Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Faringite em bebê: principais sintomas e tratamento

A faringite em bebê é a inflamação da faringe ou garganta, como é popularmente chamada, podendo ocorrer em qualquer idade, sendo mais frequente de acontecer em crianças mais novas pelo fato do sistema imunológico ainda estar em desenvolvimento e pelo hábito de colocar frequentemente as mãos ou objetos na boca.

A faringite pode ser viral, quando causada por vírus ou bacteriana, quando causada por bactérias. A faringite mais comum e grave é a faringite ou angina estreptocócica, que é um tipo de faringite bacteriana causada por bactérias do tipo Estreptococos.

Faringite em bebê: principais sintomas e tratamento

Principais sintomas

Os principais sintomas de faringite no bebê são:

  • Febre de intensidade variável;
  • O bebê recusa-se a comer ou a beber:
  • O bebê chora quando come ou engole;
  • Moleza;
  • Tosse;
  • Secreção nasal;
  • Garganta vermelha ou com pus;
  • O bebê queixa-se frequentemente de dores na garganta;
  • Dor de cabeça.

É importante que os sintomas da faringite no bebê sejam logo identificados e tratados de acordo com a orientação do pediatra, pois a faringite pode favorecer a ocorrência de outras infecções e inflamações, como por exemplo sinusite e otite. Saiba como reconhecer a otite em bebê.

Causas de faringite em bebê

A faringite no bebê pode ser causada tanto por vírus quanto por bactérias, sendo mais frequente a ocorrência de faringite devido à infecção por bactérias do tipo estreptococos.

Normalmente a faringite no bebê desenvolve-se como consequência de gripe, resfriado ou obstrução da garganta devido a secreções, por exemplo.

Como é feito o tratamento

O tratamento para faringite em bebê pode ser feito em casa e inclui:

  • Dar alimentos moles que sejam fáceis de engolir ao bebê;
  • Dar muita água ao bebê e outros líquidos como suco de laranja, por exemplo, à criança;
  • Dar mel pasteurizado à criança com mais de 1 ano de idade para hidratar a garganta e aliviar a tosse;
  • Gargarejos com água morna salgada para crianças com idade superior a 5 anos;
  • Na presença de secreções, lavar o nariz da criança com soro fisiológico.

Além destas medidas, o pediatra poderá indicar o uso de medicamentos no tratamento para faringite. Em caso de faringite viral, medicamentos como Paracetamol ou Ibuprofeno para tratar a dor e a febre, e em caso de faringite bacteriana, antibióticos.

A inflamação da garganta causada por vírus, geralmente, desaparece em cerca de 7 dias e a criança normalmente começa a sentir-se melhor 3 dias após o início do antibiótico, no caso da faringite bacteriana, devendo o antibiótico ser continuado de acordo com a orientação do pediatra mesmo que os sintomas desapareçam.

Saiba outras medidas caseiras para tratar a dor de garganta do bebê.

Quando levar a criança ao pediatra

É importante levar a criança ao pediatro caso apresente febre ou caso a inflamação na garganta durar mais de 24 horas. Além disso, é recomendado ir ao pediatra caso a criança apresente dificuldade respiratória, estiver babando muito ou tiver dificuldade para engolir. 

Se a criança parecer estar muito doente, como ficar quieta durante algum tempo, sem vontade de brincar e de comer também é necessário levá-la ao pediatra.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem