Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é a Vesícula Biliar e qual a sua Função

A vesícula biliar é um órgão em formato de pera, que tem como função concentrar, armazenar e excretar a bile, que é constituída por colesterol, sal biliar, pigmentos biliares, imunoglobulinas e água. A bile permanece armazenada na vesícula biliar até ser necessária no duodeno, onde vai atuar, para digerir as gorduras da dieta.

Durante períodos de jejum, o ducto biliar comum encontra-se fechado por um esfíncter responsável pelo controle do ducto. O período em que o esfíncter permanece fechado corresponde à fase de armazenamento e concentração da bile.

Em alguns casos, podem surgir problemas na bile devido à qualidade da dieta, uso de medicamentos, obesidade ou outros problemas de saúde, devendo-se consultar o médico mal surjam os primeiros sintomas.

O que é a Vesícula Biliar e qual a sua Função

Problemas na vesícula

Alguns dos problemas de vesícula que podem ocorrer são:

1. Pedra na vesícula

A concentração dos componentes da bile deve estar sempre equilibrada, porque caso contrário, o colesterol pode precipitar e formar cálculos no interior da vesícula, podendo provocar obstruções e problemas digestivos. Além disso, os cálculos também podem formar-se caso a bílis permaneça retida na vesícula durante um longo período de tempo.

A formação de perda na vesícula ocorre com mais frequência em diabéticos, pessoas de etnia negra, pessoas sedentárias, uso de alguns medicamentos, como anticoncepcionais, pessoas obesas ou mulheres que já estiveram grávidas. Saiba se pode ter pedra na vesícula fazendo o teste online.

O que fazer:

O tratamento para pedra na vesícula pode ser feito com uma dieta adequada, remédios, ondas de choque ou cirurgia, que vai depender dos sintomas, do tamanho das pedras e de outros fatores como a idade e peso da pessoa e outras doenças que possam estar associadas. Saiba mais sobre o tratamento.

2. Vesícula preguiçosa

A vesícula preguiçosa é conhecida popularmente por uma alteração no funcionamento da vesícula, que deixa de liberar bile em quantidade suficiente para digerir as gorduras dos alimentos, causando sintomas como má digestão, inchaço, excesso de gazes, azia e mal estar. 

O mau funcionamento da vesícula pode ser causado pelo depósito de cristais na bile, problemas hormonais, e também pela contração da vesícula biliar ou do esfíncter de Oddi, que controla a saída de bile para o intestino.

O que fazer:

O tratamento para vesícula preguiçosa pode variar de acordo com os sintomas e a causa que está na sua origem, mas geralmente é iniciado com cuidados na alimentação para reduzir a quantidade de gordura. Saiba em que consiste o tratamento para a vesícula preguiçosa.

3. Pólipos na vesícula

O pólipo na vesícula caracteriza-se por um crescimento anormal de tecido da parte interna da parede da vesícula biliar, sendo na maior parte dos casos assintomático e benigno e descoberto durante exames de ultrassonografia abdominal ou durante o tratamento de outro problema na vesícula.

No entanto, em alguns casos podem surgir sintomas como náuseas, vômitos, dor abdominal a direita ou pele amarelada.

O que fazer:

O taramento depende da dimensão dos pólipos, pendendo ser necessário realizar uma cirurgia. Saiba como é feito o tratamento.

4. Colecistite

A colicistite é uma inflamação da vesícula biliar, provocando sintomas como dor abdominal em cólica, náuseas, vômitos, febre e sensibilidade à palpação do abdome, e pode acontecer de forma aguda, com sintomas intensos e de rápida piora, ou de forma crônica, quando os sintomas são mais amenos e se arrastam por semanas a meses. 

As causas mais comuns de colecistite são a presença de cálculos biliares ou de um tumor na vesícula biliar.

O que fazer:

O tratamento da colecistite pode ser realizado com o uso de antibióticos e analgésicos e em alguns casos, cirurgia Saiba mais sobre o tratamento.

5. Refluxo biliar

O refluxo biliar, também conhecido por refluxo duodenogástrico, consiste na volta da bile para o estômago ou esófago e pode ocorrer no período após as refeições ou no jejum prolongado, causando elevação do pH e alterações nas camadas protetoras de muco no estômago, o que favorece a proliferação de bactérias, causando sintomas como dor abdominal superior, náusea e vômitos.

O que fazer:

O tratamento consiste na ingestão de medicamentos e em casos mais graves, pode ser necessário realizar uma cirurgia. Veja mais sobre o tratamento.

6. Câncer

O câncer da vesícula biliar é um problema raro e grave que geralmente não provoca sintomas, sendo, na maior parte dos casos, descoberto numa fase avançada, podendo já ter afetado outros órgãos. Saiba mais sobre o câncer da vesícula e como é feito o tratamento.

Assista o vídeo seguinte e saiba o que comer para evitar ter problemas na vesícula:

Alimentação para PEDRA na VESÍCULA

817 mil visualizações

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem