Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Síndrome de Kartagener

A Síndrome de Kartagener, conhecida também como discinesia ciliar primária, é uma doença genética rara que se caracteriza por 3 sintomas principais:

  • Sinusite; 
  • Bronquiectasia, que consiste no alargamento dos brônquios dos pulmões;
  • Situs inversus, em que os órgãos do tórax e abdômen estão localizados no lado oposto ao que seria normal. 

Nesta doença, o movimento dos cílios, que são pequenos pelinhos presentes na traqueia e brônquios, que ajudam a expulsar poeira e muco dos pulmões, estão alterados, fazendo com que haja acúmulo de muco, poeira e micróbios nos pulmões. Este problema aumenta o risco de doenças infecciosas graves nas vias respiratórias como rinite, sinusite, bronquite ou pneumonia.

A infertilidade na Síndrome de Kartagener  é comum nos homens, pois os espermatozoides perdem a capacidade de se mover ao longo dos canais dos testículos.

Tratamento da Síndrome de Kartagener

O tratamento da Síndrome de Kartagener tem como objetivo diminuir os sintomas da doença e prevenir o aparecimento de infecções respiratórias.

Os antibióticos podem ser usados para tratar as infecções respiratórias como sinusite, bronquite ou pneumonia. É também recomendado a inalação com soro fisiológico, mucolíticos ou broncodilatadores para libertar o muco presente nos brônquios.

A vacinação para vírus e bactérias é recomendada. Além disso, é preciso evitar o uso do tabaco, contato com poluentes e substâncias irritativas. Uma boa hidratação auxilia na fluidificação das secreções, tornando assim, mais fácil a eliminação do muco. 

A fisioterapia na Síndrome de Kartagener é recomendada, pois, através de pequenos exercícios respiratórios, ajuda a remover o muco acumulado nos brônquios e pulmões, aliviando os indivíduos.

Sintomas da Síndrome de Kartagener

Os sintomas da Síndrome de Kartagener podem ser:

  • Infecções do trato respiratório: sinusite, otites, pneumonia ou bronquite;
  • Tosse produtiva;
  • Sangue na expectoração;
  • Dificuldades para respirar;
  • Falta de ar;
  • Chiado no peito;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Aumento de tamanho das falanges distais dos dedos.

Associado a estes sintomas, estão presentes outras manifestações clínicas como dilatação dos brônquios e alteração da posição dos órgãos torácicos, com o coração situado no lado direito  do peito. 

Veja também:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...