Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que causa cãibras na gravidez e como tratar

Ter cãibras na gravidez é normal, podendo acontecer em quase metade das mulheres grávidas. Este problema é caracterizado por uma contração súbita, com intensa dor, sendo mais comum nas pernas, braços ou barriga, entretanto, pode surgir em qualquer músculo de corpo. 

As cãibras são mais comuns no último trimestre da gestação, e podem ter diversas causas, sendo que as mais comuns estão associadas a alterações metabólicas na gravidez, sedentarismo ou excesso de exercícios, desregulação no conteúdo de eletrólitos no sangue, como magnésio, cálcio e sódio ou deficiência de vitaminas, como D e E. 

Para aliviar este problema, é recomendada a realização de técnicas de alongamento, massagens e aplicação compressas de água morna, assim como praticar exercícios físicos de forma moderada e regularmente, como por 30 minutos a 1 hora por 3 a 5 dias por semana. Também é importante manter uma alimentação equilibrada, rica em água, frutas, vegetais e sementes.

O que causa cãibras na gravidez e como tratar

O que fazer para aliviar

A principal forma de aliviar as cãibras que surgem ao longo da gravidez é alongando o músculo afetado, logo no momento em que elas acontecem, puxando o músculo no sentido contrário à contração.

Assim, quando a cãibra acontece na panturrilha, pode-se sentar com as pernas esticadas e tentar puxar o pé em direção à virilha. Já quando a cãibra acontece na barriga, o que é muito comum, já que os peso do útero pode comprimir os nervos e músculos da região, pode ser feito um alongamento deitando-se sobre 2 almofadas, localizadas nas costas, e esticando os braços.

Logo após a cãibra é importante fazer alongamentos, massagear o músculo e colocar uma compressa de água morna na zona dolorida. Veja outras dicas para aliviar as cãibras em como tratar as cãibras da gravidez.

Em alguns casos, pode ser necessário o tratamento das cãibras com medicamentos, como o Magnésio, que só deve ser usado com a prescrição do médico.

Como evitar a cãibra

Algumas dicas que devem ser seguidas para prevenir episódios de cãibras na gravidez são:

  • Fazer alongamentos diários, pois ajuda a dar flexibilidade e corrigir alterações na postura;
  • Praticar atividades físicas leves a moderadas, como caminhadas, durante cerca de 30 minutos por dia, por 3 a 5 dias por semana, pois melhoram a força, elasticidade e circulação nos músculos
  • Evitar o excesso de exercícios, pois atividades intensas e esgotantes também podem desencadear fadiga e contrações súbitas dos músculos;
  • Beber cerca de 1,5 a 2 litros por dia, mantendo o corpo hidratado;
  • Fazer uma alimentação rica em cálcio, potássio e magnésio, presente em alimentos como abacate, suco de laranja, banana, leite, brócolis, sementes de abóbora, amêndoa, avelã ou castanha-do-pará, por exemplo.

Apesar desses alimentos serem ricos em minerais que ajudam a evitar as cãibras, pode ser necessário tomar suplementos ricos nesses minerais, que só devem ser tomados pela grávida quando indicados pelo médico.

Confira mais algumas dicas no seguinte vídeo:

Ter cãibras na gravidez é perigoso?

Apesar de ser muito incômodo, na maioria das vezes, ter cãibras não é perigoso, sendo recomendado seguir as dicas que falamos para aliviar e prevenir estes episódios.

Entretanto, caso surjam com frequência, é orientado relatar ao obstetra durante o pré-natal, para que ele possa investigar as possíveis causas, através de dosagens de eletrólitos e vitaminas no sangue, e, se necessário, prescrever alguma medicação para correção, como magnésio ou suplementos vitamínicos.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...