Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dor de cabeça e boca seca podem ser Sintomas de Desidratração

A desidratação causa sintomas como sede intensa, pouca urina e boca seca, sendo normalmente provocada por suor excessivo durante a atividade física intensa, temperatura ambiente muito elevada ou vômitos e diarreia durante vários dias, ocorrendo a eliminação excessiva de água e de minerais do organismo, que não é reposta nas quantidades necessárias para o bom funcionamento do corpo.  

A desidratação é mais frequente em crianças e idosos, porque normalmente não sentem sede e não se lembram de beber água ao longo do dia, sendo que quanto mais grave for a desidratação mais evidentes são os sinais de desidratação. 

Além disso, no caso da desidratação não ser tratada rapidamente pode levar ao mau funcionamento de rins e do coração, por exemplo, provocando dores de cabeça fortes, batimentos cardíacos acelerados e pressão baixa, o que pode por em risco a vida do individuo. 

Sintomas de desidratação leve

Quando a desidratação é leve o individuo pode apresentar:

  • Sede intensa;
  • Dor de cabeça forte;
  • Sensação de corpo quente, como se estivesse com febre;
  • Boca seca e pegajosa.

Estes sintomas normalmente surgem após exercício físico e ocorre muita transpiração ou quando está muito calor e o individuo não se hidrata corretamente. 

Sintomas de hidratação grave

Quando a hidratação é grave além do paciente apresentar sede, dor de cabeça e boca e pele seca, pode apresentar outros sintomas como:

  • Dificuldade em pensar, podendo causar confusão;
  • Cansaço físico exagerado;
  • Olhos secos, sem brilho e fundos;
  • Diminuição da quantidade de urina, muito escura e com cheiro forte;
  • Lentidão nos movimentos;
  • Lábios rachados;
  • Pele extremamente seca, principalmente na testa.

Estes sintomas surgem quando o individuo perde muitos líquidos e todo o organismo fica afetado, sendo necessário fazer o tratamento no hospital com hidratação pela veia. 

Sinais de desidratação no idosoSinais de desidratação no idoso
Sinais de desidratação no bebêSinais de desidratação no bebê

Como identificar a desidratação na criança

Quando o bebê está desidratada além de apresentar os mesmos sintomas do que o adulto, é comum:

  • Chorar sem lágrimas;
  • Ficar irritada facilmente ou com sono;
  • Pouca urina na fralda, urinando menos de 5 vezes por dia e com cheiro muito forte. 
  • Moleirinha mais mole do que o habitual quando palpada.

Em crianças mais velhas, pode ter dificuldade de concentração e aprendizagem na escola e pouca vontade de brincar. Veja como reidratar o bebê e saiba quando deve ir no pediatra em: Sinais de desidratação nas crianças.

Como identificar a desidratação no idoso

Embora os idosos apresentem os mesmos sintomas de desidratação do que os adultos, é mais difícil identificar a desidratação. No entanto, outros sintomas que é importante estar atento, são:

  • Confusão mental, manifestando dificuldade em manter um discurso coerente;
  • Perda de equilíbrio, que leva a quedas frequentes;
  • Fezes duras;
  • Dor nos músculos; 
  • Perda de peso;
  • Pressão baixa e batimentos cardíacos elevados.

A desidratação no idoso deve ser rapidamente tratada, pois aumenta as chances de ter infecções como pneumonia e infecções dos rins, por exemplo. 

Diagnóstico da desidratação

O diagnóstico da desidratação é feito pelo médico e pode ser feito observando o indivíduo e identificando esses sinais. 

Além disso, pode-se certificar de que se trata de desidratação quando se pinça uma prega de pele das costas da mão e esta pele retorna lentamente ao seu estado original e para verificar a gravidade da desidratação o médico poderá solicitar ainda um exame de sangue e de urina.

Tratamento para desidratação

O tratamento da desidratação depende da idade do paciente, porém nos adultos e crianças é fundamental ingerir cerca de 2 L de líquidos por dia e a reidratação deve ser feita através da ingestão de água, chá, sumos de frutas, leite e sopa. Também é importante ingerir vegetais frescos, como tomate, fruta como melancia, queijo fresco e iogurte, por exemplo. Caso o paciente tenha dificuldade em deglutir, deve-se hidratar oferecendo gelatina ou água gelificada, que pode ser encontrada nas farmácias.

A hidratação também pode ser conseguida através da ingestão de soro caseiro ou em meio hospitalar com o uso de soro injetado diretamente na veia. Veja como preparar soro caseiro em casa:

Além disso, durante a desidratação é comum os lábios secarem e racharem, o que pode ser bastante doloroso e desagradável. Veja como hidratar os lábios ressecados e rachados clicando aqui

Mais sobre este assunto:
Carregando
...