Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como identificar cada causa de dor de cabeça e o que fazer

A dor de cabeça é um sintoma comum, que, normalmente, está relacionado com febre ou excesso de estresse, mas que pode ter outras causas, surgindo em qualquer parte da cabeça, desde a testa até à nuca e do lado esquerdo até ao lado direito.

Geralmente, a dor de cabeça diminui após repousar ou tomar um chá analgésico, como o chá de carqueja e angélica, no entanto, em casos que a dor de cabeça é provocada por gripe ou infecções pode ser necessário consultar um clínico geral para iniciar o tratamento adequado, que pode incluir o uso de remédios para baixar a febre, como Paracetamol, ou antibióticos, como a Amoxicilina.

Como identificar cada causa de dor de cabeça e o que fazer

1. Dor de cabeça na nuca

A dor de cabeça e na nuca é normalmente sinal de problemas na coluna causada pela má postura ao longo do dia, por exemplo, não sendo considerada grave. No entanto quando a dor de cabeça é acompanhada de febre e dificuldade para movimentar o pescoço, pode ser indicativo de meningite que é uma infecção grave que promove a inflamação das meninges, que corresponde ao tecido que reveste o cérebro.

O que fazer: nos casos em que a dor de cabeça é devido à má postura, é recomendado apenas que a pessoa fique de repouso e coloque uma compressa morna no pescoço até que a dor diminua.

No entanto, caso a dor se mantenha por mais de 1 dia ou seja acompanhada de outros sintomas deve-se consultar imediatamente um clínico geral para que sejam realizados exames e possa ser identificada a causa e iniciado o tratamento adequado.

2. Dor de cabeça constante

A dor de cabeça constante é normalmente sinal de enxaqueca, em que a dor de cabeça é latejante ou pulsátil e pode durar vários dias, sendo normalmente difícil de aliviar ou parar a dor, e pode ser acompanhada por enjoo, vômitos e sensibilidade à luz ou ao barulho.

Além da enxaqueca, outras causas de dor de cabeça constante são calor, alterações da visão ou hormonais, além de também poder estar relacionada com a alimentação ou ser consequência de estresse ou ansiedade, por exemplo. Conheça outras causas da dor de cabeça constante.

O que fazer: no caso de dor de cabeça constante, é recomendado que a pessoa relaxe num local escuro e tome um remédio analgésico, como Paracetamol ou AAS, sob orientação do clínico geral. É importante também identificar alguns hábitos que possam estar relacionados com o aumento da intensidade da dor, pois assim o tratamento pode ser mais direcionado.

Por outro lado no caso da dor ser muito intensa e durar mais de uma semana, é importante consultar o clínico geral para que sejam feitos exames e possa ser identificada a causa para que o tratamento seja o mais adequado.

3. Dor de cabeça e nos olhos

Quando a dor de cabeça é acompanhada também pela dor nos olhos, é normalmente sinal de cansaço, no entanto pode também indicar problemas de visão, como miopia ou hipermetropia, sendo importante, nesses casos, consultar o oftalmologista.

O que fazer: nesse caso, é recomendado repousar e evitar fontes de luz forte, como televisão ou computador. Caso a dor não melhore após 24 horas, deve-se consultar um oftalmologista para fazer a correção da visão e diminuir o desconforto. Veja o que fazer para combater a vista cansada. 

4. Dor de cabeça na testa

A dor de cabeça na testa é um sintoma frequente de gripe ou sinusite e surge devido à inflamação dos seios nasais presentes nesta região.

O que fazer: nesses casos é indicado lavar o nariz com soro fisiológico, fazer nebulizações 3 vezes por dia e tomar remédios para sinusite, como Sinutab, por exemplo, de acordo com a recomendação do médico. Assim, é possível diminuir a inflamação dos seios nasais 

5. Dor de cabeça e no pescoço

A dor de cabeça e no pescoço é o tipo de dor de cabeça mais comum e surge principalmente no final do dia ou após situações de grande estresse.

O que fazer: como esse tipo de dor de cabeça está relacionado com situações do dia a dia e estresse,pode ser tratada por meio de técnicas de relaxamento, como massagem, por exemplo.

Confira no vídeo a seguir como fazer uma massagem para aliviar a dor de cabeça:

O que pode ser a dor de cabeça na gravidez

A dor de cabeça na gravidez é um sintoma normal no primeiro trimestre devido às alterações hormonais e à maior necessidade de ingestão de água e alimentos, que pode causar desidratação ou hipoglicemia.

Assim, para diminuir a dor de cabeça na gravidez, a gestante pode tomar Paracetamol (Tylenol), assim como beber cerca de 2 litros de água por dia, evitar tomar café e fazer intervalos para relaxamento de 3 em 3 horas.

No entanto, a dor de cabeça na gravidez pode ser perigosa quando surge depois das 24 semanas, associada a dores abdominais e náuseas, pois pode indicar pressão alta e, por isso, deve-se consultar rapidamente o obstetra para iniciar o tratamento adequado.

Quando ir ao médico

É recomendado ir ao médico quando a dor de cabeça surge após pancadas ou acidentes, demora mais de 2 dias para desaparecer, piora ao longo do tempo ou é acompanhada por outros sintomas, como desmaio, febre superior a 38ºC, vômitos, tonturas, dificuldades para enxergar ou andar, por exemplo.

Nestes casos, o médico poderá pedir exames de diagnóstico, como tomografia computadorizada ou ressonância magnética, para diagnosticar o problema e iniciar o tratamento adequado que pode incluir o uso de vários medicamentos. Confira quais são os remédios mais indicados para tratar a dor de cabeça.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem