Dor no cóccix: o que pode ser e o que fazer

novembro 2022

A dor no cóccix é mais frequentemente causada por ficar muito tempo sentado, andar de bicicleta longas distâncias, má postura ou ser consequência do desenvolvimento da gravidez, por exemplo, sendo considerado normal. No entanto, a dor no cóccix pode ser também sinal de hérnia de disco, cisto pilonidal ou fratura, que são situações que devem ser devidamente avaliadas pelo médico.

Assim, se a dor no cóccix for muito intensa, não permitir caminhar, se durar mais de 1 semana ou se for acompanhada por outros sintomas como inchaço no local ou febre, é importante que o ortopedista ou clínico geral seja consultado para que sejam feitos exames que ajudem a identificar a causa da dor no cóccix e, assim, ser indicado o melhor tratamento.

Principais causas

As principais causas de dor no cóccix são:

1. Queda ou pancada

Acidentes que provocam um forte impacto no final da coluna, como cair sentado ou sofrer um pontapé durante um esporte, são a principal causa de dor no cóccix. Embora na maioria das vezes, a dor desapareça após alguns minutos, existem casos em que pode se manter por algumas horas ou dias, diminuindo ao longo do tempo.

Porém, se a dor for ficando mais intensa ou se for intolerável ao sentar, por exemplo, pode ser sinal de que a pancada provocou uma fratura, que precisa ser tratada no hospital.

O que fazer: a melhor forma de aliviar a dor de uma pancada no cóccix consiste em aliviar a pressão sobre o osso e, por isso, deve-se evitar ficar sentado ou deitado de barriga para cima. Nas primeiras 48 horas também se pode aplicar compressas geladas no local para reduzir a inflamação e aliviar a dor.

2. Esforço repetitivo

Praticar frequentemente exercícios físicos como andar de bicicleta ou remar, ou fazê-los por muito tempo seguido, pode resultar em uma lesão por esforço repetitivo, o que significa que os músculos e ligamentos ficam estirados e esticados, dificultando sua tarefa de manter o osso no local correto e provocando o surgimento da dor.

O que fazer: passar uma pomada anti-inflamatória com Diclofenaco e evitar fazer atividades que façam pressão sobre o cóccix.

3. Gravidez

Durante os últimos 2 meses da gravidez, os ossos da região da coluna lombar, assim como o cóccix, ficam mais flexíveis para permitir a passagem do bebê durante o parto. Por aumento da flexibilidade, o osso se movimenta mais livremente e, por isso, pode surgir dor, especialmente ao sentar ou levantar, por exemplo.

O que fazer: aplicar compressas geladas no local e fazer massagens leves podem ajudar a aliviar a dor. No entanto, para evitar que volte a surgir com tanta intensidade, pode-se fazer pequenas alterações no dia-a-dia, como sentar e levantar lentamente ou utilizar uma almofada em forma de circulo, aberta no centro, para reduzir a pressão sobre o cóccix quando se está sentada. Veja como aliviar outros desconfortos do final da gravidez.

4. Má postura

Ter uma má postura, especialmente quando se está sentado, como ao trabalhar em frente ao computador ou dirigir, por exemplo, pode causar uma pressão muito grande sobre o cóccix, resultando em dor durante o dia.

O que fazer: fazer uma leve massagem no local da dor, assim como evitar ficar sentado muito tempo pode aliviar a dor, no entanto, deve-se adotar técnicas para tentar ter uma postura correta durante o dia. Veja este vídeo sobre com exercícios para melhorar a postura:

5. Cisto pilonidal

O cisto pilonidal é uma pequena infecção que surge na região do cóccix e que é provocada pelo acúmulo de pêlos e células mortas debaixo da pele. Nestes casos, além da dor no local, que vai piorando ao longo do tempo, também pode aparecer um pequeno caroço que vai aumentando do tamanho.

O que fazer: é preciso ir ao pronto socorro ou posto de saúde para drenar o pus do interior do cisto. Em alguns casos, esse tratamento pode ser suficiente, no entanto, se o cisto voltar a surgir pode ser recomendado fazer uma pequena cirurgia para remover tudo. Veja mais sobre como é feito o tratamento do cisto pilonidal.

6. Hérnia de disco

Em alguns casos, a dor no cóccix pode estar sendo provocando por problemas em outros locais, sendo que um dos mais frequentes é o desenvolvimento de uma hérnia de disco na região lombar da coluna, por exemplo. Veja outros sinais de hérnia de disco.

O que fazer: se existir suspeita de que a dor está sendo provocada por um problema na coluna, deve-se ir ao ortopedista para fazer exames, como o raio X, para identificar a causa correta e iniciar o melhor tratamento.

7. Excesso de peso

Estar acima do peso ideal provoca uma sobrecarga em quase todo o corpo, especialmente no cóccix quando se está sentado. Ao longo do tempo, esse excesso de peso sobre o cóccix pode levar ao surgimento de uma dor leve mas constante, que piora quando se está sentado.

O que fazer: nestes casos, o ideal é perder peso para aliviar o excesso de pressão sobre o cóccix, porém utilizar uma almofada circular aberta no centro, sempre que sentar, também pode ajudar a reduzir a pressão sobre o local. Além disso, dormir de lado durante a noite, ao invés de barriga para cima, também ajuda o local a recuperar.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em novembro de 2022. Revisão clínica por Marcelle Pinheiro - Fisioterapeuta, em novembro de 2022.

Bibliografia

  • NHS. Pilonidal sinus. Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/pilonidal-sinus/>. Acesso em 30 nov 2021
  • UNIVERSITY HEALTH SERVICES. Pilonidal Cyst. Disponível em: <https://www.healthyhorns.utexas.edu/HT/HT_pilonidalcyst.html>. Acesso em 30 nov 2021
Mostrar bibliografia completa
  • BIBLIOTECA VIRTUAL EM SAÚDE. Hérnia de disco: epidemiologia, fisiopatologia, diagnóstico e tratamento. Disponível em: <https://docs.bvsalud.org/biblioref/2018/05/883477/hernia-de-disco-final_rev.pdf>. Acesso em 11 mar 2021
  • SOCIEDADE CATARINENSE DE REUMATOLOGIA. Lombalgia / Hérnia de Disco / Ciática. Disponível em: <https://screumatologia.com.br/lombalgia-hernia-de-disco-ciatica/>. Acesso em 11 mar 2021
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. LER/DORT. 2012. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/dor_relacionada_trabalho_ler_dort.pdf>. Acesso em 21 mai 2019
  • ROCHA, MARCUS VINÍCIUS Q. LER e DORT - Trabalho não pode causar dor!. 2021. Disponível em: <https://prodi.ifes.edu.br/images/stories/ler-dort-marco2021.pdf>. Acesso em 04 nov 2021
Revisão clínica:
Marcelle Pinheiro
Fisioterapeuta
Formada em Fisioterapia pela UNESA em 2006 com registro profissional no CREFITO- 2 nº. 170751 - F e especialista em dermatofuncional.

Tuasaude no Youtube

  • EXERCÍCIOS PARA CORRIGIR A POSTURA

    03:52 | 426956 visualizações