Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Tomilho: o que é, para que serve e como usar

O tomilho, também conhecido como poejo ou timo, é uma erva aromática da espécie Thymus vulgaris, que além ser usado na culinária para dar sabor e aroma aos preparados, também possui propriedades medicinais anti-inflamatórias, antioxidantes, expectorantes e neuroprotetoras, sendo por isso, utilizado na medicina tradicional para tratar problemas de saúde como bronquite, tosse ou até mesmo auxiliar no tratamento do Alzheimer.

As partes normalmente utilizadas do tomilho são suas folhas ou flores, frescas ou desidratadas, de onde são extraídas as substâncias ativas e os óleos essenciais dessa erva.

O tomilho pode ser comprado na sua forma natural em supermercados e feiras livres, para usar como tempero na culinária, mas também em outros formatos para uso medicinal, encontrado em lojas de produtos naturais e farmácias de manipulação, como chá, tintura ou óleo essencial. No entanto, seu uso medicinal deve ser sempre feito com orientação de um médico ou outro profissional que tenha experiência com o uso de plantas medicinais.

Assista o vídeo com a nutricionista Tatiana Zanin com os benefícios do tomilho para a saúde:

Para que serve

Os estudos feitos com tomilho têm demonstrado que esta erva tem várias propriedades medicinais. Dessa forma, pode ser usado para:

1. Combater a tosse

O tomilho é rico em substâncias com ação anti-inflamatória, expectorante e antitussígena, como carvacrol e γ-terpineno, que ajudam a eliminar o excesso de catarro das vias respiratórias e combater a tosse causada por resfriados, bronquite, asma, inflamação da faringe ou coqueluche.

2. Controlar a pressão arterial

Os terpenóides presentes na composição do tomilho, como timol e α-terpineol, têm ação anti-hipertensiva que age reduzindo a pressão arterial, sendo muito útil para ajudar a controlar a pressão alta. 

Além disso, o tomilho, principalmente quando utilizado na sua forma seca ou desidratada, possui grandes quantidades de minerais, como cálcio e potássio, que ajudam a aumentar o relaxamento dos vasos sanguíneos, permitindo que o sangue circule com maior facilidade, diminuindo a pressão arterial.

3. Prevenir doenças cardiovasculares

Os terpenóides presentes no tomilho também possuem potente ação antioxidante, que reduz os danos causados pelos radicais livres nas células, mantém os vasos sanguíneos saudáveis, ajuda a diminuir os níveis de colesterol ruim e aumenta o colesterol bom. Por isso, o tomilho pode ajudar a prevenir o aparecimento de doenças cardiovasculares como infarto ou derrame cerebral.

4. Combater a acne

O timol presente no tomilho, especialmente no óleo essencial, possui ação antisséptica, desinfetante e antimicrobiana, que ajudam a combater a acne e outros problemas de pele, como a dermatite, por exemplo.

5. Manter a saúde dos dentes e gengivas

O óleo essencial de tomilho é rico em timol com ação antibacteriana, que age inibindo o crescimento de bactérias na boca, como Streptococcus mutans, Staphylococcus aureus, Escherichia coli e Candida albicans, que podem causar cárie ou gengivite.

6. Combater infecções causadas por fungos

O timol e o limoneno, presentes na composição do óleo essencial de tomilho, possuem forte ação antifúngica que ajuda a eliminar fungos, como Candida albicans, que podem causar infecções na pele ou unhas.

Além disso, o tomilho pode ajudar a combater a infecção causada pelo fungo Cryptococcus neoformans, presente no solo ou nas fezes de pombos, e que pode ser transmitido ao ser humano por inalação, causando criptococose, uma doença que afeta os pulmões e o sistema nervoso, podendo originar pneumonia ou meningite.

7. Combater a ansiedade e o estresse

Alguns estudos [1,2] mostram que as substâncias presentes no tomilho, como caemfrol, carvacrol e linalol, ajudam a combater a ansiedade e o estresse aumentando a atividade de neurotransmissores no cérebro, como o GABA, que contribui para a sensação de relaxamento do corpo, de bem-estar e tranquilidade, diminuindo os sintomas de ansiedade como agitação e nervosismo.

8. Auxiliar no tratamento do Alzheimer

Alguns estudos mostram que o timol presente no tomilho [3,4], pode inibir a colinesterase, uma enzima responsável por degradar a acetilcolina, que é um neurotransmissor cerebral importante para a memória. Pessoas com Alzheimer normalmente têm uma diminuição da acetilcolina, o que leva à perda de memória e diminuição da capacidade de aprendizado.

Além disso, o timol tem ação antioxidante, anti-inflamatória e neuroprotetora, reduzindo a inflamação e os danos causados pelos radicais livres no sistema nervoso, o que pode auxiliar no tratamento do Alzheimer.

No entanto, ainda são necessários mais estudos em pessoas que comprovem esses benefícios.

9. Auxiliar no combate ao câncer

Estudos feitos em laboratório com células cancerígenas mostraram que o tomilho pode ter benefícios no combate ao câncer de mama, intestino, colo do útero, fígado e pulmão, por ser rico em timol e carvacrol, que são substâncias com ação anti-proliferativa, o que significa que reduz o crescimento das células do câncer [5]. Entretanto, ainda são necessários estudos em pessoas que comprovem esses benefícios.

Como usar

O tomilho na sua forma natural pode ser usado na culinária como tempero para o preparo de carnes, peixes, legumes ou sopas, por exemplo.

Já para uso medicinal, as partes utilizadas do tomilho são suas flores e folhas secas de onde são extraídas suas substâncias ativas e óleo essencial. 

As principais formas medicinais de usar o tomilho são:

  • Chá de tomilho: adicionar 2 colheres (de chá) de folhas picadas de tomilho seco em uma xícara de água fervente. Tampar e deixar descansar por 10 minutos, coar e beber até 3 vezes por dia. Se desejar, pode ser adoçado com mel, que também ajuda a hidratar a garganta, aliviando a tosse;
  • Xarope de tomilho: adicionar 1 ramo de tomilho seco em 3 xícaras de água e ferver em fogo baixo até que a água evapore, diminuindo um terço da quantidade inicial. Desligar o fogo e deixar repousar por cerca de 3 minutos. Em seguida, quando estiver morno, retirar o ramo de tomilho e adicionar meia xícara de mel. Tomar uma colher de chá do xarope sempre que necessário. Guardar o xarope de tomilho em um frasco de vidro limpo e seco, na geladeira, por até 2 meses;
  • Banho de imersão com tomilho: adicionar 140 g de folhas de tomilho seco em 1 litro de água e ferver. Desligar o fogo e deixar repousar por 1 hora. Coar e adicionar na água do banho. Esse banho pode ser feito 1 vez por semana durante cerca de 10 a 20 minutos, sendo recomendado deitar na cama durante pelo menos 1 hora após o banho;
  • Inalação: adicionar 3 a 4 gotas do óleo essencial de tomilho em 1 litro de água fervente. Em seguida, deve-se cobrir a cabeça com uma toalha aberta, de modo que cubra também o recipiente contendo a solução do óleo essencial de tomilho. Inclinar a cabeça sobre o recipiente e inspirar o vapor por 10 minutos. Esta toalha ajuda a manter o vapor da solução por mais tempo.

O óleo essencial de tomilho não deve ser ingerido, no entanto, pode ser usado sobre a pele ou sobre as unhas, misturando 1 a 3 gotas do óleo essencial de tomilho com 1 colher (de chá) de óleo de coco ou outro óleo vegetal.

Quem não deve usar

O tomilho não deve ser usado durante a gravidez e lactação, assim como em crianças com menos de 6 anos de idade, ou por pessoas com insuficiência cardíaca, enterocolite ou no período pós-cirúrgico, pois ele pode retardar a coagulação do sangue. Deve ser utilizado com cautela durante a menstruação, gastrite, úlcera, colite, endometriose, síndrome do intestino irritável ou em caso de doenças do fígado.

Receitas saudáveis com tomilho

Algumas receitas saudáveis,fáceis de preparar e que aproveitam os benefícios do tomilho são:

1. Frango ao forno com tomilho

Tomilho: o que é, para que serve e como usar

Ingredientes

  • 1 limão siciliano;
  • 1 frango inteiro;
  • 1 cebola grande cortada em quatro partes;
  • 1 cebola roxa picada grosseiramente;
  • 4 dentes de alho;
  • 2 colheres de sopa de azeite;
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto;
  • 4 colheres de sopa de manteiga derretida;
  • 4 ramos de tomilho fresco.

Modo de preparo

Untar uma assadeira com pouco de azeite ou manteiga e colocar o frango. Fazer vários furos no limão com um garfo e colocar dentro do frango. Adicionar as cebolas e o alho em volta do frango, regar com azeite e temperar com sal e pimenta. Passar manteiga por todo o frango e cobrir com os ramos de tomilho.

Assar no forno preaquecido a 190ºC por 20 minutos. Aumentar a temperatura para 200º C e assar por mais 30 minutos ou até que a pele do frango esteja corada e a sua carne cozida.

2. Salmão com tomilho e alho

Tomilho: o que é, para que serve e como usar

Ingredientes

  • 500 g de filé de salmão;
  • 3 colheres (de sopa) de azeite de oliva extra virgem;
  • 2 dentes de alho picados;
  • 2 ramos de tomilho fresco;
  • 1 colher (de sopa) de suco de limão;
  • Sal a gosto.

Modo de preparo

Em um tabuleiro, temperar o salmão com o alho, azeite, suco de limão e sal, deixando marinar por cerca de 30 minutos. Cobrir o tabuleiro com papel alumínio e assar por cerca de 15 a 20 minutos. Servir em seguida.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • PATIL, S. M.; et al. A systematic review on ethnopharmacology, phytochemistry and pharmacological aspects of Thymus vulgaris Linn. Heliyon. 7. 5; e07054, 2021
  • KHAZDAIR, M. R.; et al. Neuroprotective potency of some spice herbs, a literature review. J Tradit Complement Med. 9. 2; 98-105, 2018
  • KEMMERICH, B.; EBERHARDT, R.; STAMMER, H. Efficacy and tolerability of a fluid extract combination of thyme herb and ivy leaves and matched placebo in adults suffering from acute bronchitis with productive cough. A prospective, double-blind, placebo-controlled clinical trial. Arzneimittelforschung. 56. 9; 652-60, 2006
  • ALAMGEER, Akhtar M. S.; et al. Pharmacological evaluation of antihypertensive effect of aerial parts of Thymus linearis benth. Acta Pol Pharm. 71. 4; 677-82, 2014
  • PLATAFORMA PORTUGUESA DE INFORMAÇÃO ALIMENTAR. Composição de Alimentos: Codorniz. Disponível em: <http://portfir.insa.pt/foodcomp/food?11663>. Acesso em 23 Jan 2020
  • DAUQAN Eqbal, ABDULLAH Aminah. Medicinal and Functional Values of Thyme (Thymus vulgaris L.) Herb. Journal of Applied Biology & Biotechnology . 5. 2; 17-22, 2017
  • THOSAR, Nilima; et al. Antimicrobial efficacy of five essential oils against oral pathogens: An in vitro study. Eur J Dent. 7. 1; S71–S77, 2013
  • ALVES, Melissa; et al. Unveiling the Antifungal Potential of Two Iberian Thyme Essential Oils: Effect on C. albicans Germ Tube and Preformed Biofilms. Front Pharmacol. 2019; 10: 446. 10. 446; 1-11, 2019
  • IBURG, Anne. O guia das plantas medicinais: ingredientes, efeitos medicinais e aplicações. 1.ed. Caracter, 2010. 230-231.
  • ASADBEGI, Masoumeh; et al. Investigation of thymol effect on learning and memory impairment induced by intrahippocampal injection of amyloid beta peptide in high fat diet- fed rats. Metab Brain Dis. 32. 3; 827-839, 2017
  • SHARIFI-RAD, M.; et al. Carvacrol and human health: A comprehensive review. Phytother Res. 32. 9; 1675-1687, 2018
  • CURTIS, Susan et al.. O livro de receitas das ervas medicinais. São Paulo: Dorling Kindersley, 2011. 116-117.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...