, que estão cada vez mais presentes no dia-a-dia, causando cansaço ocular. Este tipo de cansaço pode ainda levar ao desenvolvimento de dor de cabeça frequente, dificuldade para se concentrar e cansaço generalizado.

  • O que fazer: é importante fazer pausas regulares no uso do computador ou do celular, aproveitando para caminhar e descansar os olhos. Uma boa dica consiste em olhar para um objeto que esteja a mais de 6 metros, durante 20 segundos a cada 20 minutos.

4. Inflamação da pálpebra

Quando se tem um problema no olho que provoca inflamação da pálpebra, como um terçol ou blefarite, é comum que o olho não consiga manter uma hidratação correta, permitindo que a sua superfície fique seca e irritada, resultando em coceira, além de vermelhidão, inchaço do olho e queimação.

  • O que fazer: uma forma de aliviar a inflamação da pálpebra e diminuir os sintomas consiste em colocar uma compressa de água morna sobre o olho por 15 minutos e manter o olho limpo e sem remelas. No entanto, se os sintomas não melhorarem, deve-se ir ao oftalmologista para avaliar a necessidade de iniciar o uso de um colírio antibiótico, por exemplo. Saiba mais sobre o que pode causar e como tratar a inflamação da pálpebra.
6 principais causas de coceira nos olhos

5. Uso de lentes de contato

Usar lentes de contato por mais de 8 horas por dia pode contribuir para o surgimento de olho seco e, consequentemente, para o desenvolvimento de coceira no olho. Além disso, uma higiene inadequada das lentes, especialmente no caso das mensais, também pode facilitar o acúmulo de bactérias, que acabam infectando o olho e causando sinais como vermelhidão, coceira e formação de remelas, por exemplo.

  • O que fazer: evitar utilizar as lentes de contato por mais tempo do que o indicado pelo fabricante, assim como utilizar colírios hidratantes, como Moura Brasil ou Lacrima plus. Também se deve manter uma higiene adequada das lentes de contato, incluindo no momento de as colocar no olho. Veja como cuidar corretamente das lentes de contato.

6. Conjuntivite

Além de causar intensa vermelhidão do olho, remelas e queimação, a conjuntivite também pode provocar o surgimento de coceira. A conjuntivite, normalmente precisa ser tratada com o uso de antibióticos orais ou em forma de colírio e, por isso, deve-se consultar um oftalmologista.

  • O que fazer: se existir suspeita de conjuntivite deve-se ir imediatamente ao oftalmologista para iniciar o tratamento adequado, assim como evitar o contágio da conjuntivite, sendo, para isso, importante evitar coçar os olhos com as mãos, lavar frequentemente as mãos e evitar compartilhar objetos pessoais como óculos ou maquiagem, por exemplo. Veja outras 7 coisas que pode ou não fazer em caso de conjuntivite.
Mais sobre este assunto:


Carregando
...