O que você precisa saber?

O que comer na Dieta da Proteína

A dieta da proteína baseia-se no consumo de alimentos que são boas fontes de proteína, como carnes e ovos, e na exclusão de alimentos ricos em carboidratos, como pão e macarrão. Para emagrecer com essa dieta, a proteína escolhida deve ser pobre em gordura, devendo-se optar por frango ao invés de carne vermelha, e leite desnatado ao invés de leite integral, por exemplo para consumir menos calorias provenientes da gordura.

A dieta da proteína emagrece porque a ausência de carboidratos na alimentação faz o organismo queimar mais rapidamente as suas fontes de gordura. No entanto, é comum sentir fraqueza e tonturas nos primeiros dias da dieta, mas esses sinais costumam passar após 3 ou 4 dias, tempo em que o organismo habitua-se à falta de carboidratos.

Alimentos permitidos na dieta da proteína

Os alimentos permitidos na dieta da proteína são os alimentos ricos em proteínas e alguns legumes, verduras e frutas pobres em carboidratos, como:

  • Carne magra, peixe, ovo, presunto;
  • Leite desnatado, queijos brancos, iogurte desnatado;
  • Acelga, couve, espinafre, alface, rúcula, agrião, chicória, cenoura, repolho, tomate, pepino, rabanete;
  • Azeite;
  • Castanhas, nozes, amêndoas;
  • ​Sementes como chia, linhaça, gergelim, abóbora, girassol;
  • Abacate, limão.

A dieta da proteína pode ser realizada durante 15 dias com 3 dias de intervalo, podendo ser repetida por no máximo mais 15 dias. Veja como fazer uma dieta vegetariana rica em proteína.

Alimentos de origem animal permitidos na dieta da proteínaAlimentos de origem animal permitidos na dieta da proteína
Alimentos de origem vegetal permitidos na dieta da proteínaAlimentos de origem vegetal permitidos na dieta da proteína

Alimentos proibidos na dieta da proteína

Os alimentos proibidos durante a dieta da proteína são as fontes de carboidratos, como:

  • Pão, macarrão, arroz, farinha, batata, batata doce, macaxeira
  • Feijão, grão-de-bico, milho, ervilha, soja;
  • Açúcar, biscoitos, doces, bolos, refrigerantes, sucos;
  • Frutas e água de coco.

É importante não consumir esses alimentos durante a dieta da proteína para evitar mudanças no metabolismo que façam o corpo parar de utilizar a proteína e a gordura como fonte de energia.

Cuidados com a dieta da proteína

Os cuidados com a dieta da proteína são principalmente para que esse tipo de alimentação não prejudique o funcionamento dos rins. Assim, o ideal é que essa dieta seja feita por no máximo 1 mês e segundo a orientação do nutricionista, para que não ocorram problemas relacionados à falta ou ao excesso de nutrientes no organismo, como problema nos rins, queda de cabelo, dor de cabeça, tonturas e desmaios.

Cardápio da dieta da proteína

Este é um exemplo de cardápio de dieta da proteína para uma semana:

  Café da manhã Almoço Lanche Jantar
Segunda Leite desnatado com abacate Peixe cozido com espinafre temperado com gotas de limão 3 castanhas + 1 iogurte desnatado Salada de atum com aipo, alface, pepino e queijo
Terça Iogurte desnatado e queijo Frango grelhado com salada de pepino, alface, tomate Leite desnatado com 2 rolinhos de queijo e presunto Salmão grelhado com salada de brócolis, cenoura e tomate
Quarta Leite desnatado com 1 ovo cozido Omelete com queijo e presunto, salada de rúcula Iogurte desnatado com linhaça e 2 fatias de queijo Bife de peru com rúcula, abacate e limão
Quinta Vitamina de abacate com leite desnatado Atum fresco grelhado com acelga Suco de limão com ovo e queijo Frango cozido com aipo e espinafre
Sexta Iogurte desnatado e queijo Peito de frango desfiado com salada de rabanete Vitamina de abacate Omelete com espinafre refogado
Sábado Leite desnatado com 2 rolinhos de queijo e presunto Salada de alface, rúcula e pepino com abacate picado e queijo ralado 3 nozes + 1 iogurte desnatado Sopa de aipo com bife grelhado
Domingo Iogurte desnatado ovo cozido com queijo Bife grelhado com chicória salteada Suco de limão com ovo e queijo Ovo cozido com agrião ao vapor

Antes de iniciar qualquer dieta, é importante o aconselhamento médico ou de um nutricionista para não prejudicar a saúde. O nutricionista pode indicar um outro cardápio mais personalizado, levando em consideração as preferências pessoais e possíveis restrições alimentares.

Veja também:

Mais sobre este assunto:
Carregando
...