Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Consumo excessivo de proteínas faz mal e pode prejudicar os rins

O excesso de proteína faz mal, principalmente para os rins. Em caso de pessoas com problemas renais, ou histórico familiar de doença renal, é importante ficar atento, porque a proteína que não é utilizada pelo corpo é eliminada pelos rins sobrecarregando suas funções.

Para um adulto saudável, as recomendações de proteína são de 0,8 g de proteína por quilo de peso corporal, o que corresponde a 56 g de proteína em um indivíduo de 70 kg. Um bife de vaca de 100 g grelhado tem 26,4 g de proteína, por isso, com 2 bifes quase se atinge as recomendações. Além disso, ao longo do dia normalmente ainda se consomem outros alimentos ricos em proteína, como leite e derivados.

Por isso, pessoas que comem carne, queijo e tomam leite ou iogurte diariamente não precisam tomar suplementos de proteínas com a intensão de aumentar a massa muscular. Por vezes, basta consumir o alimento rico em proteína na hora certa, que é logo após a atividade física. Veja exemplos de alimentos ricos em proteínas.

Sintomas do excesso de proteínas

Os sintomas do excesso de proteínas no organismo podem ser:

  • Desenvolvimento da aterosclerose e de doenças cardíacas;
  • Osteoporose, pois o excesso de proteína pode causar aumento da excreção de cálcio;
  • Pedra nos rins;
  • Aumento de peso;
  • Problemas no fígado.

​​A maioria das pessoas que desenvolve estes sintomas de excesso de proteínas, geralmente, apresentam uma predisposição genética, algum problema de saúde ou usou suplementos de forma inadequada.

Quando usar suplementos de proteína

Os suplementos como Whey protein, podem ser indicados para pessoas que praticam exercícios e que desejam aumentar os músculos e ter mais definição muscular, como os fisiculturistas, pois as proteínas são os 'tijolos' que formam os músculos.

Para quem faz exercício a quantidade de proteína a se ingerir pode variar entre 1 a 2,4 g de proteína por Kg de peso corporal por dia, dependendo da intensidade e do objetivo dos treinos, por isso, é importante consultar um nutricionista para calcular a necessidade exata.

Se você deseja melhorar seu contorno corporal, veja como usar as proteínas a seu favor:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...