Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

4 tipos de rugas e quando elas aparecem

As rugas são sinais de envelhecimento da pele, que começa a dar seus primeiros sinais por volta dos 30 anos de idade, quando as fibras elásticas e colágenas da pele diminuem em quantidade, deixando a pele mais fina e flácida. 

As primeiras rugas que aparecem são as rugas de expressão, como por preocupação, por exemplo, e surgem ao redor dos lábios e testa quando se movem, mas, que, após os 40 anos, aparecem mesmo com o rosto parado, ao redor dos olhos e do queixo, e podem piorar ao longo dos anos até atingir grande parte do rosto, pescoço e colo.  

4 tipos de rugas e quando elas aparecem

Assim, os principais tipos de rugas que surgem são:

  • Tipo I: são discretas alterações que surgem com expressões faciais, não sendo ainda consideradas rugas, que podem começar a ser perceptíveis entre os 20 e 30 anos de idade, nas regiões da face que fazem expressões;
  • Tipo II: surgem após os 30 ou 40 anos, à medida que o rosto se movimenta, em momentos de preocupação, sorrisos e expressões, e são mais comuns ao redor dos lábios, boca e testa;
  • Tipo III: são rugas fixas que aparecem mesmo com os rosto descansado, e são finas ou com pequenas ondulações,devido ao afinamento da pele, após os 50 anos de idade. São rugas que já não conseguem ser disfarçadas com a maquiagem e podem dar um aspecto abatido ou cansado ao rosto, que surgem principalmente ao redor dos olhos, na testa e entre as sobrancelhas;
  • Tipo IV: são rugas que ficam profundas após os 60 ou 70 anos, e são constantes devido à gravidade que puxa a pele fina para baixo. Aparecem comumente nos lados do queixo, no pescoço, diante das orelhas e já não são disfarçadas por cremes ou maquiagem. 

As rugas podem, ainda, ser formadas por linhas de expressão devido a algum movimento ou expressão facial mantida repetidamente pela pessoa, e, por isso, é importante evitar sobrecarregar os músculos da face, por excesso de tensão, alguma posição ao dormir, para tentar enxergar ou se proteger do sol, por exemplo.

Como tratar

O tratamento ideal para as rugas depende do estágio em que se encontram, havendo opções como peeling, sessões de radiofrequência ou creme de ácido glicólico, prescritos pelo dermatologista, para o tratamento de rugas de expressão, ou procedimentos a laser, aplicação de botox ou cirurgia plástica, por exemplo, para as rugas mais profundas. Para achar o melhor método, veja tratamento para rugas

Alguns métodos caseiros ou naturais podem ser opções, como o uso de chás e cremes naturais. Confira a receita naturais contra rugas.

Como evitar

As rugas são inevitáveis, pois surgem devido ao envelhecimento natural do corpo. Entretanto, seu início e gravidade podem variar, devido à genética da pessoa, mas, também, por hábitos de vida. Assim, para evitar o aparecimento de rugas, deve-se:

  • Evitar fumar ou ficar em ambientes com muita fumaça;
  • Praticar atividade física;
  • Ter uma alimentação saudável, rica em vitminas e minerais, presentes nos vegetais;
  • Fazer reposição de colágeno, através de alimentos, como gelatina, ou em cápsulas vendidas em farmácias;
  • Evitar exposição excessiva ao sol;
  • Proteger-se do sol com protetor solar, chapéu e óculos;
  • Manter a pele hidratada, bebendo bastante líquido. 

Existem opções de cremes cosméticos que ajudam a hidratar a pele e evitar linhas de expressão, geralmente vendidas em farmácias ou lojas de cosméticos. Saiba escolher o melhor creme anti-rugas para a sua pele. 

Mais sobre este assunto:
Carregando
...