Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é Meningite, Causas e Como se proteger

A meningite é uma inflamação grave das meninges, que são as membranas que revestem o cérebro e toda a medula espinhal, gerando sintomas como dor de cabeça intensa, febre, náuseas e rigidez do pescoço, por exemplo.

Por ser uma inflamação que afeta estruturas do cérebro, a meningite deve ser identificada o mais rápido possível, por um clínico geral ou um neurologista, para se iniciar o tratamento e evitar o desenvolvimento de lesões que podem resultar em sequelas permanentes ou, até, morte.

O que é Meningite, Causas e Como se proteger

O que causa a meningite

A inflamação das meninges geralmente surge devido a uma infecção do líquido cefalorraquidiano, que quase sempre é causada por um destes tipos de micro-organismo:

  • Vírus, causando meningite viral;
  • Bactérias, gerando uma meningite bacteriana;
  • Fungos, provocando uma meningite fúngica;
  • Parasitas, levando a uma meningite parasítica.

Além disso, pancadas fortes, algumas drogas e até alguns tipos de doenças crônicas, como lúpus, ou câncer também podem causar uma meningite, sem que exista uma infecção específica.

Uma vez que o tratamento varia de acordo com a causa da inflamação, é muito importante que o médico identifique o tipo de meningite para iniciar o tratamento mais adequado. Por exemplo, no caso de uma meningite bacteriana normalmente é necessário fazer antibióticos, enquanto na fúngica é necessário iniciar o uso de um antifúngico, por exemplo.

Saiba mais sobre os tipos de meningite.

Quando desconfiar de meningite

Alguns sintomas que podem indicar uma possível meningite incluem:

  • Febre acima de 38ºC;
  • Dor de cabeça muito intensa;
  • Rigidez no pescoço, com dificuldade para encostar o queixo no peito;
  • Manchas vermelhas no corpo;
  • Hipersensibilidade à luz;
  • Sonolência excessiva com dificuldade para acordar;
  • Confusão;
  • Convulsões.

No bebê e na criança, podem ainda surgir outros sintomas que levem os pais a desconfiar de uma possível meningite como choro alto, irritabilidade fácil, dificuldade para movimentar a cabeça e, até, moleira mais tensa, parecendo ligeiramente estufada.

O que é Meningite, Causas e Como se proteger

Como se pega

A transmissão da meningite pode variar bastante, dependendo do tipo de micro-organismo que está causando a inflamação. No caso da meningite viral, o risco de transmissão é muito baixo pois, embora o vírus possa passar para a outra pessoa, geralmente não causa uma meningite, mas sim outra doença, como caxumba ou sarampo, por exemplo, dependendo do tipo de vírus.

Já no caso da meningite provocada por bactérias, essa transmissão é mais fácil e pode acontecer através da compartilha do mesmo prato de comida ou através de gotículas de saliva, que podem passar através da tosse, espirros, beijos ou fala, por exemplo. Além disso, quando a pessoa infectada utiliza o banheiro e não lava as mãos adequadamente, também pode espalhar a bactéria.

Apertos de mão, abraços e partilha da maior parte dos objetos pessoais não trazem risco a saúde.

Como se proteger

O melhor tipo de prevenção contra a meningite é fazer a vacinação, que protege contra os principais micro-organismos que podem provocar a doença. Dessa forma, mesmo que se entre em contato com os vírus ou bactérias que geralmente causam a meningite, o risco de desenvolver a doença é muito baixo. Saiba mais sobre os principais tipos de vacina contra a meningite e quando tomar.

Além disso, algumas medidas que também ajudam a diminuir o risco de pegar meningite incluem:

  • Evitar o contato próximo com pessoas doentes;
  • Lavar as mãos depois de estar em locais públicos;
  • Evitar fumar.

Já pessoas com meningite também ter alguns cuidados para evitar passar a doença, como lavar as mãos frequentemente, evitar ir em locais públicos e cobrir a boca e o nariz na hora de tossir ou espirrar, por exemplo.

Como é feito o tratamento

O tratamento para a meningite depende da sua causa, podendo ser tratada com a toma de antibióticos, anti-virais ou corticoides em meio hospitalar. Alguns remédios que podem ser utilizados na meningite bacteriana são cefotaxima e ampicilina, ou aciclovir, no caso da meningite viral, e dependendo da gravidade da doença, o paciente pode ser mantido na Unidade de Terapia Intensiva.

O tratamento deve ser iniciado prontamente para diminuir o risco de complicações. O tempo de duração do tratamento da meningite é de aproximadamente 5 a 10 dias, e nas primeiras 24 horas do tratamento, a pessoa deve ficar isolada para evitar a transmissão da doença para outros. É importante a vigilância dos seus amigos e familiar por um período mínimo de 10 dias, pois já podem estar infectados.

Caso o tratamento não seja iniciado de forma adequada podem surgir sequelas permanentes como perda da visão ou da audição. Veja mais sobre como é feito o tratamento dos diferentes tipos de meningite.


Bibliografia

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem