Desenvolvimento do bebê com 1 mês: peso, sono e alimentação

O bebê com 1 mês é um pouco mais ativo que o recém nascido e já consegue levantar a cabeça por pouco tempo quando é colocado de bruços. Durante esta fase, o bebê também já consegue acompanhar movimentos perto de si e fixar para um ponto luminoso.

Nesta idade, o bebê costuma ter bastante sono, dormindo em torno de 16 horas por dia e geralmente acordam em torno de 2 a 3 vezes para mamar o quando fazem xixi ou coco.

A alimentação do bebê com 1 mês deve ser exclusivamente com leite materno e sob livre demanda, que é quando o bebê quiser mamar. Já em situações onde a mãe não consegue amamentar, a Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda o uso de fórmula infantil, de acordo com as recomendações do pediatra.

É importante lembrar que cada bebê é único e tem seu próprio ritmo de crescimento, sono, e brincadeiras. Por isso, em casos de dúvidas sobre o desenvolvimento do bebê, é recomendado realizar uma consulta com o pediatra.

Desenvolvimento do bebê com 1 mês: peso, sono e alimentação

Peso do bebê

A seguinte tabela indica o intervalo de peso ideal do bebê para esta idade, assim como outros parâmetro como estatura e perímetro cefálico, de acordo com a Organização Mundial de Saúde:

 

Meninos

Meninas

Peso

3,8 a 5,0 kg

3,2 a 4,8 kg

Estatura

50,9 a 58,5 cm

49,9 a 57,5 cm

Perímetro cefálico

36 a 38,5 cm

35,4 a 37,5 cm

Ganho de peso mensal

700 g

700 g

Se o bebê apresentar valores acima ou abaixo dos indicados, é recomendado consultar o pediatra para avaliar o desenvolvimento da criança.

Sono do bebê

O sono do bebê com 1 mês dura em torno de 16 horas por dia e podem acordar de 2 a 3 vezes por algum desconforto, como fome ou quando fazem xixi ou coco.

Alguns bebês costumam “trocar o dia pela noite”, o que é comum nesta idade pois ainda não têm horários. Algumas sugestões para ajudar a regular o sono do bebê nesta fase, são:

  • Se o bebê acordar muito cedo, tentar manter ele no berço para que durma um pouco mais;
  • Manter o quarto um pouco mais escuro, para não despertar o bebê;
  • Diminuir os barulhos em casa;
  • Deixar o bebê dormir no próprio berço;
  • Dar a última refeição na hora de dormir.

Além disso, é importante também manter a mesma rotina antes de dormir para o bebê se acostumar ao horário do sono, que deve durar em torno de 10 horas seguidas por noite.

Alimentação do bebê

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, a alimentação do bebê com 1 mês deve ser feita exclusivamente com leite materno, que deve ser oferecido sob livre demanda, que é quando o bebê quiser mamar.

A amamentação exclusiva com o leite materno é recomendada até os 6 meses, pois o leite materno contém todos os nutrientes e a água que o bebê necessita. Além disso, a Organização Mundial da Saúde recomenda oferecer o leite materno até os 2 anos da criança ou mais, quando possível.

No entanto, caso a mãe não possa amamentar o bebê, a Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda o uso de fórmula infantil, que deve seguir as indicações do pediatra quanto a quantidade e o tipo de fórmula. Conheça os diferentes tipos de fórmula infantil.

Vale lembrar que os bebês que se alimentam com fórmula infantil precisam beber 700 ml de água por dia, distribuídos entre a água usada no preparo da fórmula infantil e a água pura, filtrada ou fervida, ao longo do dia, para evitar prisão de ventre e sobrecarga dos rins.

Desenvolvimento do bebê

O bebê com 1 mês enxerga até 30cm de distância, acompanhando objetos e pessoas que se movimentam ao seu redor e fixando o olhar em objetos brilhantes e chamativos. Para dizer que quer alguma coisa ou que algo está incomodando, o bebê costuma se expressar através do choro.

Além disso, o bebê percebe e se movimenta para acompanhar a origem dos diferentes tipos de sons e, normalmente, prefere os sons mais agudos.

O bebê nesta idade já tem o reflexo palmar, que é quando ele consegue segurar com mais firmeza o que for colocado em sua mão.

Com 1 mês, o bebê levanta a cabeça por alguns instantes, quando deitado de barriga para baixo, mesmo que ele ainda não consiga sustentá-la. Nesta fase, o  bebê também  começa a emitir alguns sons, com balbucios e gritinhos.

Veja, no vídeo a seguir, como estimular o desenvolvimento do bebê:

Brincadeiras para o bebê

As brincadeiras para o bebê de 1 mês são simples e importantes para melhorar o vínculo afetivo com os pais ou responsáveis e estimular o desenvolvimento cognitivo da criança.

Para estimular o bebê, os pais ou responsáveis podem segurar a mão e ir abrindo os dedos dele com cuidado ou passar a mão na mão do bebê, deixando ele segurar em um dos dedos, procurando sempre olhar para o bebê, conversando ou cantando durante a brincadeira. É importante lavar as mãos antes de iniciar essa brincadeira, pois o bebê pode querer levar os dedos da pessoa à boca.

Outra brincadeira interessante é colocar um sininho, ou pulseira que faça algum barulho amarrado ao pulso, e passar as mãos com calma perto do rosto do bebê para que ele tente acompanhar a imagem e os sons. Esta brincadeira geralmente estimula o bebê a pegar nas mãos da pessoa que está brincando.

O bebê com 1 mês pode passear em locais abertos como parques ou praças, porém é recomendado que os passeios sejam feitos antes das 10:00 ou após as 16:00. No entanto, não é recomendado expor o bebê com 1 mês de vida diretamente ao sol da mesma forma que não se deve passar protetor ou bloqueador solar nesta fase, sendo indicado o uso de sombrinhas, bonés e roupas para proteção.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • WORLD HEALTH ORGANIZATION. Patrones de crecimiento infantil: Longitud/estatura para la edad. Disponível em: <https://www.who.int/childgrowth/standards/height_for_age/es/>. Acesso em 30 Nov 2020
  • WORLD HEALTH ORGANIZATION. Patrones de crecimiento infantil: Perímetro cefálico para la edad. Disponível em: <https://www.who.int/childgrowth/standards/hc_para_edad/es/>. Acesso em 30 Nov 2020
  • WORLD HEALTH ORGANIZATION. Patrones de crecimiento infantil: Peso para la edad. Disponível em: <https://www.who.int/childgrowth/standards/peso_para_edad/es/>. Acesso em 30 Nov 2020
  • UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Atenção primária e puericultura: crescimento e desenvolvimento. 2017. Disponível em: <https://professor.ufrgs.br/danilo-blank/files/casanova_crescimento_e_desenvolvimento_2018.pdf>. Acesso em 08 Out 2021
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. Gráficos de Crescimento. Disponível em: <https://www.sbp.com.br/departamentos-cientificos/endocrinologia/graficos-de-crescimento/>. Acesso em 08 Out 2021
  • MINISTÉRIO DA CIDADANIA. Jogos e brincadeiras das culturas populares na Primeira Infância. 2019. Disponível em: <http://www.mds.gov.br/webarquivos/arquivo/crianca_feliz/CartilhaCriancaFeliz_web.pdf>. Acesso em 08 Out 2021
  • FUNDAÇÃO MARIA CECÍLIA SOUTO VIDIGAL. Fundamentos do desenvolvimento infantil: da gestação aos 3 anos. 2011. Disponível em: <http://agendaprimeirainfancia.org.br/arquivos/Fundamentos_do_desenvolvimento%20infantil.pdf>. Acesso em 08 Out 2021
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. Guia de fotoproteção da criança e adolescente. 2017. Disponível em: <https://app.isend.com.br/iSend/external/magazine?encrypt=856C7AD3F35DE85DA917FC6D79749975342476CDB528F629880FDD92D0E28577>. Acesso em 11 Out 2021
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. Fotoproteção na criança. Disponível em: <https://www.sbp.com.br/especiais/pediatria-para-familias/cuidados-com-a-saude/fotoprotecao-na-crianca/>. Acesso em 11 Out 2021
Mais sobre este assunto: