Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

4 remédios caseiros comprovados para enxaqueca

Os remédios caseiros são uma ótima forma de complementar o tratamento médico da enxaqueca, ajudando a aliviar a dor mais rápido, além de ajudarem a controlar o aparecimento de novas crises.

A enxaqueca é uma dor de cabeça difícil de controlar, que afeta principalmente mulheres, especialmente nos dias antes da menstruação. Além dos chás e das plantas medicinais, outras opções naturais, como controlar o tipo de alimentos que se ingere, assim como fazer acupuntura ou praticar meditação, também são recomendadas.

Veja uma lista dos principais remédios que o médico pode indicar para tratar a enxaqueca.

1. Chá de tanaceto

4 remédios caseiros comprovados para enxaqueca

O tanaceto, conhecido cientificamente como Tanacetum parthenium, é uma planta medicinal que tem forte efeito sobre a enxaqueca, ajudando a aliviar a dor, mas também prevenindo o aparecimento de novas crises.

Este chá pode ser usado durante a crise de enxaqueca, mas também pode ser bebido regularmente para prevenir o aparacimento de novas crises.

Ingredientes

  •  15 g das folhas do tanaceto;
  • 500 m de água fervente.

Modo de preparo

Juntar as folhas de tanaceto com a água fervente e deixar repousar entre 5 e 10 minutos. Depois coar, deixar amornar e beber até 3 vezes por dia.

Esta planta não deve ser usada durante a gravidez ou por pessoas que estão utilizando anticoagulantes, já que aumenta o risco de sangramento.

Outra forma de usar o tanaceto consiste em tomar as cápsulas, pois é mais fácil controlar a quantidade de substâncias ativas. Nesse caso deve-se tomar até 125 mg por dia ou de acordo com as orientações do fabricante ou fitoterapeuta.

2. Chá de gengibre

4 remédios caseiros comprovados para enxaqueca

O gengibre é uma raiz com potente ação anti-inflamatória que parece ser capaz de aliviar a dor provocada pela enxaqueca. Além disso, o gengibre também atua nas náuseas, que é outro dos sintomas que pode surgir durante uma crise de enxaqueca.

De acordo com um estudo feito em 2013 [1], o gengibre em pó parece ser capaz de diminuir a intensidade da crise de enxaqueca em até 2 horas, sendo seu efeito comparado ao do sumatriptano, um remédio indicado para o tratamento da enxaqueca.

Ingredientes

  • 1 colher (de chá) de gengibre em pó;
  • 250 ml de água.

Modo de preparo

Colocar os ingredientes para ferver juntos numa panela. Depois, deixar amornar, mexer bem a mistura e beber até 3 vezes por dia.

O gengibre deve ser usado com supervisão médico nos casos de grávidas ou pessoas com diabetes, pressão alta ou que usam anticoagulantes.

3. Petasites hybridus

4 remédios caseiros comprovados para enxaqueca

O uso da planta medicinal Petasites hybridus tem sido associado à diminuição da frequência de enxaqueca e, por isso, sua ingestão pode ajudar a prevenir o aparecimento de novas crises, especialmente em pessoas que sofrem regularmente com enxaqueca.

Como usar

O petasites precisa ser ingerido na forma de cápsulas, numa dosagem de 50 mg, 3 vezes ao dia, por 1 mês. Depois desse mês inicial, deve-se ingerir apenas 2 cápsulas por dia.

O petasites está contraindicado durante a gravidez.

4. Chá de valeriana

4 remédios caseiros comprovados para enxaqueca

O chá de valeriana pode ser usado por quem sofre de enxaqueca para melhorar a qualidade do sono, que muitas vezes está afetada nas pessoas que sofrem de crises frequentes. Por ser calmante e ansiolítica, o chá de valeriana ajuda ainda a prevenir novas crises de enxaqueca.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de raiz de valeriana;
  • 300 ml de água.

Modo de preparo

Colocar os ingredientes para ferver numa panela durante 10 a 15 minutos. Deixar repousar por 5 minutos, coar e beber 2 vezes por dia ou 30 minutos antes de dormir.

Junto com o chá de valeriana também se pode fazer suplementação de melatonina, já que além de ajudar a regular o sono, a melatonina também tem forte ação antioxidante e parece ajudar a prevenir o aparecimento de novas crises de enxaqueca.

O chá de valeriana não deve ser utilizado por mais de 3 meses e também deve ser evitado durante a gestação.

Como adequar a alimentação

Além do uso dos remédios indicados pelo médico e dos remédios caseiros, também é muito importante adequar a dieta. Assista o vídeo seguinte e saiba quais os alimentos que podem ajudar a prevenir a enxaqueca:

Bibliografia >

  • MAGHBOOLI, Mehdi et al.. Comparison Between the Efficacy of Ginger and Sumatriptan in the Ablative Treatment of the Common Migraine. Phytotherapy Research. Vol.28, n.3. 412-415, 2013
  • RAKEL, David. Integrative Medicine. 4.ed. Elsevier, 2018. 108-117.
  • EUROPEAN MEDICINES AGENCY. Assessment report on Tanacetum parthenium (L.) Schulz Bip., herba. 2010. Disponível em: <https://www.ema.europa.eu/en/documents/herbal-report/final-assessment-report-tanacetum-parthenium-l-schulz-bip-herba_en.pdf>. Acesso em 08 Jul 2020
  • AMERICAN HEADACHE SOCIETY. “Natural” or Alternative Medications for Migraine Prevention. 2006. Disponível em: <http://www.rwevansmd.com/EvansPublictations/Natural%20or%20alternative%20medications%20for%20migraine%20prevention.pdf>. Acesso em 08 Jul 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem