Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Saiba como tratar a dengue para evitar complicações

O tratamento para a Dengue tem com objetivo aliviar os sintomas, como febre e dores no corpo, e normalmente é feito com o uso de Paracetamol ou Dipirona, por exemplo. Além disso, é importante manter-se hidratado e ficar em repouso para ajuda facilitar o combate ao vírus pelo organismo.

Alguns anti-inflamatórios, principalmente os que contêm ácido acetilsalicílico, como a Aspirina, por exemplo, não devem ser utilizados por pessoas com dengue, pois esse medicamento pode aumentar os riscos de hemorragia e sangramento, pois podem interferir na coagulação. Veja quais são os medicamentos que não sevem ser utilizados durante a dengue.

O Ministério da Saúde apenas recomenda o uso de paracetamol para o controle da febre e da dor na suspeita de dengue, nunca ultrapassando o limite de 3 g por dia. No entanto, o uso de qualquer medicamento só deve ser feita após indicação de um médico. Além disso, o tratamento é exatamente o mesmo indicado para a doença causada pelo Zika vírus e para a Febre Chikungunya. Veja como aliviar os sintomas da dengue de forma natural.

Saiba como tratar a dengue para evitar complicações

Como é feito o tratamento

O tratamento da dengue é feito consiste no alívio dos sintomas e, assim, melhora da qualidade de vida da pessoa. Normalmente é recomendado pelo médico o uso de Paracetamol ou Dipirona para alívio das dores musculares ou de cabeça. É importante também evitar o consumo de bebidas doces, como refrigerantes e isotônicos, pois são diuréticos e, assim, podem favorecer a desidratração. Por isso é importante beber bastante água e ter uma alimentação leve e que facilite a digestão. Saiba o que comer para se recuperar mais rapidamente da dengue.

Além dos tratamento disponíveis, existe também uma vacina que protege o corpo contra esta doença, a Dengvaxia, no entanto a sua aplicação só é recomendada em pessoas que já tiveram dengue ou vivem em áreas endêmicas. Saiba mais sobre a vacina contra a dengue.

O tratamento da dengue hemorrágica, que é a principal complicação da dengue, deve ser feito no hospital com uso de soro diretamente na veia e medicamentos para interromper a hemorragia e aumentar as plaquetas. Além disso, quando a pessoa perde muito sangue pode ser necessário o uso de máscaras de oxigênio ou a realização de transfusão de sangue para fortalecer o organismo e facilitar a eliminação do vírus.

No hospital, os exames de sangue para acompanhar a recuperação e o estado de saúde do paciente são repetidos inicialmente de 15 em 15 minutos e quando apresenta alguma melhora, a cada 2 horas. Normalmente, o paciente recebe alta cerca de 48 horas após o fim da febre e quando a concentração de plaquetas fica normalizada.

Sinais de melhora

Os sinais de melhora da dengue são diminuição da febre e alívio da dor no corpo e surgem, normalmente, até 8 dias após o início dos sintomas.

Sinais de piora

Os sinais de piora da dengue podem surgir em qualquer pessoa e incluem vômito, dor abdominal muito forte, palidez e pintinhas na pele. Assim que estes sintomas sejam observados o paciente deve ser levado para o hospital para ser internado.

Quando o tratamento da dengue deve ser feito no hospital

O tratamento deve ser hospitalar no caso de pacientes hipertensos, com insuficiência cardíaca ou que estejam com crise de asma ou diabetes descompensada, mesmo que não se trate de dengue hemorrágica.

Veja ainda os cuidados que se deve ter com a dengue na gravidez.

Tratamento natural para dengue

O tratamento natural pode ajudar a complementar o tratamento médico para dengue, Zika vírus e febre Chikungunya, podendo incluir o consumo de chá de camomila, erva-de-são-joão ou raiz forte, por exemplo, pois ajudam a diminuir os sintomas e melhorar e fortalecer a imunidade. Veja quais são os melhores remédios caseiros para dengue.

Complicações da dengue

A principal complicação da dengue é o desenvolvimento da dengue hemorrágica, que deve ser sempre tratada no hospital por ser uma situação grave. Convulsões podem acontecer nas crianças e também pode haver desidratação.

Em algumas pessoas a dengue pode danificar o fígado causando uma hepatite, que precisa ser investigada e tratada. Em casos raros, pode haver danos irreversíveis no fígado sendo necessário um transplante de fígado. Conheça todas as complicações e sequelas que a dengue pode causar. 

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...