Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como curar a dor de garganta do bebê

Em caso de infecção de garganta no bebê o pediatra pode indicar o uso de remédios para garganta como Paracetamol, Ibuprofeno, e em alguns casos, antibióticos como Amoxicilina.

No entanto, os pais podem ajudar no tratamento adotando algumas medidas caseiras simples como dar banho no bebê com água morna para fluidificar as secreções e dar suco de laranja, que é rico em vitamina C, para a aumentar as defesas do organismo.

Geralmente a dor de garganta é causada por algum vírus, devido a uma gripe, e nas crianças saudáveis, esse quadro se mantém por 5 a 7 dias.

Como curar a dor de garganta do bebê
Como curar a dor de garganta do bebê

Sintomas de garganta inflamada no bebê

O bebê com dor de garganta, geralmente, recusa-se a comer ou a beber, chora quando engole ou come e apresenta secreções ou tosse.

No bebê com menos de 1 ano pode haver também:

  • Inquietação, choro fácil, recusa alimentar, vômitos, alteração do sono e dificuldade respiratória devido ao catarro no nariz.

Nas crianças maiores:

No caso de crianças com mais de 1 ano, é mais fácil identificar a dor de garganta, pois elas costumam queixar-se de dor na garganta ou no pescoço quando engolem, bebem ou comem alguma coisa. Outros sintomas que podem estar presentes são: 

  • Dor de cabeça, dor por todo corpo e calafrios, catarro, e vermelhidão da garganta e dentro dos ouvidos, febre, náuseas, dores de barriga e pus na garganta. Determinados vírus também podem causar diarreia.

O que fazer para curar a dor de garganta do bebê

Para curar a dor de garganta do bebê, algumas medidas caseiras que podem ajudar a aliviar a dor e a inflamação da garganta incluem:

1. Cuidados gerais

  • Dar um banho morno ao bebê, fechando a porta e a janela do banheiro: o vapor de água que o bebê vai inalar fluidifica as secreções, ajudando a limpar a garganta;
  • Lavar o nariz da criança com soro fisiológico, caso existam secreções: remove as secreções da garganta, ajudando a limpá-la;
  • Não deixar a criança andar descalça e agasalhá-la quando tiver que sair de casa: a diferença brusca de temperatura pode piorar as dores de garganta;
  • Ficar com o bebê ou a criança em casa, se houver febre: não levar o bebê para a creche ou a criança para a escola até a febre passar. Veja o que fazer para baixar a febre do bebê.
  • Lavar frequentemente as mãos para evitar a contaminação dos outros.
Como curar a dor de garganta do bebê
Como curar a dor de garganta do bebê

2. Quando dar remédios

Os remédios para garganta inflamada no bebê só devem ser usados sob indicação do pediatra Doenças causadas por vírus nem sempre precisam de medicamentos porque em 7 dias o corpo reage, havendo melhora dos sintomas. No entanto, o pediatra pode receitar:

  • Analgésicos como Paracetamol em forma de xarope;
  • Anti-inflamatórios como Ibuprofeno ou Acetominofeno em forma de xarope;
  • Descongestionante nasal como Neosoro ou Sorine infantil, em forma de gotas ou spray para crianças maiores.

Não são aconselhados antibióticos se a infecção não for causada por bactérias. Também não são aconselhados remédios para tosse e anti-histamínicos por não serem eficazes em crianças pequenas e terem efeitos colaterais.

A vacina da gripe é particularmente indicada para crianças que possuem asma, doenças cardiopulmonares crônicas, doença renal, HIV + e nas crianças que precisam tomar aspirina diariamente. Nas crianças saudáveis, deve-se conversar com o pediatra antes.

3. Cuidados com a alimentação

  • Dar alimentos moles ao bebê a partir dos 6 meses de idade: são mais fáceis de engolir, reduzindo o desconforto e a dor de garganta. Exemplos de alimentos: sopa ou caldos mornos, purê de frutas ou iogurtes;
  • Dar muita água, chás ou sucos naturais ao bebê: ajuda a fluidificar as secreções e a limpar a garganta. Veja os melhores remédios caseiros para dor de garganta.
  • Evitar dar alimentos muito quentes ou gelados à criança: alimentos muito quentes ou gelados pioram a dor de garganta;
  • Dar suco de laranja ao bebê: a laranja tem vitamina C, que aumenta as defesas do organismo;
  • Dar mel à criança com mais de 1 ano: ajuda a hidratar a garganta, aliviando o desconforto.

As dores de garganta, geralmente, desaparecem em uma semana, mas se a criança tiver tomando os remédios prescritos pelo pediatra e estas medidas caseiras forem adotadas, ela poderá sentir-se melhor em cerca de 3 a 4 dias.

Sinais de alerta para voltar ao pediatra

Depois do bebê e da criança já terem sido observados pelo pediatra, o tratamento deve ser iniciado o quanto antes. No entanto, é aconselhado voltar ao pediatra se observar os seguintes sintomas: Dificuldade para respirar, febre alta, cansaço e sonolência frequente, pus na garganta, queixa de dor de ouvido ou tosse persistente por mais de 10 dias.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...