Como aliviar os desconfortos comuns do final da gravidez

Algumas medidas como evitar deitar após uma refeição, fazer exercícios respiratórios ou não ficar muito tempo em pé, podem ajudar a aliviar os sintomas mais comuns do final da gravidez como azia, falta de ar ou dor nas costas, por exemplo.

Os sintomas do final da gravidez surgem devido às alterações hormonais normais da gestação e ao aumento do peso do útero que pode comprimir os órgãos como estômago, pulmões ou bexiga, causando desconforto e mal-estar.

Esses sintomas são considerados normais no final da gravidez, no entanto se não melhorarem com as medidas simples ou se forem acompanhados de outros sintomas como dor de cabeça, no peito ou abaixo das costelas, respiração rápida ou ofegante, lábios ou dedos azulados, por exemplo, deve-se procurar ajuda médica o mais rápido possível ou o pronto socorro mais próximo.

1. Azia

Para aliviar a azia no final da gravidez existem algumas medidas simples mas muito importantes como não deitar logo após as refeições, comer em pequenas quantidades e em intervalos menores de 2 a 3 horas, colocar a cabeceira da cama mais alta e evitar consumir alimentos que estimulam a azia como frituras, comidas apimentadas ou muito condimentadas, por exemplo.

Porque acontece: a azia é um sintoma comum no final da gravidez e ocorre devido ao maior relaxamento dos músculos do estômago e esôfago e também pela compressão do estômago pelo útero, causando a subida dos ácidos do estômago para o esôfago, resultando nos sintomas da azia. Entenda melhor porque surge azia na gravidez.  

Assista o vídeo com a nutricionista Tatiana Zanin com mais dicas de como aliviar a azia no fim da gravidez:

2. Inchaço nos pés

Algumas formas de aliviar o inchaço nos pés no final da gravidez são colocar os pés mais altos que o corpo, com a ajuda de um banco ou almofadas, quando sentar ou deitar, não usar sapatos apertados, não ficar muito tempo de pé e praticar exercício físico regular, como caminhada ou natação, conforme orientado pelo médico.

Além disso, é importante beber pelo menos 8 copos de água por dia, para manter o corpo hidratado, ajudar a melhorar a circulação sanguínea e estimular a produção de urina, o que acaba eliminando o excesso de água e reduzindo o inchaço nos pés. Veja outras formas de acabar com os pés inchados no final da gravidez.  

É importante ressaltar que se o inchaço nos pés não melhorar, começar de forma repentina ou ocorrer inchaço nas mãos, no rosto, dor de cabeça ou dor abaixo das costelas, deve-se procurar ajuda médica imediatamente ou o pronto-socorro mais próximo, pois pode ser sinal de pré-eclâmpsia. Saiba identificar todos os sinais de pré-eclâmpsia.

Porque acontece: o inchaço nos pés no final da gravidez ocorre devido ao maior volume de sangue circulando no organismo, que aumenta a retenção de líquidos, e também devido ao peso do útero que pode comprimir as veias e artérias da região pélvica, dificultando a circulação e o retorno do sangue dos pés e pernas para o coração. 

3. Dor nas costas

Algumas formas de aliviar a dor nas costas no final da gravidez são não ficar muito tempo de pé, evitar cruzar as pernas ao sentar, usar uma cinta de gestante, para dar suporte à barriga e às costas, e aplicar compressas quentes sobre as costas. Além disso, a grávida deve evitar fazer esforços excessivos, embora o repouso absoluto também não seja recomendado.

Porque acontece: a dor nas costas no final da gravidez é muito comum e surge devido ao crescimento do útero que causa uma alteração no formato do corpo e no centro de gravidade, fazendo com que a parte inferior das costas seja puxada para frente, enquanto o abdômen é projetado para fora. 

Assista o vídeo com a fisioterapeuta Marcelle Pinheiro com outras dicas para aliviar a dor nas costas no final da gravidez:

4. Insônia

Uma boa forma de aliviar a insônia no final da gravidez é dormir com um travesseiro entre as pernas e deitada de lado ou em uma posição que seja confortável, para ajudar a reduzir o desconforto que dificulta o sono.

Além disso, é importante criar uma rotina de sono e um ambiente calmo e confortável para dormir, além de evitar dormir durante o dia para não atrapalhar o sono noturno. Antes de dormir pode-se também beber um chá de camomila, feito com a planta da espécie Matricaria recutita, que é calmante e seguro durante a gravidez, ou colocar 5 gotas de alfazema no travesseiro, para ajudar a induzir o sono. É importante ressaltar que o chá de camomila romana da espécie Chamaemelum nobile não deve ser tomado durante a gestação pois pode causar contração uterina. 

Porque acontece: a insônia no final da gravidez acontece devido às alterações hormonais normais da gravidez e devido ao tamanho da barriga que gera um desconforto para encontrar uma posição confortável para dormir.

5. Cãibras

Para aliviar as cãibras no final da gravidez deve-se fazer massagem ou alongar suavemente a panturrilha, fazendo movimentos com os pés, puxando o calcanhar para baixo e os dedos do pé para cima, ou aplicar compressas quentes na região com cãibra, como pés, tornozelos ou pernas. 

Além disso, para evitar as cãibras é importante beber cerca de 2 litros de água por dia, para manter o corpo hidratado e melhorar a circulação sanguínea. Também se pode aumentar o consumo de alimentos ricos em magnésio e tomar os suplementos com cálcio, magnésio ou vitamina B, desde que recomendados pelo médico.

Porque acontece: as cãibras no final da gravidez são mais frequentes nas pernas, nos tornozelos e nos pés, principalmente pela manhã, e ocorrem devido a as alterações hormonais normais da gestação e a diminuição da circulação sanguínea nas pernas devido a compressão dos vasos e artérias da pelve pelo peso do útero.

Assista o video com a nutricionista Tatiana Zanin com outras formas de aliviar as cãibras no final da gravidez:

6. Falta de ar

Para aliviar a falta de ar na gravidez deve-se sentar, colocar as pernas para cima e relaxar, respirando profundamente, evitar fazer esforços excessivos e situações de estresse. Além disso, exercícios de meditação e respiração podem ajudar a diminuir esse desconforto.

No entanto, se surgir intensa falta de ar, dificuldade para respirar, respiração rápida ou ofegante, dor no peito, lábios ou dedos azulados ou dormência nas mãos ou nos pés, deve-se procurar ajuda médica o mais rápido possível ou o pronto socorro mais próximo.

Porque acontece: a falta de ar no final da gravidez ocorre devido ao aumento do útero que pode causar compressão nos pulmões que não conseguem se expandir como antes da gestação, dificultando a respiração. Esse sintoma é considerado normal no final da gravidez e não afeta a oxigenação do bebê pois durante toda a gestação o corpo da mulher sofre adaptações para fornecer o oxigênio para o bebê. 

7. Hemorróidas

Boas estratégias para aliviar o desconforto causado pelas hemorróidas no final da gravidez consistem em fazer banho de assento com água morna e não permanecer sentada ou em pé por muito tempo. 

Além disso, é importante sempre lavar a região anal após defecar e evitar alimentos apimentados ou muito condimentados. Veja outras formas de aliviar a hemorróida no final da gravidez

Porque acontece: a hemorróida na gravidez pode surgir devido à dilatação dos vasos sanguíneos na região anal, pela compressão desses vasos pelo peso do útero e também pelas alterações hormonais da gravidez que podem deixar o intestino mais lento, causando prisão de ventre que leva a um esforço maior para defecar e à dilatação dos vasos sanguíneos.

Assista o video com a nutricionista Tatiana Zanin e veja como aliviar a hemorroida no final da gravidez:

8. Contrações de Braxton-Hicks

Algumas formas de aliviar as contrações de Braxton-Hicks são movimentar o corpo, mudar de posição, beber mais água ou tomar um banho morno, por exemplo. Além disso, deve-se fazer exercícios físicos recomendados pelo médico para ajudar a aliviar o desconforto das contrações. 

No entanto, se a contração for forte, muito frequente ou acompanhada de outros sintomas como dor nas costas, sangramento vaginal ou corrimento líquido, deve-se procurar ajuda médica imediatamente, pois podem ser sinais de trabalho de parto. Saiba identificar os sinais de trabalho de parto.

Porque acontece: as contrações de Braxton-Hicks, também chamadas de contrações de treinamento, são contrações leves e normais no final da gravidez, pois preparam o útero e os tecidos pélvicos para o futuro parto.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • THÉLIN, Camille S.; RICHTER, Joel E. Review article: the management of heartburn during pregnancy and lactation. Aliment Pharmacol Ther. 51. 4; 421-434, 2020
  • VAZQUEZ, Juan C. Constipation, haemorrhoids, and heartburn in pregnancy. BMJ Clin Evid. 2010. 1411, 2010
  • HASHMI, Ali M.; et al. Insomnia during pregnancy: Diagnosis and Rational Interventions. Pak J Med Sci. 32. 4; 1030-7, 2016
  • WIDEN, E. M.; GALLAGHER, D. Body composition changes in pregnancy: measurement, predictors and outcomes. Eur J Clin Nutr. 68. 6; 643–652, 2014
  • LIDDLE, Sarah D.; PENNICK, Victoria. Interventions for preventing and treating low-back and pelvic pain during pregnancy. Cochrane Database Syst Rev. 2015. 9; CD001139, 2015
  • ZHOU, Kunyan; et al. Interventions for leg cramps in pregnancy. Cochrane Database Syst Rev. 8. CD010655, 2015
  • SANGHAVI, M.; RUTHERFORD, J. D . Cardiovascular physiology of pregnancy. Circulation. 130. 12; 1003-8, 2014
  • THE AMERICAN COLLEGE OF OBSTETRICIANS AND GYNECOLOGISTS. Preeclampsia and High Blood Pressure During Pregnancy. Disponível em: <https://www.acog.org/womens-health/faqs/preeclampsia-and-high-blood-pressure-during-pregnancy?utm_source=redirect&utm_medium=web&utm_campaign=int>. Acesso em 27 Mai 2021
  • STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Braxton Hicks Contractions. 2021. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/29262073/>. Acesso em 27 Mai 2021
Mais sobre este assunto: