Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é Leucemia, tipos, causas, diagnóstico, tratamento e cura

A leucemia é um tipo de câncer que afeta as células brancas do sangue, também conhecidas como leucócitos, que são as células de defesa do organismo. Essa doença começa na medula óssea, que a parte mais interna dos ossos, popularmente conhecida como 'tutano do osso' e se espalha pelo corpo através do sangue, impedindo ou atrapalhando a produção de glóbulos vermelhos, plaquetas e glóbulos brancos, e por causa disso surge a anemia, infecções e hemorragias. 

A leucemia é uma doença grave que precisa de tratamento, que pode ser feito com quimioterapia, radioterapia ou transplante de medula óssea, por exemplo. A escolha do tratamento varia de acordo com o tipo de leucemia que a pessoa possui e a sua gravidade, o que também determina se a pessoa pode ficar completamente curada ou não. 

O que é Leucemia, tipos, causas, diagnóstico, tratamento e cura

Tipos de Leucemia 

Existem 2 principais tipos de leucemia, Linfoide e Mieloide, que podem ser classificados como sendo Aguda ou Crônica, mas ainda existem outros 4 subtipos, conforme indicamos a seguir:

  • Leucemia Mieloide AgudaDesenvolve-se rapidamente e pode afetar igualmente adultos ou crianças. O tratamento pode ser feito através de quimioterapia e/ou transplante de medula óssea e tem 80% de chance de cura.
  • Leucemia Mieloide Crônica: Desenvolve-se lentamente sendo mais frequente nos adultos. O tratamento pode ser feito com o uso de medicamentos específicos por toda vida.
  • Leucemia Linfoide Aguda: Avança rapidamente e pode ocorrer em crianças ou adultos. O tratamento pode ser feito com radioterapia e quimioterapia, mas o transplante de medula óssea também é uma opção quando os tratamentos anteriores não conseguem curar a doença.
  • Leucemia Linfoide Crônica: Desenvolve-se lentamente e afeta mais frequentemente os idosos. Nem sempre o tratamento é necessário.
  • Leucemia linfocítica granular T ou NK: Este tipo de leucemia é de crescimento lento, mas um pequeno número pode ser mais agressivo e difícil de tratar.
  • Leucemia Agressiva de células NK: Pode ser causada pelo vírus Esptein-Barr, afeta adolescentes e jovens adultos, sendo agressiva. O tratamento é feito com quimioterapia. 
  • Leucemia de células T do adulto: É causada pelo vírus (HTLV-1), um retrovírus semelhante ao HIV, sendo muito grave. O tratamento é pouco eficaz mas é feito com quimioterapia e transplante de medula óssea. 
  • Leucemia de células pilosas: É um tipo de leucemia linfocítica crônica, que afeta as células que parecem ter pelos, afeta mais os homens, não sendo encontrada em crianças. 

O tipo de leucemia que a pessoa possui é determinado através de exames específicos, sendo fundamental para saber qual o tratamento mais indicado. 

Sintomas da leucemia

O que é Leucemia, tipos, causas, diagnóstico, tratamento e cura

Os primeiros sintomas da leucemia são a febre alta seguida de calafrios, suor noturno e emagrecimento sem causa aparente, depois podem surgir outros sintomas como:

  • Ínguas inflamadas no pescoço, axilas e logo atrás do osso do cotovelo, tecnicamente chamado fossa do cotovelo, que é uma das características da doença;
  • Aumento do baço que causa dor na região superior esquerda do abdômen;
  • Anemia que gera sintomas como cansaço, palidez e sonolência;
  • Baixa concentração de plaquetas no sangue;
  • Infecções, como candidíase oral, e no estomago (sapinho) ou pneumonia atípica;
  • Dor nos ossos e articulações;
  • Suor noturno;
  • Manchas roxas na pele;
  • Dor nos ossos e nas articulações;
  • Sangramento fácil do nariz, gengiva ou menstruação abundante sem causa aparente.
  • Dor de cabeça, náusea, vômito, visão dupla e desorientação ocorrem quando o sistema nervoso central é afetado. 

Estes sintomas são mais comuns na leucemia aguda, pois como a leucemia crônica evolui lentamente, ela pode ser assintomática sendo descoberta num exame de rotina como um hemograma completo, por exemplo.

Diagnóstico da leucemia 

O diagnóstico é feito pelo médico hematologista ou oncologista após observar alguns sinais e sintomas e com o resultados de exames como hemograma, mielograma, tomografia computadorizada, ressonância magnética e mais especificamente, a biópsia da medula óssea. Em alguns casos pode ser preciso fazer o exame do líquor, chamado punção lombar, para avaliar o líquido que reveste o sistema nervoso central. 

Tratamentos para leucemia 

O que é Leucemia, tipos, causas, diagnóstico, tratamento e cura

A leucemia pode ser tratada com as seguintes opções: quimioterapia, imunoterapia, radioterapia, transplante de medula óssea ou a associação de diferentes tratamentos, dependendo do tipo de leucemia que a pessoa possui, e da fase em que a doença se encontra. 

No caso da leucemia aguda o tratamento deve ser iniciado o quanto antes para combater os sintomas e evitar que a doença se agrave. Muitos casos podem ser completamente curados, com os tratamentos indicados pelo médico. No caso da leucemia crônica, a doença pode não apresentar sintomas, mas dificilmente pode ser curada, embora a pessoa possa fazer um tratamento de 'manutenção' para evitar a manifestação de sintomas ao longo da vida e para manter esse tipo de câncer controlado. 

Quimioterapia 

A quimioterapia consiste na aplicação de medicamentos específicos contra o câncer, que podem ser injetados diretamente na veia durante o internamento hospitalar. Esse tratamento normalmente é feito em ciclos, porque são realizados 1 vez por semana, com apenas 1 medicamento, ou uma combinação de 2 ou 3.  Em alguns casos as sessões podem ser realizadas com intervalo de semanas ou meses. 

Imunoterapia 

A imunoterapia é um tratamento semelhante à quimioterapia, porque consiste na aplicação de medicamentos diretamente na veia, mas estes medicamentos atuam de forma diferente, e são anticorpor monoclonais, que são substâncias que se ligam às células
cancerígenas, permitindo que o sistema de defesa do corpo elimine as células tumorais, no sangue e na medula óssea. 

Radioterapia 

Consiste na aplicação de radiação voltada para o baço, cérebro ou outras partes do corpo, em alguns casos ela pode ser direcionada para todo o corpo, como acontece antes de um transplante de medula óssea, por exemplo. 

Transplante de medula óssea 

O transplante de medula óssea consiste em retirar uma parte da medula óssea do quadril de uma pessoa saudável e compatível com a pessoa doente, e estas são congeladas até que possam ser usadas no momento ideal. O momento ideal para colocar a medula ósseoa doada é decidido pelo médico, e pode acontecer depois de terminar os tratamentos quimio e radioterápicos. O objetivo é ocupar o lugar das células malignas e voltar a produzir células sanguíneas saudáveis. 

O que é Leucemia, tipos, causas, diagnóstico, tratamento e cura

A leucemia tem cura?

Em alguns casos a leucemia tem cura, especialmente quando ela é precocemente diagnosticada e o tratamento é instituído rapidamente, entretanto existem casos onde o organismo do indivíduo já se encontra tão debilitado que a cura da doença dificilmente é alcançada. O transplante de medula óssea pode representar a cura da leucemia para alguns, mas ela possui complicações e por isso nem sempre é uma opção indicada pelos médicos para todas as pessoas afetadas. 

Atualmente alguns pacientes com leucemia aguda conseguem a remissão completa da doença e duram muitos anos, e muitas crianças com leucemia linfocítica aguda podem ser curadas. O ideal é conversar com o médico que está acompanhando o caso para saber quais serão os próximos passos do tratamento e o que se pode esperar. 

O que causa leucemia 

As causas da leucemia não são totalmente conhecidas mas o que se sabe é que algumas pré-disposições genéticas favorecem o desenvolvimento desta doença. A leucemia não é hereditária e não passa de pai para filho, nem é contagiosa e por isso não passa para outras pessoas. Alguns fatores que podem fazer com que a leucemia aconteça incluem efeitos da irradiação, exposição a drogas, incluindo o cigarro, fatores imunológicos e certos tipos de vírus. 

Mais sobre este assunto:


Carregando
...