Ferida dentro do nariz: 12 causas e o que fazer

setembro 2022

As feridas no nariz podem aparecer devido a diversas situações como alergias, rinite ou uso frequente e prolongado de soluções nasais, por exemplo, sendo essas feridas percebidas por meio do sangramento nasal, uma vez que esses fatores levam ao ressecamento na mucosa. As feridas que surgem como consequência dessas situações não são graves e são fáceis de tratar.

Por outro lado, quando além da ferida a pessoa sente dor e nota sangramentos excessivos e frequentes, pode ser sinal de situações mais graves, como infecções ou câncer, por exemplo.

Assim, na presença de feridas no nariz que não melhoram ao logo do tempo ou que surgem com frequência, é importante que o clínico geral, otorrinolaringologista ou dermatologista seja consultado para que seja feita uma avaliação e iniciado o tratamento mais adequado de acordo com a causa da ferida.

1. Ambiente seco

Alterações no clima, principalmente na altura do inverno, em que o ar é mais seco, podem também levar à formação de feridas no interior do nariz, além de também a pessoa poder sentir a pele do rosto e os lábios mais secos.

O que fazer: nesse caso, é importante manter o ambiente sempre húmido, o que pode ser feito usando um umidificador de ambiente. Além disso, é importante beber bastante líquidos durante o dia e manter a pele hidratada.

2. Uso prolongado de soluções nasais

O uso prolongado de soluções nasais descongestionantes pode causar secura excessiva das vias nasais, facilitando a formação de feridas. Além disso, pode causar efeito rebote, o que significa que o organismo pode produzir ainda mais secreções, podendo aumentar a inflamação das vias nasais.

O que fazer: o ideal nestas situações é evitar o uso de descongestionantes químicos por mais de 5 dias e substituí-las por soluções salinas naturais hipertônicas, que são soluções que contêm água do mar com um alto teor em sal, com propriedades descongestionantes como por exemplo a Vapomar da Vicks, Sorine H, Rinosoro a 3% ou Neosoro H.

3. Sinusite

A sinusite é uma inflamação dos seios nasais que gera sintomas como dor de cabeça, corrimento nasal e sensação de peso no rosto. O corrimento nasal excessivo provocado por esta doença pode causar irritação das vias nasais e formação de feridas no seu interior. Saiba outros sintomas provocados pela sinusite e quais as causas.

O que fazer: é importante que o médico seja consultado para que seja orientado o melhor tipo de tratamento, podendo ser recomendado o uso de medicamentos antibióticos, expectorantes e/ ou anti-inflamatórios. Em alguns casos, como na sinusite crônica, o médico pode também indicar o uso de descongestionantes.

4. Alergias

As alergias são uma das causas mais comuns de inflamação das vias nasais, o que pode acontecer devido ao contato com o pelo de animais, poeira ou pólen, por exemplo, tornando a mucosa mais frágil e susceptível à formação de feridas. Além disso, assoar o nariz o tempo todo pode também irritar a pele do nariz, tanto interna como externamente, levando ao ressecamento e à formação de feridas.

O que fazer: é fundamental identificar o agente causador da alergia para que seja evitado. Além disso, pode-se fazer uso de medicamentos anti-histamínicos para a aliviar os sintomas, de acordo com a orientação do médico. É também importante beber bastante água e fazer inalação de vapor ou ter um umidificador de ambiente, pois assim é possível manter o nariz hidratado, evitando a formação de novas feridas.

5. Agentes irritantes

Algumas substâncias como produtos de limpeza muito abrasivos, químicos industriais e fumaça de cigarro podem também irritar o nariz e provocar feridas. Além disso, na maioria dos casos, o contato com este tipo de agente também causa sintomas a nível respiratório, como tosse e dificuldade para respirar.

O que fazer: nesse caso, é indicado evitar o contato com as substâncias irritantes e manter o nariz sempre hidratado. Caso exista dificuldade para respirar, é importante ir à uma urgência para que seja iniciado o tratamento mais adequado.

6. Espinhas

As feridas no nariz também podem ser causadas devido ao aparecimento de espinhas, que podem ser formadas como consequência da inflamação e infecção dos folículos pilosos, podendo provocar dor e liberar pus.

O que fazer: é recomendado não estourar as espinhas para evitar que infeccionem e que forme feridas. Para tratar as espinhas, é indicado limpar bem a pele e mantê-la hidratada e fazer uso de produtos que possam ter sido recomendados pelo dermatologista, como cremes ou gel secativo, por exemplo. Confira como é feito o tratamento para espinha.

7. Lesões

Lesões como esfregar, arranhar ou bater com o nariz podem danificar a pele delicada do seu interior, podendo causar sangramento e levar à formação de feridas. Além disso, outras lesões mais comuns, especialmente em crianças, como colocar algum pequeno objeto no nariz também podem resultar em sangramento.

O que fazer: é importante cuidar bem das lesões para evitar que infeccionem, sendo recomendado para isso que o local da ferida seja limpo com água e sabão regularmente e que não se mexa nas feridas para favorecer a sua cicatrização.

8. Uso de drogas

A inalação de drogas como poppers ou cocaína, por exemplo, pode causar sangramento e lesões graves na região interna do nariz, isso porque há ressecamento da mucosa, favorecendo o aparecimento de feridas que são de difícil cicatrização.

O que fazer: nesse caso, é recomendado evitar o uso de drogas e manter a via nasal hidratada, seja através do consumo de água ou usando um umidificador de ambiente.

9. Infecção pelo HIV

As infecções pelo vírus HIV podem causar sinusite e rinite, que são doenças que provocam inflamação das vias nasais. Além disso, o HIV por si só pode causar lesões nasais doloridas, que podem sangrar e que demoram muito tempo a cicatrizar. Alguns exemplos das lesões mais comuns em caso de HIV são o abcesso do septo nasal, úlceras herpéticas e o sarcoma de Kaposi, por exemplo. Saiba quais os primeiros sintomas provocados pelo HIV.

O que fazer: é importante que o tratamento para a infecção pelo HIV seja feito conforme a orientação médica, pois assim é possível manter o vírus menos ativo no corpo, inibir a multiplicação do vírus e controlar os sintomas. Assim, é recomendado fazer uso do coquetel de antivirais indicado pelo médico. Confira como é feito o tratamento para HIV.

10. Herpes

O vírus Herpes simplex normalmente causa o aparecimento de feridas nos lábios, mas também pode causar lesões na região interna e externa do nariz. As feridas causadas por este vírus têm uma aparência de pequenas bolinhas doloridas que contêm no seu interior um líquido transparente. Quando estouram, as feridas podem liberar o líquido e espalhar o vírus para outros locais, resultando no aparecimento de lesões em outras partes do corpo e aumentando o risco de transmissão.

O que fazer: é recomendado não estourar as bolhas e nem tocar nas feridas, além de ser fundamental consultar o clínico geral, infectologista ou dermatologista para realizar o tratamento, que pode ser feito com o uso de antivirais em forma de comprimido ou pomada. Veja mais detalhes do tratamento para o herpes.

11. Impetigo não bolhoso

O impetigo não bolhoso é uma infecção da pele causada por bactérias, como Streptococcus pyogenes ou Staphylococcus aureus, que levam ao aparecimento de pequenas lesões na pele que contém pus e uma crosta de cor amarelada ou dourada, podendo surgir no nariz e em volta dos lábios. O impetigo não bolhoso é mais comum em crianças e pessoas com o sistema imunológico mais comprometido. Conheça mais sobre o impetigo.

O que fazer: na presença de sinais e sintomas indicativos de impetigo não bolhoso, é importante que o dermatologista ou o pediatra seja consultado para que seja feita uma avaliação e iniciado o tratamento mais adequado, que normalmente é feito com o uso de antibióticos em forma de pomada.

12. Câncer

Feridas que apareçam na cavidade nasal, que sejam persistentes, que não saram ou que não respondam a nenhum tratamento, podem indicar câncer, principalmente se se manifestarem outros sintomas como sangramento e corrimento nasal, formigamento facial e dor ou pressão nos ouvidos.

O que fazer: é importante que o clínico geral seja consultado para que os sintomas sejam avaliados e sejam realizados exames que ajudem a confirmar o diagnóstico. Caso seja confirmado o diagnóstico de câncer, pode ser indicado o tratamento mais adequado de acordo com as características do câncer, localização e idade da pessoa, podendo ser recomendado o uso de medicamentos e/ ou a realização de quimio ou radioterapia e cirurgia.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em setembro de 2022. Revisão médica por Dr. Gonzalo Ramirez - Clínico Geral e Psicólogo, em setembro de 2022.

Bibliografia

  • MEDSCAPE. Impetigo. Disponível em: <https://emedicine.medscape.com/article/965254-overview?src=refgatesrc1>. Acesso em 15 set 2022
  • BASCONES-MARTÍNEZ, A. , POUSA-CASTRO X.. Herpesvirus. AVANCES EN ODONTOESTOMATOLOGÍA. Vol.27. 1.ed; 11-24, 2011
Mostrar bibliografia completa
  • HERNÁNDEZ, Scarlette et al. Cáncer de Senos Paranasales y sus Manifestaciones Orales: Reporte de Dos Casos Clínicos. Int. J. Odontostomat.. Vol.7. 1.ed; 53-57, 2013
  • RAMPI, Andrea et al. Cocaine-Induced Midline Destructive Lesions: A Real Challenge in Oral Rehabilitation. International Journal of Environmental Research and Public Health. Vol.18. 1-10, 2021
Revisão médica:
Dr. Gonzalo Ramirez
Clínico Geral e Psicólogo
Clínico geral pela UPAEP com cédula profissional nº 12420918 e licenciado em Psicologia Clínica pela UDLAP nº 10101998.

Tuasaude no Youtube

  • NARIZ SANGRANDO: o que fazer

    04:13 | 87358 visualizações