10 remédios caseiros para a tosse (e como preparar)

Atualizado em fevereiro 2024
Evidência científica

Um ótimo remédio caseiro para tosse é o suco de guaco com cenoura que, devido à sua propriedade broncodilatadora, é capaz de aliviar a tosse com catarro e promover o bem-estar. Além disso, o chá de gengibre com limão também é uma boa opção, sendo indicado para a tosse seca devido à sua ação anti-inflamatória e antisséptica. 

Para complementar estes remédios caseiros, também se pode tomar um copo de água à temperatura ambiente com 1 colher de mel, pois ajuda a hidratar as cordas vocais, acalmando toda a região da garganta e diminuindo os acessos de tosse.

No entanto, é importante consultar o otorrinolaringologista para identificar a causa da tosse, especialmente quando é constante, e assim ser indicado o melhor tratamento. Confira as principais causas de tosse persistente e o que fazer.

Imagem ilustrativa número 4

Algumas opções de remédios caseiros para acabar com a tosse são:

1. Chá de gengibre com limão

Para tratar a tosse seca, um ótimo remédio caseiro é o chá de gengibre com limão, que possui propriedades anti-inflamatórias, ajudando a reduzir a irritação na garganta e nos pulmões, além de descongestionar as vias aéreas e aliviar a tosse seca.

Esse chá também pode ser utilizado como remédio caseiro para tosse em crianças, pois não apresenta efeitos colaterais.

Ingredientes​

  • 5 g de raiz de gengibre;
  • Suco de 2 limões;
  • 1 colher (de chá) de mel;
  • ½ litro de água.

Modo de preparo

Para preparar este remédio deve-se ferver o gengibre e a água em fogo brando até que a mistura fique reduzida a metade do volume inicial e depois desligar o fogo, coar e juntar o suco dos limões. Ao final, para adoçar pode ser adicionada 1 colher de chá de mel. O mel não deve ser usado no caso de bebês com menos de 2 anos.

Deve-se tomar 1 colher de sopa deste chá a cada 4 horas, enquanto a tosse persistir. Saiba mais outras opções de como acabar com a tosse seca.

Receba um tratamento mais completo!

Obtenha orientação especializada sobre o que tomar para se recuperar mais rápido.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

2. Chá de limão com mel

A tosse do bebê pode ser controlado por meio do uso de alguns remédios caseiros, como o chá de limão com mel, no entanto, deve ser usado apenas em bebês maiores de 2 anos, pois antes desta idade o bebê não tem imunidade totalmente bem desenvolvida. 

O chá de limão com mel ajuda a aliviar a tosse e a congestão nasal e dor de garganta e também é bom para melhorar a digestão.

Ingredientes

  • 500 mL de água;
  • 2 colheres (de sopa) de suco de limão;
  • 1 colher (de sopa) de mel.

Modo de preparo

Ferver a água na panela tapada durante cerca de 10 minutos e, em seguida, juntar o suco de limão e o mel. Deve-se oferecer ao bebê em pequenas quantidades quando estiver morno.

Outra dica é colocar algumas gotas de soro fisiológico no nariz do bebê antes de mamar e limpar o nariz com um cotonete próprio para bebês, o que também ajuda a aliviar a tosse. Confira outras dicas para combater a tosse no bebê.

3. Suco de guaco com cenoura

Uma opção de remédio caseiro para tosse com catarro é o suco de guaco com cenoura, pois possui propriedades broncodilatadoras e expectorantes, ajudando a eliminar o excesso de catarro e permitindo respirar melhor.

Além disso, ao adicionar a hortelã-pimenta ao suco, obtém-se a propriedade anti-inflamatória, que reduz as crises de tosse, principalmente nos casos de gripe, bronquite ou asma.

Ingredientes

  • 5 folhas de guaco;
  • 1 cenoura;
  • 2 ramos de hortelã;
  • 1 colher de chá de mel.

Modo de preparo

Para fazer o suco, basta misturar no liquidificador as folhas de guaco, a cenoura e os ramos de hortelã. Depois, coar e adoçar com 1 colher de chá de mel e beber 20 mL do suco várias vezes ao dia.

Outra ótima opção de remédio caseiro para tosse com catarro é infusão de tomilho, pois possui propriedades expectorantes, ajudando a liberar o catarro e fortalecer o sistema imune. Saiba mais para que serve o tomilho e como usar.

4. Chá de urtiga

Para aliviar a tosse alérgica, é possível utilizar algumas plantas medicinais, como a urtiga, rorela e tanchagem, por exemplo, pois tem propriedades calmantes, aliviando o desconforto na garganta e, consequentemente, a tosse.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de folhas de urtiga;
  • 200 mL de água.

Modo de preparo

Para fazer o chá é preciso colocar as folhas de urtiga na água e deixar ferver por 5 minutos. Em seguida coar, deixar esfriar e beber duas xícaras por dia. Caso haja necessidade, pode-se adicionar 1 colher de mel para adoçar. Conheça outros remédios caseiros para tosse alérgica.

5. Chá de hortelã-pimenta

O chá de hortelã-pimenta é rico em mentol, um óleo essencial com propriedade descongestionante natural que ajuda a aliviar a tosse causada por coriza ou ou nariz entupido. 

Além disso, este chá tem propriedades anti-inflamatórias, que ajudam a reduzir a inflamação das vias respiratórias e a irritação dos seios nasais que causam a congestão nasal, especialmente nos casos de sinusite ou rinite alérgica.

Ingredientes

  • 6 folhas picadas de hortelã-pimenta;
  • 150 mL de água fervente.

Modo de preparo

Numa xícara adicionar a água sobre as folhas picadas de hortelã e deixar repousar por 5 a 7 minutos. Coar, adoçar com mel se desejar e tomar 3 a 4 xícaras por dia. 

Outra opção para aproveitar os benefícios descongestionantes da hortelã-pimenta, é usar o óleo essencial para fazer inalações. Veja como fazer inalações com o óleo essencial de hortelã-pimenta.

6. Inalação com vapor de eucalipto

A inalação com vapor de eucalipto ajuda a aliviar a tosse e a congestão nasal causados por problemas respiratórios, como asma, bronquite, gripes, resfriados e sinusite, por exemplo.

No entanto, existem algumas pessoas que podem ser mais sensíveis ao óleo essencial liberado pelo eucalipto e, nesses casos, pode haver uma piora dos sintomas. Caso isso aconteça, deve-se evitar fazer esta inalação.

Ingredientes

  • 5 gotas de óleo essencial de eucalipto ou 1 punhado de folhas frescas de eucalipto;
  • 1 litro de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as gotas de óleo essencial de eucalipto na água fervente. Em seguida, deve-se cobrir a cabeça com uma toalha aberta, de modo que cubra também o recipiente contendo a solução do óleo essencial de eucalipto.

Inclinar a cabeça sobre o recipiente e inspirar o vapor o mais profundamente possível por até 10 minutos, repetindo 2 a 3 vezes ao dia. Esta toalha ajuda a manter o vapor da solução por mais tempo.

Ao terminar a inalação, é importante passar uma toalha molhada em água fria no rosto. Veja outras formas de usar o eucalipto.

A inalação com eucalipto também não devem ser usadas em crianças menores de 12 anos, pois podem causar alergias e falta de ar.

7. Chá de manjericão

O chá de manjericão ajuda a relaxar e dilatar os brônquicos, que pode ajudar a combater problemas respiratórios e melhorar a tosse causada por gripes, resfriados, asma, bronquite ou infecções respiratórias.

Ingredientes

  • 10 folhas frescas ou secas de manjericão;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo

Colocar a água para ferver e quando estiver fervendo, desligue o fogo. Adicionar a água fervente em uma xícara com as folhas de manjericão. Tapar e deixar repousar por 5 a 10 minutos. Em seguida, coar, esperar amornar e beber 1 xícara, até 3 vezes por dia.

A chá de manjericão não deve ser consumido por mulheres grávidas ou em amamentação, pois pode afetar o desenvolvimento do bebê.

8. Infusão de romã

A infusão de romã ajuda a combater a tosse, causada por garganta inflamada, pois é rico em polifenóis, flavonoides, alcaloides e triterpenos, que são substâncias com ação antioxidante e anti-inflamatória.

Ingredientes

  • 10 gramas da casca de romã;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo

Adicionar as cascas de romã em uma panela com a água. Quando começar a ferver, deixar por mais 5 minutos e desligar. Após esse tempo, tampar a panela deixando o chá repousar por mais 5 minutos. Esperar amornar e beber a seguir de 2 a 3 vezes por dia. 

A infusão de romã não deve ser usada por crianças com menos de 2 anos, mulheres grávidas ou em amamentação ou por pessoas que tenham gastrite ou úlceras no estômago, pois pode causar irritação no estômago.

9. Xarope de agrião e abacaxi

O xarope de agrião e abacaxi é um excelente expectorante natural pois contém bromelina, e flavonoides, com propriedades expectorantes e descongestionantes que soltar o catarro e aliviar a tosse.

Além disso, esse xarope é rico em vitaminas C e A que ajudam a fortalecer o sistema imune e combater bronquite, sinusite e gripes, por exemplo.

Ingredientes

  • 200 g de nabo;
  • 1/3 do molho de agrião picado;  
  • 1/2 abacaxi cortado em rodelas;
  • 2 beterrabas picadas;
  • 600 mL de água;
  • 1/2 xícara de mel.

Modo de preparo

Bater todos os ingredientes no liquidificador, exceto o mel, e depois levar a mistura ao fogo baixo durante 40 minutos. Esperar amornar, coar, adicionar 1/2 xícara de mel e misturar bem. Tomar 1 colher de sopa desse xarope 3 vezes ao dia. Para a criança, a medida deve ser de 1 colher de café, 3 vezes ao dia.

Esse xarope não deve ser usado por mulheres grávidas ou por pessoas alérgicas ao mel, própolis ou pólen.

10. Chá de alho

O chá de alho possui propriedades expectorantes, que ajudam a combater a tosse, pois deixa o catarro mais líquido, facilitando sua eliminação.

Além disso, o mel ajuda a lubrificar a garganta e a reduzir a irritação dos tecidos, aliviando a tosse.

Ingredientes

  • 1 dente de alho esmagado ou picado;
  • 1 colher (de sopa) de mel;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo

Ferver a água, desligar o fogo e adicioná-la na xícara com o alho esmagado. Deixar repousar por cerca de 5 minutos, coar, esperar amornar, adicionar o mel e beber 1 xícara do chá por dia.

O chá de alho não deve ser consumido por crianças menores de 2 anos ou por pessoas que tenham gastrite, úlceras, pressão baixa e hemorragia.

Além disso, no caso de grávidas ou lactantes, o chá de alho deve ser usado com orientação médica, pois quando utilizado em excesso, pode ter efeito abortivo, afetar o ciclo menstrual ou alterar o cheiro do leite materno.

Para pessoas alérgicas ao mel, própolis ou pólen, não se deve adicionar o mel na receita do chá.

Veja como preparar estes e outros remédios caseiros para tosse no vídeo a seguir:

youtube image - Remédios Caseiros para a Tosse