Paxlovid: para que serve e como usar

novembro 2022
  1. Para que serve
  2. Como usar
  3. Efeitos colaterais
  4. Contra-indicações

O Paxlovid é um remédio antiviral indicado para o tratamento da COVID-19 em adultos infectados que não estão precisando receber oxigênio, mas que possuem um risco elevado de desenvolver infecção grave, como no caso de idosos ou pessoas que têm o sistema imunológico enfraquecido.

Esse remédio composto por comprimidos de ritonavir e nirmatrelvir, embalados juntos, que agem inibindo a replicação do coronavírus, combatendo a infecção, sendo que o tratamento deve ser iniciado o mais rápido possível entre o 1º e o 5º dia após o início dos sintomas, que é a fase em que a carga viral está mais alta.

O Paxlovid é aprovado pela ANVISA para uso do tratamento da COVID-19 e pode ser fornecido gratuitamente pelo SUS em hospitais, ou comprado em farmácias, mediante apresentação de receita médica.

Para que serve

O Paxlovid é indicado e aprovado pela ANVISA para o tratamento da COVID-19 em adultos com mais de 18 anos infectados pelo SARS-CoV-2 que não estão necessitando de tratamento com oxigênio, mas que possuem alto risco de desenvolver infecção grave, como nos casos de idosos com mais de 65 anos ou pessoas imunossuprimidas, ou seja, que têm o sistema imunológico enfraquecido.

Esse remédio possui comprimidos revestidos de ritonavir 100 mg e nirmatrelvir 150 mg, em caixas com 30 comprimidos, contendo 5 cartelas para uso diário, sendo que cada cartela contem 4 comprimidos revestidos de nirmatrelvir e 2 comprimidos revestidos de ritonavir.

Como usar

O Paxlovid deve ser tomado por via oral, com um copo de água, antes ou após uma refeição, sendo que o tratamento deve ser iniciado o mais rápido possível após o resultado positivo do teste de COVID-19, e entre o 1º e 5º dia do início dos sintomas da COVID-19. Os comprimidos não devem ser partidos ou mastigados.

A dose recomendada do Paxlovid para adultos com mais de 18 anos é:

Composição do comprimidoPosologia diária
Nirmatrelvir 150 mg (comprimidos rosas)2 comprimidos tomados de uma vez, a cada 12 horas, ou seja, 2 comprimidos de manhã e 2 comprimidos à noite, durante 5 dias.
Ritonavir 100 mg (comprimidos brancos)1 comprimido tomado a cada 12 horas, ou seja, 1 comprimido de manhã e 1 comprimido à noite, durante 5 dias.

Os comprimidos de nirmatrelvir e ritonavir devem ser tomados juntos ao mesmo tempo, de manhã e à noite, ou seja, serão tomados 3 comprimidos por dose.

Cada cartela de Paxlovid possui seções com cores diferentes para indicar os comprimidos que devem ser tomados de manhã (AM) e os comprimidos que devem ser tomados à noite (PM).

No caso de insuficiência renal moderada, o médico deve reduzir as doses do Paxlovid para 1 comprimido de nirmatrelvir 150 mg e 1 comprimido de ritonavir 100 mg, duas vezes por dia, por 5 dias. Veja outros remédios aprovados para a COVID-19.

É importante não parar o tratamento por conta própria, mesmo que os sintomas melhorem.

O que fazer se esquecer de tomar?

No caso de esquecimento de tomar uma dose do Paxlovid, deve-se tomá-la assim que lembrar, se o esquecimento for no período de até 8 horas.

Após 8 horas de esquecimento, deve-se pular a dose esquecida, e aguardar o próximo horário de tomar. Não dobrar a dose para compensar a dose esquecida.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem surgir durante o tratamento com o Paxlovid são diarreia, vômitos, alteração do paladar, dor de cabeça, pressão alta, dor muscular ou reações alérgicas.

Quem não deve usar

O Paxlovid não deve ser usado nas seguintes situações:

  • Menores de 18 anos;
  • Gravidez suspeita ou confirmada;
  • Mulheres planejam uma gravidez, sendo recomendado a utilização de métodos contraceptivos seguros e preservativo durante o tratamento com Paxlovid e até 7 dias após o tratamento;
  • Amamentação, sendo recomendado interromper a amamentação durante o tratamento com Paxlovid e até 7 dias após a última dose, uma vez que não se sabe os efeitos que podem ter no bebê;
  • Doença hepática grave;
  • Insuficiência renal grave;
  • Prevenção da COVID-19;
  • Necessidade de hospitalização devido a COVID-19 grave ou crítico;
  • Alergia aos componentes dos comprimidos.

Além disso, o Paxlovid pode interagir com outros remédios e causar efeitos colaterais graves, que podem colocar a vida em risco.

Por isso, deve-se informar ao médico e ao farmacêutico todos os medicamentos que são utilizados, até mesmo os que sejam na forma de pomadas ou cremes, além de suplementos, produtos naturais, fitoterápicos ou chás, para reduzir o risco de interação com o Paxlovid e efeitos colaterais graves.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em novembro de 2022.

Bibliografia

  • MAHASE, E. Covid-19: Pfizer's paxlovid is 89% effective in patients at risk of serious illness, company reports. BMJ. 375. n2713, 2021
  • ANVISA. Anvisa aprova uso emergencial do medicamento Paxlovid para Covid-19. 2022. Disponível em: <https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/noticias-anvisa/2022/anvisa-aprova-uso-emergencial-do-medicamento-paxlovid-para-covid-19>. Acesso em 23 nov 2022
Mostrar bibliografia completa
  • WYETH INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA. Paxlovid® (nirmatrelvir/ritonavir) - Bula para o profissional de saúde. 2022. Disponível em: <https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/medicamentos/bulas-e-rotulos/bulas-uso-emergencial/medicamentos/paxlovid-profissional-de-saude>. Acesso em 23 nov 2022
  • LIVERTOX: CLINICAL AND RESEARCH INFORMATION ON DRUG-INDUCED LIVER INJURY [INTERNET]. BETHESDA (MD): NATIONAL INSTITUTE OF DIABETES AND DIGESTIVE AND KIDNEY DISEASES. Paxlovid. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK577815/>. Acesso em 23 nov 2022
  • NAJJAR-DEBBINY, R.; et al. Effectiveness of Paxlovid in Reducing Severe COVID-19 and Mortality in High Risk Patients. Clin Infect Dis. ciac443, 2022
  • GERÊNCIA DE FARMACOVIGILANCIA ANVISA. Parecer Técnico - Plano de Gerenciamento de Riscos e Bula - Paxlovid® (nirmatrelvir/ritonavir) Wyeth Indústria Farmacêutica Ltda. 2022. Disponível em: <https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/noticias-anvisa/2022/anvisa-aprova-uso-emergencial-do-medicamento-paxlovid-para-covid-19/apresentacao-gfarm-paxlovid.pdf>. Acesso em 23 nov 2022
  • WYETH INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA. Paxlovid® (nirmatrelvir/ritonavir) - Bula para o paciente. 2022. Disponível em: <https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/medicamentos/bulas-e-rotulos/bulas-uso-emergencial/medicamentos/paxlovid-paciente>. Acesso em 23 nov 2022
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.