Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é Xeroderma Pigmentoso e como tratar

O Xeroderma Pigmentoso é uma doença genética rara e hereditária caracterizada pela hipersensibilidade da pele ao raios UV do sol, resultando em pele seca e presença de inúmeras sardas e manchas brancas espalhadas pelo corpo, principalmente nas áreas de maior exposição solar, incluindo os lábios.

Essa doença genética não tem uma cura definitiva, mas o tratamento pode evitar o surgimento de complicações, e deve ser seguido por toda vida. 

Devido à grande da sensibilidade da pele, as pessoas diagnosticadas com Xeroderma Pigmentoso têm maior chance de desenvolver lesões pré-malignas ou câncer de pele sendo importante usar protetor solar diariamente acima de 50 FPS e roupas adequadas.

A doença normalmente aparece na infância, podendo ser percebida pela maior tendência da criança a apresentar queimaduras graves após alguns minutos de exposição solar, além do aparecimento de sardas no rosto, braços e lábios antes dos 2 anos de idade.

O que é Xeroderma Pigmentoso e como tratar

Principais sintomas

A ocorrência do Xeroderma Pigmentoso está relacionada a mutação em genes responsáveis pelo reparo do DNA após a exposição à radiação ultravioleta. Devido à alteração no processo de reparo do DNA a pessoa pode apresentar os sintomas do Xeroderma Pigmentoso, cuja gravidade pode variar de acordo com o gene afetado e o tipo de mutação. Os principais sintomas são:

  • Muitas sardas no rosto e em todo corpo, se ficam ainda mais escuras quando expostas ao sol;
  • Queimaduras graves após alguns minutos de exposição solar;
  • Aparecimento de bolhas na pele exposta ao sol;
  • Manchas escuras ou claras na pele;
  • Formação de crostas na pele;
  • Pele seca com aparência de escamas;
  • Hipersensibilidade nos olhos.

O sintomas normalmente surgem durante a infância, até os 10 anos, no entanto, a partir desta idade, a pessoa pode começar a apresentar sintomas relacionados ao câncer de pele. Saiba como identificar os sintomas de câncer de pele.

As pessoas que apresentam estes sintomas devem consultar um dermatologista para que seja feito o diagnóstico e análise das lesões na pele e, assim, iniciar o tratamento adequado. 

Como é feito o tratamento

O tratamento para o Xeroderma Pigmentoso deve ser feito de acordo com o tipo de lesão apresentada pela pessoa.

Lesões pré-malignas:

No caso de lesões pré-malignas, pode ser recomendado tratamento tópico, reposição de vitamina D oral e medidas de prevenção com o objetivo de evitar a progressão das lesões, como por exemplo uso de protetor diário com elevado fator de proteção solar, dar preferência a atividades ao final da tarde ou à noite, usar roupas com manga longa e calça comprida, usar óculos de sol com fator de proteção UV, além de evitar usar lâmpadas fluorescentes dentro de casa. Veja ainda como evitar o câncer de pele.

Lesões malignas: 

No caso de lesões com características malignas, pode ser necessária realizar cirurgia para remover as lesões que surgem ao longo do tempo, além da realização de tratamento específico. Veja como é feito o tratamento para câncer de pele

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem