Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dor na canela ao correr: principais causas, o que fazer e como evitar

A dor na canela ao correr, popularmente conhecida como canelite, é uma dor aguda que surge na parte da frente da canela e que acontece devido à inflamação da membrana que reveste o osso dessa região, sendo muitas vezes causada por treinos de corrida longos e intensos em pisos duros.

Essa dor pode ser bastante desconfortável, podendo ser sentida ao correr, andar e ao subir ou descer escadas, por exemplo. Por isso, no caso de dor na canela, é importante que a pessoa fique em repouso para favorecer a recuperação e o alívio dos sintomas., sendo recomendado procurar o médico quando a dor não melhora ao longo do tempo.

Dor na canela ao correr: principais causas, o que fazer e como evitar

Principais causas

A dor na canela ao correr pode acontecer devido a vários fatores, sendo os principais:

  • Treinos longos e intensos em piso duro, como asfalto e concreto, ou irregulares;
  • Falta de descanso entre os dias de treino;
  • Uso de tênis inadequado para a atividade;
  • Alterações na pisada;
  • Excesso de peso;
  • Falta de realização de exercícios que fortaleçam a região;
  • Falta de alongamento e/ou aquecimento.

Dessa forma, como consequência desses fatores, pode haver inflamação da membrana que reveste o osso da canela, resultando em dor ao caminhar, correr ou subir ou descer escadas.

É importante que assim que surgir a dor na canela, a pessoas diminua progressivamente o treino que esteja realizando e inicie o repouso. Isso porque caso a atividade física continue a ser realizada, a inflamação pode se tornar mais grave e o tempo de recuperação maior.

Conheça também outras causas de dor na corrida.

O que fazer para aliviar a dor

Para aliviar a dor na canela é importante diminuir aos poucos a intensidade da atividade que esteja realizando, para evitar lesões, ficar em repouso e aplicar gelo no local para aliviar a dor e favorecer a cicatrização do tecido inflamado.

No entanto, caso a dor não passe após 72 horas ou caso fique pior, é importante consultar o ortopedista para que seja feita a avaliação e seja indicado o tratamento mais adequado. Além do repouso, de acordo com a gravidade da inflamação, o médico pode indicar o uso de remédios anti-inflamatórios e realização de sessões de fisioterapia.

A realização de fisioterapia na canelite é interessante pois as técnicas e exercícios realizados durante a sessão podem ajudar a fortalecer e alongar os músculos da perna, além de promover a correção do movimento, ajudando a aliviar as dores e evitar nova inflamação. Veja mais sobre o tratamento para dor na canela ao correr.

Como evitar

Para evitar a dor na canela ao correr é importante seguir o treino de acordo com a orientação de um profissional, conhecer os limites do corpo e respeitar o tempo de descanso entre os treinos.

Além disso, é recomendado que o treino não seja logo iniciado pela corrido, sendo aconselhado que primeiro seja realizada uma caminhada e depois evolua gradualmente parra corrida, pois assim é possível diminuir o risco de canelite e de lesões.

É importante também ter atenção ao tipo de tênis utilizado, de forma de o tênis seja adequado ao tipo de pisada, além de também ser interessante alternar o tipo de solo em que se faz a atividade, pois assim é possível evitar que o impacto na região seja sempre elevado.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem