Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que fazer quando o bebê está com tosse

O que se pode fazer em caso de tosse em bebê é pegar o bebê no colo, para manter sua cabeça mais elevada, porque isso ajuda o bebê a respirar melhor e quando a tosse estiver mais controlada oferecer um pouquinho de água, na temperatura ambiente, para hidratar as cordas vocais e fluidificar as secreções, acalmando a tosse. O bebê deverá tomar bastante água durante o dia, cerca de 100 ml por cada kg de peso.

Outras opções para ajudar a aliviar a tosse do bebê podem ser:

  • Fazer inalação com soro fisiológico, usando um nebulizador que se compra na farmácia, isso ajuda a limpar as vias aéreas sendo muito eficiente. Se não tiver condições de comprar um nebulizador pode dar um banho morno no bebê com a porta do banheiro fechada para que o vapor de água facilite a saída do catarro, melhorando a respiração;
  • Misturar uma colher (de café) de mel com um pouquinho de água, se o bebê tiver mais de 1 ano;
  • Colocar 1 gota de óleo essencial de cerejeira numa bacia com água quente pode ser útil para aliviar a tosse infantil. Confira 4 formas de usar a Aromaterapia no combate à Tosse.

Os remédios como xaropes anti-alérgicos, anti-tussicos, descongestionantes ou expectorantes só devem ser usados quando receitados pelo pediatra porque nem todos os medicamentos podem ser usados nas crianças e porque toda tosse que dura mais de 5 dias deve ser investigada pelo médico. Normalmente em bebês com menos de 2 anos de idade, o pediatra não recomenda o uso de remédios, se não houver febre ou dificuldade respiratória.

O que fazer quando o bebê está com tosse

Remédios caseiros para tosse em bebê

Remédios caseiros podem ser indicados em caso de tosse causada por resfriado, e boas opções são o xarope de cenoura e chá de cascas de cebola. Para preparar:

  • Xarope de cenoura: ralar uma cenoura e adicionar 1 colher de chá de açúcar por cima. Depois oferecer ao bebê o suco natural que sai da cenoura, que é rico em vitamina C;
  • Chá de cascas de cebola: em 500 ml de água adicionar as cascas marrons de 1 cebola grande e deixar ferver. Coar e oferecer ao bebê em pequenas colheres quando estiver morno.

Outra boa estratégia é colocar algumas gotinhas de soro fisiológico no nariz do bebê antes das mamadas ou refeições e limpar o nariz do bebê com um cotonete com pontas grossas (próprios para bebês). Existem também, à venda em farmácias e drogarias, aspiradores nasais, que são muito eficientes para eliminar o catarro, desobstruindo o nariz, o que também combate a tosse.

Como aliviar a tosse do bebê à noite

Uma boa forma de evitar a tosse noturna é colocar um travesseiro ou toalhas dobradas por baixo do colchão do bebê, como mostra a imagem a seguir, para elevar um pouco a cabeceira do berço porque assim as vias aéreas ficam mais livres e o refluxo diminui, reduzindo a tosse do bebê, garantindo um sono mais tranquilo.

O que fazer quando o bebê está com tosse

Principais causas de tosse no bebê

A tosse em bebê, normalmente, é causada por problemas respiratórios mais simples como gripe ou resfriado. A principal suspeita de que a tosse é causada por problemas respiratórios é a presença de catarro, nariz entupido e a dificuldades em respirar.

Outras causas menos comuns de tosse em bebês são laringite, refluxo, asma, bronquiolite, pneumonia, coqueluche ou aspiração de um objeto e por isso se mesmo após adotar as medidas que indicamos acima, a tosse permanecer por mais de 5 dias ou se for muito forte, frequente e incomodativa, deve-se levar o bebê ao pediatra para que ele possa indicar o que está acontecendo e qual o melhor tratamento.

Quando levar o bebê ao pediatra

Os pais devem se preocupar e levar o bebê ao pediatra sempre que o bebê estiver com tosse e:

  • Tiver menos que 3 meses de idade;
  • Se tiver tosse por mais de 5 dias;
  • Se a tosse for muito forte e prolongada, como tosse de cachorro;
  • O bebê estiver com 38 ºC de febre;
  • A respiração do bebê parecer mais rápida que o normal;
  • O bebê estiver com dificuldade em respirar;
  • O bebê estiver a fazer um barulho ou chiado ao respirar;
  • Se tiver muito catarro, ou catarro com fios de sangue;
  • O bebê tiver alguma doença cardíaca ou pulmonar.

Na consulta com o pediatra o responsável deve indicar todos os sintomas apresentados pelo bebê, quando eles começaram e tudo o que foi feito para tentar aliviar a tosse do bebê.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...