Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é e como identificar o Neuroma de Morton

O Neuroma de Morton é um pequeno caroço na planta do pé que causa dor de desconforto ao andar. Esse carocinho se forma ao redor do nervo plantar no ponto em que ele se divide causando dor localizada entre o 3º e 4º dedos do pé quando a pessoa anda, faz agachamentos, sobe escadas ou corre, por exemplo.

Esta lesão é mais comum em mulheres com mais de 40 anos, que precisam usar salto alto com bico fino e em pessoas que praticam atividade física, especialmente a corrida. Nem sempre a causa deste caroço no pé pode ser identificada mas em todo caso é preciso uma pressão excessiva no local como o uso de sapato de salto alto, uma pancada no local do dor ou o hábito de fazer corridas na rua ou na esteira, porque estas situações geram microtraumas de forma repetida, dando origem a inflamação e formação do neuroma, que é o espessamento do nervo plantar.

Local do Neuroma de MortonLocal do Neuroma de Morton

Sinais e sintomas 

O Neuroma de Morton pode ser identificado pelo ortopedista ou fisioterapeuta quando a pessoa apresenta os seguintes sinais e sintomas:

  • Forte dor no peito do pé, em forma de queimação, que piora ao subir ou descer escadas devido a hiperextensão dos dedos e que melhora ao retirar o sapato e massagear a região;
  • Pode haver dormência no peito do pé e nos dedos;
  • Sensação de choque entre os 2º e 3º dedo ou entre o 3º e 4º dedo.

Para o diagnóstico recomenda-se palpar a área à procura de um pequeno caroço entre os dedos, e ao pressiona-lo a pessoa sente dor, dormência ou sensação de choque, e além disso, fica evidente a movimentação do Neuroma, sendo o suficiente para fechar o diagnóstico, mas o médico ou fisioterapeuta poderão solicitar ainda um exame de ultrassom ou ressonância magnética, para descartar outras alterações nos pés, e para identificar um neuroma que tenha menos de 5 mm.

Tratamento 

O tratamento do Neuroma de Morton começa com o uso de sapatos confortáveis, sem salto e com espaço manter os dedos afastados, como um tênis ou sapatilha, por exemplo, o que geralmente é suficiente para diminuir a dor e o desconforto. Mas o médico poderá indicar a infiltração com corticoide, álcool ou fenol, no local para aliviar a dor.

Além disso, o fisioterapeuta poderá indicar o uso de uma palmilha específica para apoiar melhor o pé dentro dos sapatos e sessões de fisioterapia para alongar a fascia plantar, os dedos dos pés e uso de equipamentos como ultrassom, microcorrentes ou laser, por exemplo. Em alguns casos, a cirurgia pode ser o indicada para remoção do neuroma, principalmente, quando a pessoa é praticante de atividade física ou é atleta e não conseguiu curar o Neuroma com as opções anteriores.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...