11 principais sintomas de conjuntivite (com teste online)

agosto 2022

Os sintomas de conjuntivite, como vermelhidão, coceira, inchaço ou sensação de areia nos olhos, surgem quando ocorre uma inflamação nos olhos devido a infecção por vírus, bactéria ou fungo, o que provoca uma irritação nos olhos, afetando a conjuntiva que é uma película fina e transparente que recobre o globo ocular.

Além disso, os sintomas da conjuntivite também podem surgir devido a alergias, causada pela sensibilidade a várias substâncias, produtos ou objetos, como maquiagem, pólen, poeira, lentes de contato ou colírios, por exemplo. Este tipo de conjuntivite, chamada de conjuntivite alérgica, é mais comum de surgir na primavera, devido a presença de mais pólen ou poeira no ar.

No caso de surgimento de sintomas de conjuntivite, é importante consultar o oftalmologista, para que seja diagnosticado, identificada a causa, e assim, indicado o tratamento mais adequado. 

Sintomas de conjuntivite

Os principais sintomas de conjuntivite são:

  1. Vermelhidão no olho afetado;
  2. Produção excessiva de lágrimas;
  3. Inchaço na pálpebra;
  4. Coceira intensa;
  5. Aumento da sensibilidade à luz;
  6. Presença de secreção espessa e amarelada;
  7. Dor no olho;
  8. Dificuldade para abrir o olho afetado;
  9. Sensação de areia no olho;
  10. Dificuldade para enxergar ou visão embaçada;
  11. Espirros, coriza ou sensação de nariz entupido.

Esses sintomas podem variar de acordo com a causa da conjuntivite, que pode surgir devido a infecção por vírus, bactérias ou fungos, ou ainda por alergias. Saiba como identificar os sintomas de conjuntivite alérgica, bacteriana e viral

Por isso, é importante consultar o oftalmologista, sempre que surgirem sintomas de conjuntivite para que seja identificada a causa e indicado o tratamento mais adequado.

Teste online de sintomas

Se acha que pode estar com conjuntivite selecione os seus sintomas, para saber quais as chances:

  1. 1.Vermelhidão em um olho ou ambos
  2. 2.Sensação de queimação ou poeira no olho
  3. 3.Sensibilidade à luz
  4. 4.Íngua dolorida no pescoço ou junto do ouvido
  5. 5.Remela amarela nos olhos, especialmente ao acordar
  6. 6.Coceira intensa nos olhos
  7. 7.Espirros, coriza ou sensação de nariz entupido
  8. 8.Dificuldade para enxergar ou visão embaçada

Sintomas de conjuntivite no bebê

A conjuntivite é uma infecção bastante comum nos bebês, devido ao seu sistema imune mais imaturo. Nestes casos, os sintomas são semelhantes ao do adulto e variam da mesma forma, no entanto, também pode surgir irritabilidade excessiva, diminuição do apetite e febre baixa, em alguns casos.

No bebê, é mais frequente que a conjuntivite surja em ambos os olhos, especialmente quando é provocada por vírus ou bactérias, pois as crianças normalmente passam a mão no olho que está coçando e depois tocam no outro, transmitindo a infecção de um olho para o outro. Entenda como é feito o tratamento da conjuntivite no bebê.

O que fazer em caso de conjuntivite

Sempre que surgem sintomas da conjuntivite é importante consultar um oftalmologista, no caso do adulto, ou um pediatra, no caso dos bebês e crianças, para identificar a causa e iniciar o tratamento adequado.

O tratamento da conjuntivite normalmente é feito com o uso de colírios para lubrificar ou pomadas anti-inflamatórias e antibióticas, que devem ser aplicadas diretamente no olho para aliviar os sintomas e combater a infecção, caso exista. Porém, também pode ser necessário tomar comprimidos anti-histamínicos, especialmente no caso da conjuntivite alérgica. Veja os principais remédios que podem ser indicados para a conjuntivite

Assista o vídeo a seguir com o oftalmologista Dr Arthur Frazão sobre os remédios mais indicados no tratamento de cada tipo de conjuntivite:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em agosto de 2022. Revisão médica por Dr. Arthur Frazão - Oftalmologista, em maio de 2021.

Bibliografia

  • MAKKER, K.; NASSAR, G. N.; KAUFMAN, E. J. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Neonatal Conjunctivitis. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK441840/>. Acesso em 22 ago 2022
  • BAAB, S.; LE, P. H.; KINZER, E. E. N: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Allergic Conjunctivitis. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK448118/>. Acesso em 22 ago 2022
Mostrar bibliografia completa
  • RYDER, E. C.; BENSON, S. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Conjunctivitis. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK541034/>. Acesso em 22 ago 2022
  • PIPPIN, M. M.; LE, J. K. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Bacterial Conjunctivitis. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK546683/>. Acesso em 22 ago 2022
  • SOLANO, D.; FU, L.; CZYZ, C. N. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Viral Conjunctivitis. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK470271/>. Acesso em 22 ago 2022
Revisão médica:
Dr. Arthur Frazão
Oftalmologista
Médico generalista, especialista em Oftalmologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em 2008, com registro profissional no CRM/PE 16878

Tuasaude no Youtube

  • Conjuntivite viral, alérgica ou bacteriana? Como tratar | com Dr. Arthur Frazão

    10:33 | 191243 visualizações