O que você precisa saber?

Como é Feito o Tratamento para o Sarampo

Tomar remédios como Paracetamol para o alivio da dor e da febre, repouso e muito hidratação são algumas das recomendações para o tratamento do Sarampo, uma vez que esta é uma doença que não possui tratamento específico. 

Esta doença é mais comum em crianças e o seu tratamento é feito de forma a controlar os sintomas desagradáveis como febre, mal estar geral, falta de apetite, coceira e manchas avermelhadas na pele que podem evoluir para pequenas feridas. 

Como é Feito o Tratamento para o Sarampo

Como é o Tratamento

Como não existe tratamento para eliminar o vírus do corpo que provoca o Sarampo, o tratamento serve então para aliviar os sintomas sentidos e deve incluir: 

1. Repouso e Hidratação

Repousar bastante para que o corpo possa recuperar e combater o vírus e beber muita água, chá ou água de coco é muito importante para uma boa recuperação, ajudando também a prevenir a desidratação. 

2. Toma de Remédios

O médico pode indicar o uso de remédios para o alivio da febre e da dor como Paracetamol, Ibuprofeno ou Tylenol, desde que não contenham ácido acetilsalicílico em sua composição ou não aumentem o risco de sangramento. 

Assim, para o tratamento do Sarampo está contraindicada a toma de remédios com ácido acetilsalicílico, como AAS, Aspirina, Doril ou Melhoral, por exemplo. 

Nos casos mais graves, o médico pode indicar a toma de remédios antibióticos, que geralmente apenas são indicados nos casos onde existem complicações. 

Como Evitar Pegar Sarampo

A melhor forma de prevenir pegar Sarampo é evitando o contato com crianças ou adultos infectados com a doença, uma vez que ela se propaga pela inalação de gotículas de saliva ou perdigotos de pessoas infectadas com o vírus. 

Além disso, para evitar a contaminação com o sarampo, é recomendada a toma da vacina contra o Sarampo, que é especialmente indicada durante a infância, devendo ser reforçada durante a adolescência. 

Assim que os primeiros sintomas surgem, é importante ir no médico para o tratamento possa ser iniciado o mais rapidamente possível, lembrando que a doença pode ser transmitida até 4 dias após o surgimento das manchas na pele. Por isso, é importante que a criança evite o contato com outras crianças ou adultos, não sendo recomendado que frequente locais públicos como cresce, infantário, ou escola por exemplo, durante o período de contágio. 

Mais sobre este assunto:
Carregando
...