Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como é Feito o Tratamento para o Sarampo

O tratamento para sarampo consiste em aliviar os sintomas através de repouso, hidratação e remédios como Paracetamol, durante cerca de 10 dias, que é o tempo de duração da doença.

Essa doença é mais comum em crianças e o seu tratamento é feito de forma a controlar os sintomas desagradáveis como febre, mal estar geral, falta de apetite, coceira e manchas avermelhadas na pele que podem evoluir para pequenas feridas. 

Como é Feito o Tratamento para o Sarampo

O sarampo é uma doença altamente contagiosa, através das gotículas de saliva que se espelham pelo ar, e o período de maior risco de transmissibilidade é após o surgimento das manchas na pele.

Como aliviar os sintomas do sarampo

Como não existe tratamento específico para eliminar o vírus do Sarampo, o tratamento serve então para aliviar os sintomas e deve incluir: 

1. Repousar e tomar água 

Repousar bastante para que o corpo possa recuperar e combater o vírus e beber muita água, chá ou água de côco é muito importante para uma boa recuperação, ajudando também a prevenir a desidratação. Veja como fazer a água aromatizada colocando rodelas de limão, laranja ou ervas aromáticas.

2. Tomar remédios

O médico pode indicar o uso de remédios para o alivio da febre e da dor como Paracetamol, Ibuprofeno ou Tylenol, desde que não contenham ácido acetilsalicílico em sua composição e por isso estão contraindicados remédios como AAS, Aspirina, Doril ou Melhoral, por exemplo. 

A suplementação de vitamina A pode ser útil para as crianças com sarampo por reduzir o risco de morte, sendo indicada em caso de carência desta vitamina que pode ser vista num exame de sangue ou quando a taxa de mortalidade devido ao sarampo é alta. A dose deve ser tomada e repetida após 24 horas e depois de 4 semanas.

Os antibióticos não são indicados para o tratamento do sarampo, porque não são capazes de melhorar os sintomas causados pelos vírus, mas podem ser indicados se o médico observar que existe alguma infecção bacteriana. 

Como é Feito o Tratamento para o Sarampo

3. Usar compressas frias

O sarampo pode causar conjuntivite e os olhos podem ficar avermelhados e muito sensíveis à luz e produzindo muita secreção. Para solucionar isso pode-se limpar os olhos com compressa fria molhada em soro fisiológico, sempre que houver secreção e o uso de óculos escuro pode ser útil mesmo dentro de casa.

As compressas frias também podem ser úteis para baixar a febre e para isso deve-se colocar uma gaze molhada com água fria na testa, nuca ou axilas para baixar naturalmente a temperatura do corpo.

4. Umidificar o ar

Para fluidificar as secreções, facilitando sua retirada pode-se umidificar o ar, colocando uma bacia com água no cômodo onde o doente está. Este cuidado ajuda também a manter a laringe menos irritada, aliviando o desconforto da garganta. Em caso de tosse persistente o médico pode receitar remédios para tosse como Desloratadina, por exemplo. Veja 5 formas de umidificar o ar em casa

Como evitar pegar Sarampo

A melhor forma de evitar pegar Sarampo é tomar vacina contra o Sarampo, que é especialmente indicada aos 12 meses, com dose de reforço aos 5 anos, mas que pode ser tomada por todas as pessoas que ainda não tenham sido vacinadas.

Quem tomou a vacina está protegido por toda a vida e não precisa se preocupar se houver algum caso de sarampo numa região próxima. No entanto, quem ainda não foi vacinado pode ser contaminado e por isso se deve manter distância das pessoas contaminadas e tomar imediatamente a vacina num posto de saúde.

Sinais de alerta para ir ao médico

Deve-se ir ao médico se apresentar sintomas como:

  • Febre acima de 40ºC porque há risco de convulsões;
  • Se a pessoa vomitar por causa da tosse;
  • Sinais de desidratação como olhos fundos, pele muito seca, choro sem lágrimas e pouco xixi;
  • Se não conseguir ingerir líquidos;
  • Se surgirem outros sintomas.

Estes sinais podem indicar que houve uma piora do quadro, sendo necessário uma nova avaliação médica porque podem ser usados outros remédios ou ficar internado para receber líquidos pela veia.

Raramente a pessoa com sarampo sofre de complicações mas estas podem surgir se ela tiver um sistema imune muito fraco ou se o vírus atingir o cérebro, por exemplo, o que não é comum.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...