Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

6 remédios caseiros para dengue

Revisão clínica: Manuel Reis
Enfermeiro

Alguns remédios caseiros, como os chás de camomila, de hortelã e de erva-de-são-joão são ótimas opções para a dengue, porque possuem propriedades que ajudam a aliviar os sintomas como dor muscular, febre e dor de cabeça.

Estes chás ajudam a complementar o tratamento da dengue indicado pelo médico, que pode incluir o uso de remédios antitérmicos e anti-histamínicos, por exemplo. Confira como é feito o tratamento da dengue.

No entanto, alguns chás que contêm ácido salicílico, como é o caso do salgueiro-branco e do chá de gengibre, devem ser evitados. Isso porque esse composto interfere na coagulação sanguínea, aumentando o risco de sangramentos.

Imagem ilustrativa número 1

1. Chá de hortelã-pimenta

O chá de hortelã-pimenta tem propriedades analgésicas, digestivas e anti-inflamatórias, ajudando a aliviar sintomas como náuseas, vômitos, dor de cabeça e dor muscular. Conheça mais benefícios da hortelã-pimenta.

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de folhas de hortelã-pimenta;
  • 150 ml de água.

Modo de preparo:

Numa panela, ferver a água e, após apagar o fogo, adicionar as folhas de hortelã. Tampar a panela e deixar descansar por 5 minutos. Coar e beber. Pode-se beber de 2 a 3 xícaras desse chá por dia.

Cuidados: Esse chá não é recomendado para crianças menores de 4 anos. Assim como também não deve ser usado por mulheres que estejam grávidas ou amamentando.

2. Soro caseiro

O soro caseiro é uma bebida que ajuda a recuperar a hidratação, porque repõe a água e os sais minerais em casos de diarreia ou vômitos em crianças ou adultos.

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de açúcar;
  • 1 colher de café de sal;
  • 1 litro de água filtrada ou fervida.

Modo de preparo:

Em uma jarra, colocar todos os ingredientes e mexer bem, até dissolver o sal e o açúcar. tomar pequenos goles ao longo do dia. Crianças podem tomar o soro caseiro em colheres.

Cuidados: Não se deve beber mais de meio copo de soro caseiro de uma só vez. O soro caseiro deve ser armazenado na geladeira por até 24 horas.

3. Chá de camomila

O chá de camomila tem propriedades analgésicas, antiespasmódicas e anti-inflamatórias, ajudando, por isso, no alívio da dor de cabeça e de náuseas.

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa (4g) de flores secas de camomila;
  • 150 ml de água.

Modo de preparo:

Em uma chaleira, ou panela, ferver a água. Após apagar o fogo, adicionar as flores de camomila, tapar a panela e deixar repousar por 5 minutos. Coar e beber em seguida. É recomendado beber o máximo de 4 xícaras desse chá por dia.

Cuidados: Esse chá não é indicado para bebês com menos de 6 meses e para pessoas com alergia à camomila e plantas como margarida, ambrósia e crisântemos.

O chá com a camomila simples (Matricaria recutita) pode ser usado durante a gravidez e a amamentação. Entretanto, o chá de camomila-romana deve ser evitado, porque ainda não existem estudos que comprovem a segurança desse tipo da planta durante essas fases.

4. Água de coco

Por ser rica em potássio e magnésio, a água de coco ajuda na hidratação, sendo indicada principalmente para evitar a desidratação nos casos de diarreia e vômitos causados pela dengue. Veja outros benefícios da água de coco.

Pode-se beber até 3 copos por dia de água de coco, em qualquer horário, antes ou após as refeições. O ideal é priorizar o consumo de água de coco natural. Contudo, se não for possível, pode-se beber a água de coco de caixinha ou garrafa.

Cuidados: Pessoas com problemas renais devem consumir a água de coco somente com a orientação de um médico ou um nutricionista.

5. Chá de capim-santo (capim-limão)

O capim-santo, ou capim-limão, é rico em mirceno e citral, que são compostos bioativos com ação analgésica que ajuda a aliviar sintomas da dengue como dor de cabeça e dor muscular.

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de folhas frescas picadas de capim-santo;
  • 1 xícara de chá de água.

Modo de preparo:

Numa panela, ou chaleira, ferver a água. Após apagar o fogo, colocar as folhas de capim-santo, tampar a panela de deixar descansar por 5 minutos. Coar e beber em seguida. Pode-se tomar até 4 xícaras desse chá por dia.

Cuidados: Esse chá não é indicado para mulheres grávidas ou que estejam amamentando. Além disso, pessoas que usam medicamentos calmantes ou para controlar a pressão arterial, devem consultar um médico antes de consumir o chá de capim-santo.

6. Chá de erva-de-são-joão

Por ter ação analgésica e anti-inflamatória, o chá de erva-de-são-joão ajuda a combater a dor muscular. Conheça outras propriedades da erva-de-são-joão.

Ingredientes:

  • 1 colher de chá (de 2 a 3g) de flores e folhas de erva-de-são-joão seca;
  • 200 ml de água.

Modo de preparo:

Ferver a água em uma panela e, em seguida, apagar o fogo. Adicionar a erva-de-são-joão na água, tampar a panela e aguardar por 5 minutos. Após, coar e beber o chá. É indicado beber até 3 xícaras deste chá por dia após as refeições.

Cuidados: Esse chá não é indicado para crianças com menos de 12 anos, pessoas com alergia ou sensibilidade a essa planta e para pessoas com depressão grave. Além disso, este chá também não deve ser usado por mulheres grávidas, que estejam amamentando ou mulheres que estejam usando anticoncepcionais orais.

Pessoas que tomam antidepressivos, como sertralina, paroxetina ou nefazodona também não devem consumir a erva-de-são-joão.

Além disso, pessoas que usam medicamentos como ciclosporina, tacrolimo, amprenavir, indinavir, irinotecano, varfarina buspirona, triptanos, benzodiazepinas, metadona, amitriptilina, digoxina, finasterida, fexofenadina, finasterida ou sinvastatina, devem conversar com um médico antes de consumir esse chá.

Chás que não pode tomar na dengue

Alguns chás feitos com plantas que contêm ácido salicílico ou substâncias semelhantes, como salgueiro-branco, garra-do-diabo, unha-de-gato, ginseng, Ginkgo biloba, boldo-do-chile, chorão, sinceiro, vime, vimeiro e mostarda, são contraindicados nos casos de dengue. Isso porque essas plantas medicinais podem causar o enfraquecimento dos vasos sanguíneos e provocar hemorragias.

Além disso, ervas como gengibre, alecrim, alho, orégano, tomilho, salsa e cebola também são contraindicados durante a dengue, pois eles dificultam a coagulação, favorecendo sangramentos e hemorragias. Veja o que comer e o que evitar para se recuperar da dengue.

Plantas que afastam o mosquito

As plantas que afastam o mosquito da dengue são aquelas que têm cheiro forte, como hortelã, alecrim, manjericão, alfazema, hortelã, tomilho, sálvia e capim-limão. Essas plantas podem ser cultivadas em casa para que o cheiro ajude a proteger o ambiente contra o Aedes Aegypti, devendo-se ter cuidado para evitar que o vaso acumule água. Veja dicas para cultivar essas plantas em casa.

Veja, no vídeo a seguir, mais dicas sobre alimentos e repelentes naturais para o mosquito:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em janeiro de 2023. Revisão clínica por Manuel Reis - Enfermeiro, em janeiro de 2023.

Bibliografia

  • AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA - ANVISA. Formulário de fitoterápicos: farmacopéia brasileira 2ª edição. 2021. Disponível em: <https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/farmacopeia/formulario-fitoterapico/arquivos/2021-fffb2-final-c-capa2.pdf>. Acesso em 24 jan 2023
  • CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Manual de Orientação ao Farmacêutico: Dengue, Zika e Chikungunya. 2016. Disponível em: <https://crfms.org.br/upload/manual-de-orientacao-ao-farmaceutico-dengue-zika-e-chikungunya.pdf>. Acesso em 24 jan 2023
Mostrar bibliografia completa
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Dengue: diagnóstico e manejo clínico : adulto e criança. 2016. . Acesso em 24 jan 2023
Revisão clínica:
Manuel Reis
Enfermeiro
Pós-graduado em fitoterapia clínica e formado pela Escola Superior de Enfermagem do Porto, em 2013. Membro nº 79026 da Ordem dos Enfermeiros.

Tuasaude no Youtube

  • CHÁ DE CAMOMILA: o melhor remédio natural para o estresse

    11:05 | 26797 visualizações
  • HORTELÃ: para que serve e como usar

    06:39 | 1271160 visualizações
  • Repelente natural para afastar os mosquitos

    02:28 | 134854 visualizações
  • COMO FAZER SORO CASEIRO

    02:34 | 2661620 visualizações