Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que pode ser o sono agitado do bebê e o que fazer

Alguns bebês podem ter um sono mais agitado, o que pode acontecer devido ao aumento de estímulos durante a noite, ficando mais despertos, ou acontecer como consequência de situações de saúde, como cólicas e refluxo, por exemplo.

A rotina de sono do bebê recém-nascido, durante o primeiro mês de vida, está relacionada com a alimentação e as trocas de fralda. Durante essa fase o sono costuma ser calmo e pode durar entre 16 a 17 horas por dia. No entanto, por mais que o bebê esteja dormindo por muitas horas, é importante que seja acordado para que seja alimentado e a fralda seja trocada.

A partir de 1 mês e meio de idade, o bebê já começa a relacionar os ciclos de luz e escuridão, dorme um pouco mais à noite e aos 3 meses, geralmente, dorme mais de 5 horas seguidas.

O que pode ser o sono agitado do bebê e o que fazer

O que pode ser

Quando o bebê possui dificuldade para dormir, choro fácil e constante e noite de sono muito agitada, pode ser indicativo de algumas alterações que devem ser investigadas pelo pediatra e tratadas da melhor forma. Algumas das principais situações que levam ao sono mais agitado do bebê são:

  • Muitos estímulos durante a noite e poucos durante o dia;
  • Cólicas;
  • Refluxo;
  • Alterações respiratórias;
  • Parassonia, que é um distúrbio do sono;

As horas de sono do bebê recém-nascido, no primeiro mês de vida, ocupam a maior parte do dia, pois o bebê dorme cerca de 16 a 17 horas por dia, no entanto, o bebê pode ficar acordado por até 1 ou 2 horas seguidas, podendo isso acontecer durante a noite.

O tempo de sono do bebê recém-nascido, normalmente, varia de acordo com a alimentação. O bebê que mama no peito, geralmente, acorda a cada 2 a 3 horas para mamar, enquanto que o bebê que é alimentado pela mamadeira costuma despertar de 4 em 4 horas.

É normal o recém-nascido parar de respirar dormindo?

Os bebês com menos de 1 mês de vida, especialmente os que nascem prematuros podem sofrer com a síndrome da apneia do sono. Nesse caso o bebê para de respirar durante alguns segundos mas depois volta a respirar normalmente logo a seguir. Essa parada da respiração nem sempre tem uma causa específica e o mais comum é estar relacionada a diversos fatores como problemas cardíacos ou refluxo, por exemplo.

Por isso, não é esperado que nenhum bebê fique sem respirar durante o sono e se isso acontecer, deve ser investigado. O bebê pode até mesmo ter que ficar internado no hospital para a realização de exames. No entanto, em metade das vezes não é encontrada nenhuma causa. Saiba mais sobre como identificar e tratar a apneia do sono em bebê.

O que fazer

Para que o sono do bebê seja menos agitado, é importante que sejam adotadas algumas estratégias durante o dia e a noite para favorecer o descanso do bebê. Dessa forma é recomendado:

  • Manter a casa iluminada ao longo do dia, reduzindo a intensidade da luz à noite;
  • Brincar com o bebê o máximo possível durante o dia;
  • Acordar o bebê durante as mamadas, conversando e cantando para ele;
  • Não evitar fazer barulhos, como o telefone, conversas ou aspirar a casa, mesmo que o bebê esteja dormindo durante o dia. No entanto, os barulhos devem ser evitados à noite;
  • Evitar brincar com o bebê à noite;
  • Manter o ambiente escuro ao fim do dia, acendendo apenas uma luz de presença quando for alimentar o bebê ou mudar a fralda.

​​Estas estratégias ensinam o bebê a distinguir o dia da noite, controlando o seu sono. Além disso, no caso do sono agitado ser devido ao refluxo, cólicas ou outra situação de saúde, é importante seguir a orientação do pediatra, sendo importante colocar o bebê para arrotar depois de mamar, dobrar os joelhos do bebê e levá-los à barriga fazendo pressão ou aumentar a cabeceira do berço, por exemplo. Confira mais dicas sobre como ajudar o bebê a dormir.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem