Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que pode ser a dor na sola do pé e o que fazer

A dor na sola dos pés, pode ser causada por diversas situações, e uma hipótese comum é a fascite plantar, que geralmente é uma lesão rápida de ser curada. Essa lesão pode ser causada pelo uso de salto alto durante muitas horas seguidas, ou por ter ficado de pé com este tipo de sapato por muito tempo.

Uma outra causa comum de dor na sola do pé é o estiramento dos tendões e dos ligamentos localizados nesta região durante uma corrida. Neste caso, é comum sentir dor na sola do pé durante a corrida, ao acordar ou ao caminhar. Além disso, ficar muitas horas de pé, usando sandálias ou chinelos também pode causar dor nas solas dos pés e neste caso, fazer um escalda pé é uma ótima forma de aliviar este desconforto.

O que pode ser a dor na sola do pé e o que fazer

Principais causas de dor na sola do pé

A dor na sola do pé pode acontecer devido a diversas situações, sendo as principais:

1. Esporão do calcâneo

O esporão calcâneo, também chamado de esporão no calcanhar, é uma situação caracterizada pela calcificação do ligamento do calcanhar, havendo a sensação de que houve uma formação de um pequeno ossinho no local, o que causa dor e desconforto, principalmente quando se coloca o pé no chão ou quando se fica muito tempo em pé.

O que fazer: Para aliviar do esporão de calcâneo pode ser indicado pelo ortopedista ou pelo fisioterapeuta o uso de palmilha ortopédicas de silicone, exercícios de alongamento e a realização de massagem nos pés. Além disso, em alguns casos pode ser indicado também a realização de cirurgia para remover o esporão. Entenda como é feito o tratamento para o esporão do calcanhar.

2. Inflamação da fáscia

A fáscia é um tecido que reveste os tendões na planta dos pés e a sua inflamação, que também recebe o nome de fascite plantar, e pode acontecer devido a longas caminhadas, uso de sapato muito apertado, uso de salto alto frequentemente ou ser consequência do excesso de peso.

A inflamação da fáscia pode ser percebida por meio de alguns sinais e sintomas que podem aparecer, como dor na sola do pé, sensação de queimação e desconforto ao caminhar, sendo importante is ao ortopedista ou ao fisioterapeuta caso os sintomas não passem ao longo do tempo para que seja feito o diagnóstico e iniciado o tratamento.

O que fazer: O tratamento dessa inflamação é lento e tem como objetivo aliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida da pessoa. Como forma de complementar o tratamento, pode ser indicado o uso de remédios anti-inflamatórios e analgésicos e a realização de sessões de fisioterapia para promover a recuperação mais rápida.

Conheça mais sobre a fascite plantar.

3. Entorse do pé

A entorse do pé é uma das lesões mais frequentes em atletas, sendo muito comum durante uma corrida, por exemplo. A entorse é caracterizada pela torção exagerada do tornozelo, o que faz com que os ligamentos da região sejam esticados excessivamente, podendo romper e causar sintomas como dor na sola do pé, inchaço e dificuldade para caminhar.

O que fazer: Para aliviar a dor e o inchaço, pode-se colocar uma compressa fria no local por cerca de 20 minutos. No entanto, se os sintomas forem persistentes, é importante ir ao hospital para que o pé seja imobilizado.

4. Excesso de atividade física

O excesso de atividade física também pode deixar a sola do pé dolorida, pois dependendo do exercício pode levar à inflamação dos tecidos e dos tendões do local, resultando na dor e no desconforto.

O que fazer: Nesse caso, o melhor a se fazer é descansar com os pés elevados e fazer um escalda pés utilizando água morna ou fria. Além disso, fazer uma massagem nos pés também pode ajudar a aliviar as dores. Veja como fazer a massagem nos pés assistindo ao vídeo a seguir:

5. Pé plano ou pé torto

Tanto o pé torno quanto o pé chato ou plano, são alteração nos pés que podem fazer com que a sola do pé fique dolorida, além de, no caso do pé chato, também poder haver dores na coluna, no calcanhar ou problemas na articulação do joelho.

O que fazer: O mais indicado nesses casos é buscar orientação de um ortopedista e de um fisioterapeuta para que seja avaliado e possa ser indicado o melhor tratamento, podendo ser por meio do uso de sapatos ortopédicos, uso de palmilhas especiais, realização de exercícios de fisioterapia ou cirurgia.

Saiba como identificar e como deve ser o tratamento do pé plano.

6. Forma de pisar errada

Dependendo de como a pessoa pisa no chão, pode haver sobrecarga em alguma parte do pé, podendo resultar em dor no calcanhar, nos dedos e no sola do pé.

O que fazer: Para aliviar as dores e corrigir a pisada, é interessante realizar RPG, conhecida também como reeducação postural global, que através de exercícios além de ajudar a corrigir a pisada, também ajuda a melhorar a postura e a posição dos joelhos, por exemplo. Veja como é feita a RPG.

7. Ter uma perna mais curta que a outra

É considerado perna curta quando a diferença entre o tamanho das pernas é igual ou maior que 1 centímetro e quanto maior a diferença, maior o desconforto sentido pela pessoa. A perna curta pode acontecer quando os ossos da perna são curtos ou quando há desnível do quadril, levando ao aparecimento de alguns sintomas como dor nos pés, dor nas pernas, dor nas costas, alterações no joelho e dificuldade para caminhar.

O que fazer: É importante que a pessoa tenha orientação de um ortopedista e de um fisioterapeuta para evitar as complicações, podendo ser indicado o uso de palmilhas especiais para igualar o comprimento das pernas, sessões de fisioterapia e cirurgia em alguns casos. Saiba como é feito o tratamento da perna curta.

O que pode ser a dor na sola do pé e o que fazer

Tratamento caseiro 

Um bom exemplo de tratamento caseiro para a dor na sola do pé é retirar o sapato e fazer um simples alongamento, posicionando a mão de forma que segure os dedos dos pés, trazendo-os em direção à sua barriga. Os dedos devem ser mantidos nesta posição por aproximadamente 1 minuto e este movimento deve ser repetido, no mínimo, 3 vezes, para ter o efeito esperado.

Fazer uma massagem nos pés é também uma forma rápida e fácil de acabar com a dor no pé. Para realizá-la, basta passar um pouquinho de creme hidratante nos pés e, com a parte mais fofinha da mão e os polegares, ir pressionado um pouco todo o pé, insistindo mais nas regiões mais doloridas.

Como evitar a dor na sola do pé

Para prevenir a incômoda dor na planta do pé, o ideal é tratar bem dos pés diariamente. Além disso, é muito importante investir na compra de sapatos de qualidade, que sejam realmente confortáveis. O sapato ideal deve ser leve, acomodar bem o pé, ter uma sola de borracha e um pequeno salto, tipo Anabela, ou largo o suficiente para não causar desequilíbrio.

Para quem sofre com a dor no pé durante as corridas, é importante além de um tênis próprio para corrida, correr na esteira, na areia ou num bom asfalto, por exemplo. Não é aconselhado correr em gramados e em locais cheios de buracos, que favorecem a queda.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem