Quando tomar vitamina D (e doses recomendadas)

Revisão clínica: Tatiana Zanin
Nutricionista
junho 2022

Os suplementos de vitamina D são recomendados para pessoas com deficiência dessa vitamina, como em casos de baixa ingestão de alimentos fonte dessa vitamina, pouca exposição à luz solar e problemas de saúde que diminuem a absorção de gorduras, como doença celíaca ou doença de Crohn, por exemplo.

A vitamina D fortalece os ossos e os dentes, melhora o sistema imunológico e ajuda na prevenção de algumas doenças, como diabetes, infarto e pressão alta, sendo também indicada para tratar situações como raquitismo, osteoporose e osteomalácia. Conheça todos os benefícios da vitamina D.

Os suplementos de vitamina D são comercializados em farmácias e lojas de produtos naturais, podendo ser em cápsulas ou em gotas. No entanto, antes de iniciar o uso da vitamina D é recomendado consultar um médico, ou nutricionista, já que essa vitamina é contraindicada em alguns casos e pode causar alguns efeitos adversos.

Quando o suplemento é indicado

A suplementação de vitamina D é indicada com o objetivo de tratar algumas condições que podem estar relacionadas com baixas quantidades de vitamina D circulante no sangue, como:

  • Osteoporose;
  • Osteomalácia e raquitismo, que resultam no aumento da fragilidade e deformidade nos ossos;
  • Níveis muito baixos de vitamina D;
  • Baixos níveis de cálcio no sangue devido à diminuição dos níveis do hormônio da paratireoide, o paratormônio (PTH);
  • Baixos níveis de fosfato no sangue, como o que ocorre na síndrome de Fanconi, por exemplo;
  • No tratamento da psoríase, que é um problema de pele;
  • Osteodistrofia renal, que ocorre em pessoas com insuficiência renal crônica devido à baixa concentração de cálcio no sangue.

Antes de iniciar o uso da suplementação de vitamina D, é importante fazer um exame de sangue para verificar os níveis dessa vitamina e, assim, o médico poderá recomendar a dose diária adequada.

Dose recomendada do suplemento de vitamina D

A dose recomendada do suplemento de vitamina D varia de acordo com a idade, os objetivos e os níveis de vitamina D no organismo da pessoa. Conheça os níveis adequados de vitamina D no sangue.

Geralmente o médico, ou nutricionista, indica tomar a vitamina D durante uma refeição com maior quantidade de gordura, como café da manhã, almoço ou jantar, porque a gordura dos alimentos facilita a absorção da vitamina. No entanto essa orientação pode variar de acordo as necessidades nutricionais e tipo de alimentação que a pessoa possui.

A tabela a seguir indica a dose diária recomendada para o tratamento e prevenção de algumas doenças:

ObjetivoDose diária recomendada de vitamina D3
Prevenção de raquitismo em bebês667 UI
Prevenção de raquitismo de bebês prematuros1.334 UI
Tratamento do raquitismo e da osteomalácia1.334 - 5.336 IU
Tratamento complementar da osteoporose1.334 - 3.335 UI
Prevenção quando há risco de deficiência de vitamina D3667 - 1.334 UI
Prevenção quando há má absorção3.335 - 5.336 UI
Tratamento para hipotireoidismo e pseudo hipoparatireoidismo10.005 - 20.010 UI

É importante lembrar que a dose recomendada deve ser sempre indicada pelo profissional de saúde responsável e, por isso, é importante sempre consultar o médico, ou nutricionista, antes de usar o suplemento.

Efeitos secundários

Doses acima de 4000 UI de vitamina D pode causar alguns sintomas, como náuseas, vômitos, aumento da frequência urinária, perda do apetite, fraqueza e prisão de ventre.

Além disso, doses acima do recomendado pelo médico pode aumentar a concentração de cálcio nos vasos sanguíneos, causando lesão no coração e nos rins.

Contraindicações

O suplemento de vitamina D não deve ser usado por pessoas com aterosclerose, histoplasmose, hiperparatireoidismo, sarcoidose, hipercalcemia, tuberculose e por pessoas com insuficiência renal sem orientação médica.

Assista o vídeo seguinte e conheça também os alimentos ricos em vitamina D:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em junho de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em junho de 2022.

Bibliografia

  • HARVARD SCHOOL OF PUBLIC HEALTH. The Nutrition Source: vitamin D. Disponível em: <https://www.hsph.harvard.edu/nutritionsource/vitamin-d/>. Acesso em 29 jun 2022
  • INTERNATIONAL LIFE SCIENCES INSTITUTE DO BRASIL. Funções plenamente reconhecidas dos nutrientes: vitamina D. 2018. Disponível em: <http://ilsibrasil.org/wp-content/uploads/sites/9/2018/10/Fasc%C3%ADculo-VITAMINA-D-final-ok-autora.pdf>. Acesso em 29 jun 2022
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.

Tuasaude no Youtube

  • Alimentos ricos em VITAMINA D para FORTALECER A IMUNIDADE

    05:54 | 134406 visualizações