Capim-santo (capim-limão): para que serve e como usar

Revisão clínica: Tatiana Zanin
Nutricionista

O capim-santo, também conhecido como capim-limão, capim-cheiroso ou capim-cidreira, é uma planta medicinal rica em citral, limoneno e geraniol, compostos bioativos com ação antioxidante, que combatem o excesso de radicais livres e ajudam a prevenir situações, como câncer, gastrite e pressão alta.

Além disso, o capim-santo também contém ótimas quantidades de mirceno, um composto bioativo com propriedade analgésica, ajudando a aliviar dores leves, como cólica, dor muscular e dor de cabeça.

O capim-santo tem um aroma parecido com o limão e pode ser encontrado na forma fresca ou seca, em feiras e supermercados, sendo usado no preparo de chás, compressas, sucos, bolos ou geleias. Já o óleo essencial da planta é comercializado em lojas de produtos naturais e pode ser usado como cicatrizante.

Por ser rico em flavonoides e compostos fenólicos, o capim-santo pode ser usado para:

1. Ajudar na perda de peso

Por possuir propriedades diuréticas, o capim-santo promove a eliminação do excesso de líquido corporal, diminuindo o inchaço da barriga, sendo uma opção interessante para incluir em dietas de perda de peso. Veja como usar o capim-santo para perder peso.

2. Ajudar no tratamento da gastrite

O capim-santo pode auxiliar no tratamento da gastrite, porque contém ótimas quantidades de flavonoides e taninos, compostos com ação antioxidante e anti-inflamatória, neutralizando e diminuindo a acidez no estômago e ajudando no tratamento do refluxo e da gastrite.

Além disso, o capim-santo também contém propriedade bactericida, ajudando no tratamento contra Helicobacter pylori, uma bactéria que vive no estômago e causa gastrite, úlcera péptica e até alguns tipos de câncer.

3. Aliviar dores

Por conter mirceno e citral, compostos bioativos com propriedades analgésicas, o capim-santo ajuda no tratamento de dores, como dor de cabeça, dor muscular, dor de barriga e reumatismo.

4. Diminuir colesterol “ruim”, LDL

O capim-santo é rico em antioxidantes, como limoneno e geraniol, que combatem os radicais livres, impedindo a oxidação das células de gordura, ajudando a diminuir os níveis de colesterol “ruim”, o LDL, e triglicerídeos no sangue e prevenindo doenças, como derrame, infarto e aterosclerose.

5. Auxiliar no controle da pressão arterial

Por ter propriedades diuréticas, o capim-santo ajuda a eliminar o excesso de sódio pela urina, auxiliando no controle da pressão arterial.

Além disso, os compostos antioxidantes e anti-inflamatórios presentes no capim-santo, como citral, limoneno e geraniol, diminuem a inflamação e promovem o relaxamento  das artérias, melhorando a circulação de sangue e prevenindo a pressão alta.

6. Prevenir câncer

O capim-santo é uma planta medicinal rica em antioxidantes, que ajudam a fortalecer o sistema imunológico, prevenindo o crescimento e o desenvolvimento de células cancerígenas.

7. Combater a insônia e ansiedade

O capim-santo contém compostos com ação sedativa, como o citral, que atua no sistema nervoso central, melhorando o tempo e a qualidade do sono.

Além disso, o capim-santo também possui ação calmante e relaxante, podendo ser indicado para auxiliar no tratamento da ansiedade e estresse.

8. Promover a cicatrização de feridas

O óleo essencial de capim-santo tem potente ação anti microbiana e, por isso, pode ser aplicado na pele para melhorar a cicatrização de feridas.

9. Auxiliar no tratamento da candidíase

O capim-santo contém propriedade fungicida, ajudando a combater a Candida albicans, um tipo de fungo responsável pela candidíase vaginal e oral.

Além disso, o capim-santo também pode ser usado para auxiliar no tratamento de outros tipos de contaminação por fungos, como a micose e o pé de atleta.

10. Combater o mau hálito

Por ter ação bactericida e antisséptica, o capim-santo pode se usar em preparações como chás ou enxaguante bucal natural para combater o mau hálito causado por gengivite, uma inflamação na gengiva causada pelo acúmulo de bactérias entre os dentes. Saiba como usar o capim-santo para combater o mau hálito.

Como usar

O capim-santo pode ser usado para o preparo de chás e sucos, ou na forma de compressas. Além disso, o óleo essencial de capim santo também pode ser aplicado na pele para tratar feridas e micoses.

  • Chá de capim-santo: colocar 1 colher de sopa de folhas frescas picadas numa xícara e cobrir com água fervente. Tampar, deixar descansar por 5 a 10 minutos, coar e beber em seguida. Tomar de 3 a 4 xícaras por dia;
  • Compressa de capim-santo: mergulhar um pedaço de gaze ou pano limpo no chá de capim-santo e aplicar sobre a ferida ou região dolorida. Deixar atuar por pelo menos 15 minutos;
  • Óleo essencial de capim-santo: misturar 3 gotas do óleo essencial em 1 colher de sopa de óleo vegetal, como coco, jojoba ou azeite, e aplicar sobre a micose ou ferida. Deve-se evitar a exposição ao sol por até 6 horas após a aplicação deste óleo, para evitar irritação na pele.

O óleo essencial de capim-santo também pode ser usado como repelente de insetos ou aromatizante de ambientes, bastando apenas adicionar de 3 a 5 gotas desse óleo em um difusor.

Além disso, o capim-santo também pode ser usado em algumas preparações culinárias, como sucos, bolos, geleia e sorvetes.

Efeitos colaterais e contraindicações

O consumo do capim-santo pode causar tontura, sono, fraqueza, enjoo, boca seca e pressão baixa, podendo causar desmaio.

O uso do capim-santo não é indicado para mulheres que estejam grávidas ou amamentando. Além disso, pessoas que usam medicamentos com efeito calmante e para controlar a pressão arterial também devem consultar um médico antes de consumir o capim-santo.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em dezembro de 2021. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em dezembro de 2021.

Bibliografia

  • PEREIRA, S, Paloma; PAULA, L, R, L, Lívia. Ações terapêuticas do capim-santo: uma revisão de literatura. Revista Saúde em Foco. 2018. 10.ed; 259-263, 2018
  • EMBRAPA. Caracterização Odorífera dos Componentes do Óleo Essencial de Capim-Santo (Cymbopogon citratus (DC.) Stapf., Poaceae) por Cromatografia Gasosa (CG) - Ofatometria. 2011. Disponível em: <https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/900884/1/BPD11001.pdf>. Acesso em 23 dez 2021
Mostrar bibliografia completa
  • CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO. PLANTAS MEDICINAIS E FITOTERÁPICOS. 2019. Disponível em: <http://www.crfsp.org.br/images/cartilhas/PlantasMedicinais.pdf>. Acesso em 23 dez 2021
  • AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA - ANVISA. Formulário de fitoterápicos: farmacopéia brasileira 2ª edição. 2021. Disponível em: <https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/farmacopeia/formulario-fitoterapico/arquivos/2021-fffb2-final-c-capa2.pdf>. Acesso em 23 dez 2021
  • DOMINGUES, A,Sabrina; PAIVA, Luiz Francisley. Atividade antifúngica de Cymbopogon citratus (DC) Stapf frente à leveduras do gênero Candida sp.. Fitos. Vol.15. 1.ed; 22-31, 2021
  • NAMBIAR Vanisha; MATELA Hema. Potential Functions of Lemon Grass (Cymbopogon citratus) in Health and Disease. International Journal of Pharmaceutical & Biological Archives . 3. 5; 1035-1043, 2012
  • SHAH Gagan; SHRI Richa et al. Scientific basis for the therapeutic use of Cymbopogon citratus, Stapf (Lemon grass). Journal of Advanced Pharmaceutical Technology & Research. 2. 1; 3-8, 2011
  • FERNANDES CN; DE SOUZA HF et al. Investigation of the Mechanisms Underlying the Gastroprotective Effect of Cymbopogon Citratus Essential Oil. Journal of Young Pharmacists. 4. 1; 28-32, 2012
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.

Tuasaude no Youtube

  • Como aliviar a dor com ANALGÉSICOS NATURAIS

    04:26 | 1143464 visualizações