Infecção intestinal no bebê: sintomas, causas e tratamento

A infecção intestinal no bebê é uma situação bastante frequente e acontece quando o organismo reage contra a entrada de vírus, bactérias, parasitas ou fungos no trato gastrointestinal, podendo causar sintomas como diarreia, vômitos, enjoo e febre na criança.

É importante que na presença desses sintomas, seja dado ao bebê soro caseiro e bastante água, pois assim é possível manter o bebê hidratado e favorecer a eliminação do agente infeccioso responsável pela doença. No entanto, quando os sintomas duram mais que uma semana e é possível notar a presença de sangue ou muco nas fezes do bebê, é importante consultar o pediatra para que seja feita uma avaliação e possa ser iniciado o tratamento mais adequado.

Infecção intestinal no bebê: sintomas, causas e tratamento

Sintomas de infecção intestinal no bebê

Os sintomas de infecção intestinal no bebê podem surgir poucos dias após o contato do bebê com o vírus ou bactéria responsável pela doença, sendo os principais:

  • Diarreia;
  • Dores abdominais intensas que fazem a criança chorar;
  • Febre;
  • Vômitos;
  • Enjoo.

Nos casos mais graves, é possível também haver sangue e/ ou muco nas fezes do bebê e sinais e sintomas de desidratação, como presença de olheiras, fralda seca devido à não produção de urina e pouca saliva, sendo importante nesses casos que o pediatra seja consultado imediatamente para que possa ser iniciado o tratamento adequado. Conheça outros sintomas de desidratação nos bebês.

Principais causas

A infecção intestinal no bebê geralmente é causada por vírus, através do contato do bebê com saliva ou fezes contaminadas durante as trocas de fraldas ou contato com brinquedos de outra criança doente.

Porém, a infecção intestinal em bebê também pode ser causada por bactérias, através do contato ou consumo de água contaminada, sucos, ingestão de comidas estragadas, frutas e legumes que estiveram em locais com animais infectados.

Como é o tratamento

Normalmente, a febre e o enjoo desaparecem nos 2 ou 3 primeiros dias, mas a recuperação da criança varia de 4 a 5 dias, podendo chegar a uma semana, ou mais. Porém, se a infecção intestinal infantil não for tratada, a criança pode ficar desidratada e desenvolver outras complicações, como lesões na mucosa intestinal, perda metabólica ou desnutrição.

Assim, o tratamento para infecção intestinal em bebê deve ser recomendado pelo pediatra de acordo com a idade do bebê e sintomas apresentados. Para evitar a desidratação, é importante dar ao bebê uma solução de hidratação oral, que deve ser feita com água e um pouco de sal. Para evitar que o bebê vomite, pode dar em pequenas colheradas, assim é mais fácil que o bebê consiga beber a solução, diminuindo o risco de desidratação.

Em alguns casos, quando o bebê apresenta outros sintomas além da diarreia, o pediatra pode indicar o uso de medicamentos que ajudam a aliviar esses sintomas, além de antibióticos, no entanto a indicação desses medicamentos é pouco frequente, sendo o repouso e a ingestão de água, soro caseiro ou reidratantes orais suficientes para combater a infecção intestinal.

Esta informação foi útil?
Mais sobre este assunto: