O que comer para recuperar mais rápido da dengue

Revisão clínica: Tatiana Zanin
Nutricionista
maio 2022

A alimentação para ajudar na recuperação da dengue deve ser rica em alimentos fontes de proteína e ferro, pois esses nutrientes ajudam a prevenir a anemia e a fortalecer o sistema imune.

Além dos alimentos que ajudam no combate à dengue, deve-se evitar alguns alimentos que podem aumentar aumentam o risco de hemorragias, como a pimenta, gengibre e frutos vermelhos, por exemplo.

Manter uma alimentação saudável e variada favorece o combate à dengue, e por isso é importante se alimentar com frequência, fazer repouso e ingerir entre 2 a 3 litros de água por dia, para manter o organismo hidratado.

Alimentos indicados

Os alimentos mais indicados para quem está com dengue são especialmente os ricos em proteína e ferro, que são nutrientes importantes para evitar anemia e aumentar a formação de plaquetas, já que estas células se encontram diminuídas em pessoas com dengue, sendo importantes para prevenir a ocorrência de hemorragias. Os alimentos ricos em proteínas e ferro que ajudam a combater a dengue são:

  • Carnes vermelhas com baixo teor de gordura;
  • Carnes brancas como frango e peru, peixe;
  • Laticínios derivados;
  • Ovos;
  • Feijão;
  • Grão de bico;
  • Lentilha;
  • Beterraba.

Além disso, alguns chás, como camomila, hortelã-pimenta e matricária também são indicados para ajudar a aliviar sintomas da dengue, como náusea, dor de cabeça e dor no corpo. Veja outros chás indicados para melhorar os sintomas da dengue.

Estudos indicam que a suplementação de vitamina D pode ajudar o sistema imunológico a combater a dengue, devido ao seu efeito imunomodulador, assim como a suplementação de vitamina E, devido ao seu poder antioxidante, que protege as células e fortalece o sistema imunológico.

Alimentos que devem ser evitados

Os alimentos que devem ser evitados em pessoas com dengue são aqueles que contêm salicilatos, que é uma substância produzida pelas plantas para se defenderem contra alguns microrganismos. Como esses compostos agem de uma forma semelhante à aspirina no organismo, o seu consumo excessivo pode fluidificar o sangue e atrapalhar a coagulação do sangue, favorecendo o aparecimento de hemorragias.

Esses alimentos são:

  • Frutas: amoras, mirtilos, ameixas, pêssegos, melão, banana, limão, tangerina, abacaxi, goiaba, cereja, uva vermelha e branca, abacaxi, tamarindo, laranja, maçã verde, kiwi e morango;
  • Legumes: espargos, cenouras, aipo, cebola, berinjela, brócolis, alho, tomate, feijão verde, ervilhas e pepino;
  • Frutas secas: passas, ameixas secas, tâmaras e arando seco;
  • Nozes: amêndoas, nozes, pistache, castanha do Pará e amendoim com casca;
  • Condimentos e molhos: hortelã, cominho, pasta de tomate, mostarda, cravo, coentro, páprica, canela, gengibre, noz-moscada, pimenta em pó ou pimenta vermelha, orégano, açafrão, tomilho e erva-doce, vinagre branco, vinagre de vinho, vinagre de maçã, mistura de ervas e curry;
  • Bebidas: vinho tinto, vinho branco, cerveja, café e sucos de fruta naturais;
  • Alguns chás: salgueiro-branco, gengibre, chorão, sinceiro, vime, vimeiro, salsa, alecrim, orégano, tomilho e mostarda;
  • Outros alimentos: cereais com coco, milho, nozes, azeite e óleo de coco, mel e azeitonas.

Além de evitar estes alimentos, também se deve evitar alguns medicamentos que são contra-indicados nos casos de dengue, como ácido acetilsalicílico (aspirina), por exemplo. Saiba quais os remédios permitidos e proibidos na dengue.

Cardápio para dengue

A tabela a seguir traz um exemplo de cardápio do que comer para se recuperar mais rápido da dengue:

 Dia 1Dia 2Dia 3
Café da manhãPanquecas com queijo branco + 1 copo de leite1 xícara de chá de camomila + 2 ovos mexidos com 1 torrada1 xícara leite desnatado + 2 fatias de pão com manteiga + 1 fatia de mamão
Lanche da manhã1 pote de iogurte natural + 1 colher de chia + 1/2 banana 1 maçã1 fatia de melancia
Almoço / JantarFilete de peito de frango grelhado, acompanhado com arroz branco e feijão + 1 xícara de salada de couve flor + 1 colher de sobremesa de óleo de linhaçaPeixe cozido com purê de abóbora, acompanhado com salada de beterraba + 1 colher de sobremesa de óleo de linhaçaFilete de peito de peru com grão de bico, acompanhado com salada de alface e 1 colher de sobremesa de óleo de linhaça
Lanche da tarde1 pera1 xícara de mingau de leite com aveia3 bolachas de arroz com queijo

Os tipos de alimentos e as quantidades descritas no cardápio variam de acordo com idade, sexo e estado de saúde geral da pessoa. Por isso, é recomendado ter o acompanhamento de um nutricionista para uma avaliação completa e um plano nutricional adequado às necessidades individuais.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em maio de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em maio de 2022.

Bibliografia

  • Mahendru Gunjan, et al. Role of Goat Milk and Milk Products in Dengue Fever. JOURNAL OF PHARMACEUTICAL AND BIOMEDICAL SCIENCES. 8. 6; 1-5, 2011
  • SUNDUS Ahmed, FINKELSTEIN Julia et al. Micronutrients and Dengue. The American Journal of Tropical Medicine and Hygiene. 91. 5; 1049-1056, 2014
Mostrar bibliografia completa
  • WOOD Adrian, BAXTER Gwen et al. A systematic review of salicylates in foods: Estimated daily intake of a Scottish population. Molecular Nutrition and Food Research. 55. 7-14, 2011
  • DUTHIE Garry, WOOD Adrian. Natural salicylates: foods, functions and disease prevention. Food & Function Journal. 2. 9; 515-520,
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.