Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Diarreia no bebê: Como reconhecer e o que fazer

A diarreia infantil ocorre quando a criança tem mais de 3 evacuações de fezes moles ou líquidas durante o dia, sendo comum nos bebês devido a viroses. Para saber se o bebê está com diarreia deve-se observar a consistência do cocô na fralda porque quando há diarreia as fezes tem as seguintes características:

  • Cocô ainda mais líquido que o normal;
  • Cor diferente do habitual;
  • Cheiro mais intenso, principalmente quando é causada por uma gastroenterite;
  • A fralda normalmente não consegue segurar o cocô, vazando cocô para a roupa do bebê;
  • O cocô pode sair num jato forte.

É normal que o cocô do bebê com menos de 6 meses tenha uma consistência pastosa, sendo bem diferente de um adulto. Mas num cocô normal o bebê parece saudável e ainda que o cocô não seja bem moldado como de um adulto, ele fica localizado numa área da fralda. Em caso de diarreia isso não acontece e o cocô se espalha por todos genitais e vaza, sujando a roupa. No entanto, o cocô normal também pode vazar e por isso nem sempre é fácil descobrir se o bebê está com diarreia, se ele não apresentar outros sinais e sintomas.

Diarreia no bebê: Como reconhecer e o que fazer

Quando ir ao médico 

Os pais devem levar o bebê ao pediatra caso estejam presentes os seguintes sintomas:

  • Mais de 1 episódio de diarreia no mesmo dia;
  • Se o bebê parecer apático ou doente, estando menos ativo e com muito sono durante o dia;
  • Se a diarreia for muito intensa e não houver sinais de melhora em 3 dias;
  • Se observar que há diarreia com pús ou sangue;
  • Se estiverem presentes outros sintomas como vômito e febre acima de 38 ºC. 

É comum que as viroses causem vômito, diarreia e febre no bebê, mas estes sintomas também podem surgir quando o bebê come algum alimento pela primeira vez, devido a intolerâncias ou alergias, por exemplo, e por isso ele deve ser sempre avaliado pelo médico. 

O que pode causar diarreia no bebê

As principais causas da diarreia no bebê são as viroses, que causam também vômito, febre e perda do apetite. A gastroenterite causada pelo Rotavírus é comum em bebês com menos de 1 ano de idade, mesmo que tenham sido vacinados, e como principal característica tem uma diarreia com cheiro de ovo podre.

Alguns bebês também ficam com diarreia quando os dentinhos estão nascendo, não sendo grande motivo de preocupação.

Quando a diarreia é causada por virose pode durar mais de 5 dias e o bumbum pode ficar assado, vermelho, e podem sair um pouquinho de sangue. Por isso quando o bebê tem diarreia, sua fralda deve ser trocada assim que estiver suja. Os pais devem colocar pomada contra assadura e manter o bebê sempre limpo e confortável para que possa descansar e se recuperar mais rápido.

Diarreia no bebê: Como reconhecer e o que fazer

Como parar a para diarreia do bebê

Geralmente as crises de diarreia desaparecem sozinhas dentro de 5 a 8 dias, mas em todo caso é preciso levar o bebê ao pediatra para que ele possa avaliar e indicar o uso de medicamentos, caso seja necessário.

  • Alimentação do bebê com diarreia

Para cuidar da criança com diarreia, os pais devem dar à criança refeições leves, com alimentos cozidos como mingau de arroz, purê de legumes com frango cozido e desfiado, por exemplo. Durante esse período o bebê não precisa comer muito, sendo mais indicado que ele coma menos quantidade, mas com mais frequência.

Os alimentos que não devem ser dados para o bebê com diarreia são os ricos em fibras como cereais, frutas com casca. Também são desaconselhados chocolate, refrigerante, leite de vaca, queijo, molhos e frituras, para não estimular demais o intestino, dificultando a cura da diarreia. 

O bebê deve beber muitos líquidos, como água, água de côco, chá ou sucos naturais, já que é através das fezes que a criança perde líquidos, podendo ficar desidratada. Em alguns casos, pode ser necessário dar um soro caseiro ou o soro comprado em farmácias. Veja a Receita de soro caseiro para preparar da forma correta.

  • Remédios para diarreia no bebê

Não é indicado dar remédios para parar a diarreia do bebê, por isso nunca se deve dar remédios como Imosec para crianças com menos de 2 anos de idade. O pediatra pode recomendar apenas remédios como Paracetamol em forma de xarope para aliviar a dor e o desconforto, e baixar a febre, caso estes sintomas estejam presentes.

Um outro remédio que pode ser indicado para repor a flora bacteriana do intestino do bebê e que ajuda ele a se recuperar mais rápido são os probióticos como o Floratil, por exemplo.

Remédio caseiro para diarreia no bebê

Para cuidar da criança com diarreia infantil, pode-se preparar um remédio caseiro para ajudar a prender o intestino, aliviando esse incômodo. Assim, pode-se fazer chá de camomila várias vezes ao dia, mas a água de arroz também é uma excelente opção. Basta deixar o arroz de molho na água limpa durante 10 minutos e depois lavar o arroz nessa água e tomar essa água esbranquiçada ao longo do dia.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...