Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é Faringite, principais sintomas e tratamento

A faringite corresponde a uma inflamação na garganta que pode ser provocada tanto por vírus, sendo chamada de faringite viral, quanto por bactérias, que é chamada de faringite bacteriana. Esta inflamação causa intensa dor de garganta, deixando-a bem vermelha, e em alguns casos pode haver febre e podem surgir pequenos carocinhos doloridos no pescoço.

O tratamento para faringite deve ser indicado pelo clínico geral ou otorrinolaringologista e geralmente é feito com o uso de medicamentos para reduzir a inflamação e aliviar os sintomas, ou o uso de antibióticos por cerca de 10 dias quando a causa da faringite é bacteriana.

Durante o tratamento é importante que a pessoa tenha cuidado com a alimentação evitando alimentos muito quentes ou gelados e também deve evitar falar, pois isso pode incomodar e gerar tosse, o que pode piorar os sintomas. Além disso, é importante que a pessoa permaneça em repouso e tome bastante líquido durante o dia.

O que é Faringite, principais sintomas e tratamento

Principais sintomas

O principal sintoma da faringite é a dor na garganta e dificuldade para engolir, no entanto podem surgir outros sintomas, como por exemplo:

  • Vermelhidão e inchaço na garganta;
  • Dificuldade em engolir;
  • Febre;
  • Mal estar geral;
  • Indisposição;
  • Dor de cabeça;
  • Rouquidão.

No caso da faringite bacteriana, a febre pode ser mais alta, pode haver aumento dos gânglios linfáticos e a presença de secreção purulenta na garganta. Saiba como reconhecer os sintomas de faringite bacteriana.

Assim que surgirem os primeiros sintomas de faringite, é importante consultar o otorrinolaringologista para que seja feito o diagnóstico e iniciado o tratamento adequado.

Como é o diagnóstico

O diagnóstico da faringite deve ser feito pelo clínico geral ou otorrinolaringologista por meio da avaliação dos sinais e sintomas apresentados pela pessoa, principalmente no que diz respeitos às características da garganta da pessoa. Além disso, é normalmente solicitada a realização de uma cultura da garganta para verificar qual o microrganismo que pode estar causando da faringite e, dessa forma, o médico pode indicar o tratamento mais adequado.

Além disso, podem ser solicitados exames de sangue para verificar se há alguma alteração que seja sugestiva de aumento da gravidade da doença, sendo esse exame mais frequente de ser solicitado quando são visualizadas placas brancas na garganta, já que é sugestivo de infecção bacteriana e há maior probabilidade de proliferação, espalhamento e agravamento da doença.

Causas da faringite

As causas da faringite estão relacionadas com os microrganismos que a provocam. Em caso de faringite viral, os vírus causadores podem ser Rinovírus, Coronavírus, Adenovírus, Influenza ou Parainfluenza e que pode acontecer como consequência de um resfriado ou gripe, por exemplo. Conheça mais sobre a faringite viral.

Em relação à faringite bacteriana, a mais frequente é a faringite estreptocócica causada pela bactéria Streptococcus pyogenes, sendo importante que seja identificada rapidamente para evitar o surgimento de complicações.

Como é feito o tratamento

O tratamento da faringite varia de acordo com os sintomas e a causa, ou seja, se viral ou bacteriana. No entanto, independente da causa, é importante que a pessoa fique em repouso e beba bastante líquidos durante o tratamento.

No caso da faringite viral, o tratamento indicado pelo médico normalmente consiste no uso de analgésicos e remédios para febre por 2 a 3 dias. Por outro lado, no caso da faringite bacteriana, o tratamento deve ser feito com antibióticos, como penicilina ou amoxicilina, por 7 a 10 dias, ou de acordo com a orientação do médico. No caso de pessoas que sejam alérgicas à penicilina e derivados, o médico pode recomendar o uso de eritromicina.

Independente do tipo de faringite, é importante que o tratamento seja seguido de acordo com a orientação médica, mesmo que tenha sido percebida melhora dos sintomas antes do término do tratamento recomendado.

Bibliografia >

  • CDC. Pharyngitis (Strep Throat). Disponível em: <https://www.cdc.gov/groupastrep/diseases-hcp/strep-throat.html>. Acesso em 11 Dez 2019
  • HARVARD HEALTH PUBLISHING. Sore Throat (Pharyngitis). Disponível em: <https://www.health.harvard.edu/a_to_z/sore-throat-pharyngitis-a-to-z>. Acesso em 11 Dez 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem